Abrir menu principal
Murilo Bustamante
Informações
Nascimento 30 de julho de 1966 (53 anos)
Brasil Rio de Janeiro, RJ, Brasil
Nacionalidade Brasil Brasileiro
Altura 1,88 m
Peso 84 kg
Divisão Meio-pesado
Modalidade Jiu-jitsu brasileiro
Posição Ortodoxo
Luta por Rio de Janeiro. RJ, Brasil
Equipe Brazilian Top Team
Graduação      7° grau Faixa Coral de BJJ
Cartel nas artes marciais mistas
Total 24
Vitórias 15
Por nocaute 6
Por finalização 5
Por decisão 3
Derrotas 8
Por nocaute 1
Por decisão 6
Empates 1
Ligações externas
Página oficial:
Cartel no MMA pelo Sherdog

Murilo Bustamante (Rio de Janeiro, 30 de julho de 1966) é um lutador brasileiro de artes marciais mistas (MMA) especialista em Jiu-jitsu. Ele é um dos fundadores da Brazilian Top Team e seu atual líder.[1]

BiografiaEditar

Murilo Bustamante é um dos poucos grapplers que podem ser chamados de mestres em Brazilian Jiu-Jitsu. Além de ser faixa preta do lendário Carlson Gracie, Bustamante ganhou inúmeros títulos mundiais no Jiu-Jitsu. Embora Bustamante possua habilidades incríveis no chão, possui uma base sólida de boxe, tornando o seu jogo no octógono muito eficiente. Seu currículo inclui impressionantes vitórias sobre Jerry Bohlander, com uma Mata Leão, Ikuhisa Minowa, Ryuta Sakurai (duas vezes), Dave Menne (luta na qual ele ganhou o cinturão dos médios do UFC) e o, na época líder do ranking dos médios, Matt Lindland (até então invicto). Com um jogo de chão classico, e mãos rápidas e um estilo de luta agressivo, "Busta" foi semeando caos no ranking dos médios MMA para mais de uma década. [2]

Murilo lutava na categoria de meio-pesados mas após perder para a ex-campeão dos meio-pesados do UFC Chuck Liddell, com quem lutou arduamente, por decisão unânime no UFC 33, caiu uma categoria de peso e e passou a lutar nos médios do UFC, sua primeira luta foi pelo cinturão da categoria, vencendo Dave Menne no segundo round, por finalização no UFC 35.

PrideEditar

Após ser campeão dos médios do UFC derrotando Dave Menne no UFC 35, Bustamante fez uma defesa de título, derrotando Matt Lindland, antes de deixar o UFC, devido a razões financeiras para assinar com o PRIDE em 2003.

Ele foi finalistas do torneio dos meio-médios do Pride em 2005. Depois de duas vitórias impressionantes através de uma chave-de-braço e um TKO, derrotando Ikuhisa Minowa e Masanori Suda, respectivamente, Bustamante entrou na final contra Dan Henderson. Na final "Busta" perdeu por decisão dividida para o bicampeão do Pride.

TitulosEditar

Ultimate Fighting Championship

  • Campeão dos Medios do UFC

Cartel no MMAEditar

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Vitória 15-8-1   Dave Menne Decisão (dividida) AFC 2 01/04/2012 3 5:00   Manaus, Amazonas
Derrota 14–8–1   Jesse Taylor Nocaute Técnico (desistência) Impact FC 2 18/07/2010 2 2:10   Sydney
Derrota 14–7–1   Makoto Takimoto Decisão (dividida) Yarennoka! 2007 31/12/2007 2 5:00   Saitama
Vitória 14–6–1   Ryuta Sakurai Nocaute (socos) Deep: 29th Impact 13/04/2007 1 3:50   Tóquio
Viória 13–6–1   Dong Sik Yoon Decisão (unânime) Pride Bushido 13 05/11/2006 2 5:00   Yokohama
Derrota 12–6–1   Amar Suloev Decisão (unânime) Pride Bushido 11 04/06/2006 2 5:00   Saitama
Derrota 12–5–1   Dan Henderson Decisão (dividida) Pride Shockwave 2005 31/12/2005 2 5:00   Saitama Final do GP de Meio Médios do Pride.
Vitória 12–4–1   Ikuhisa Minowa Nocaute Técnico (golpes) Pride Bushido 9 25/09/2005 1 9:51   Tóquio
Vitória 11–4–1   Masanori Suda Finalização (chave de braço) Pride Bushido 9 25/09/2005 1 3:20   Tóquio
Vitória 10–4–1   Ryuta Sakurai Decisão (Unânime) Pride Bushido 6 03/04/2005 2 5:00   Yokohama
Derrota 9–4–1   Kazuhiro Nakamura Decisão (unânime) Pride Final Conflict 2004 15/08/2004 3 5:00   Saitama
Derrota 9–3–1   Dan Henderson Nocaute Técnico (socos) Pride Final Conflict 2003 09/11/2003 1 0:53   Tóquio
Derrota 9–2–1   Quinton Jackson Decisão (dividia) Pride Total Elimination 2003 10/08/2003 3 5:00   Saitama Quartas de Final do GP de Médios do Pride.
Vitória 9–1–1   Matt Lindland Finalização (guilhotina) UFC 37: High Impact 10/05/2002 3 1:33   Bossier City, Louisiana Defendeu o Cinturão Peso Médio do UFC; Deixou vago após ir para o Pride.
Vitória 8–1–1   Dave Menne Nocaute Técnico (socos) UFC 35: Throwdown 11/01/2002 2 0:44   Uncasville, Connecticut Ganhou o Cinturão Peso Médio do UFC.
Derrota 7–1–1   Chuck Liddell Decisão (unânime) UFC 33: Victory in Vegas 28/09/2001 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Vitória 7–0–1   Sanae Kikuta Decisão (unânime) Pancrase: Trans 6 31/10/2000 1 15:00   Tóquio
Vitória 6–0–1   Yoji Anjo Finalização (triângulo de braço) UFC 25: Ultimate Japan 3 14/04/2000 2 0:31   Tóquio
Vitória 5–0–1   Jerry Bohlander Nocaute (pedalada) Pentagon Combat 27/09/1997 1 5:38   Brasil
Empate 4–0–1   Tom Erikson Empate Martial Arts Reality Superfighting 22/11/1996 1 40:00   Birmingham, Alabama
Vitória 4–0   Juan Mott Finalização (socos) Martial Arts Reality Superfighting 22/11/1996 1 1:08   Birmingham, Alabama
Vitória 3–0   Chris Haseman Nocaute Técnico (interrupção do córner) Martial Arts Reality Superfighting 22/11/1996 1 1:01   Birmingham, Alabama
Vitória 2–0   Joe Charles Finalização (triângulo de braço) Universal Vale Tudo Fighting 2 24/06/1996 1 3:08   Brasil
Vitória 1–0   Marcelo Mendes Nocaute Técnico (lesão) Desafio - Jiu Jitsu vs Luta Livre 26/09/1991 1 4:42   Rio de Janeiro

Referências

  1. [1] Super Lutas - Cartel no MMA - Cartel de Murilo Bustamante - abril de 2017.
  2. [2] Tribuna de Minas - Entrevista Murilo Bustamante - abril de 2017.

Ligações externasEditar


Precedido por:
  Dave Menne
campeão do peso-médio do UFC
11 de janeiro de 2002 – 5 de outubro de 2002
Vago
Bustamante assinou com o PRIDE FC
Próximo detentor do título:
  Evan Tanner