Abrir menu principal
Museu Solar Monjardim
Tipo Museu histórico
Inauguração 1939 como Museu Capixaba
1980 como Museu Solar Monjardim
Proprietário atual Instituto Brasileiro de Museus
Diretor Evaldo Pereira Portela[1]
Geografia
País  Brasil
Cidade Vitória
Localidade  Espírito Santo

O Museu Solar Monjardim (MSM) é um museu público histórico brasileiro sediado no Solar Monjardim, no bairro de Jucutuquara, na cidade de Vitória, Espírito Santo. Atualmente, o museu é uma das instituições federais administradas pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram).[2]

Índice

Instalações e acervoEditar

O solar do século XVIII é considerado como a mais antiga construção rural particular do período colonial capixaba, tendo sido sede da fazenda Jucutuquara. O casarão possui onze quartos, três salões, capela dedicada a Nossa Senhora do Carmo, cozinha de piso atijolado e uma longa varanda. Em construções anexas ficavam estabelecimentos de indústrias caseiras e alojamento de escravos domésticos. Seu acervo contém mais de duas mil peças, entre mobílias, peças de arte sacra e utensílios domésticos e é direcionado para reconstituir uma residência rural de família abastada no século XIX.

HistóricoEditar

A fazenda Jucutuquara era propriedade dos padres da Companhia de Jesus. Com a expulsão dos jesuítas, a fazenda foi adquirida pelo comerciante Gonçalo Pereira Pinto. As suas terras iam do morro da Capixaba à Ponta de Tubarão, produziam farinha de mandioca e posteriormente café.

No início do século XIX era propriedade do capitão-mor Francisco Pinto Homem de Azevedo, que reconstruiu a casa. Sua filha e herdeira, Ana Francisca de Paula, nascida em 1797, casou-se com o coronel José Francisco de Andrade e Almeida Monjardim, cujo filho, Alfeu Adolfo Monjardim de Andrade e Almeida seria agraciado com o título de Barão de Monjardim e eleito presidente da província do Espírito Santo em 1891. A família Monjardim manteve o imóvel por 150 anos até 1940, quando o prédio foi tombado como patrimônio nacional.[2]

Museu Capixaba: 1939-1964Editar

Em 25 de outubro de 1940, a residência é tombada como patrimônio histórico pelo Serviço do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (atual Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - Iphan) e em 1942, o conjunto foi alugado ao governo do Estado do Espírito Santo.[3] Em 1952, o Solar passou a abrigar o acervo do antigo Museu Capixaba, que funcionava desde 1939 e era até então sediado no antigo Quartel da Polícia Militar[1], na atual Praça Misael Pena, no centro da cidade. O acervo do Museu Capixaba foi proveniente de coleções do Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo e também do acervo de Olinto Aguirre.[4]

Museu de Arte e História da Ufes: 1966-1969Editar

O Museu Capixaba funcionou até 1964, quando se deu o início do processo de transferência do museu para a Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), que foi concretizada em 1966. Nesse mesmo ano, o prédio recebeu o acervo do Museu de Arte Religiosa do Espírito Santo (que funcionava na Capela de Santa Luzia desde 1945) passando a ser conhecido como Museu de Arte e História da Ufes, que funcionou até 1969.[1][3]

Museu Solar Monjardim: desde 1980Editar

Ufes: 1980-2001Editar

Em 1978 ocorreu a desapropiação definitiva do prédio do Solar, em favor da Ufes. Em 1980, após obras de recuperação, o museu foi requalificado e renomeado pela então Fundação Nacional Pró-Memória e reaberto com o nome de Museu Solar Monjardim.[2] Em 1981 o imóvel foi doado pela Ufes ao Iphan.[3]

Iphan: 2001-2009 e Ibram: desde 2009Editar

Em outubro de 2001 a administração passou da Ufes para a gestão do Departamento de Museus do Iphan (Demu), que em 2006 realizou obras de restauro do Solar além de tratamento paisagístico e a construção de um anfiteatro.[5] A partir de 2009, passou a ser administrado pelo Ibram, uma nova autarquia que surgiu a partir da cisão do antigo Demu, sendo o único museu federal em Vitória vinculado ao Ministério da Cultura.[6]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c «Museus Ibram». Instituto Brasileiro de Museus. Consultado em 24 de outubro de 2013 
  2. a b c «Museu Solar Monjardim abrirá nos finais de semana de dezembro». Gazeta Online. 3 de dezembro de 2009. Consultado em 24 de outubro de 2013 
  3. a b c Museu Solar Monjardim. Vitória: Ufes/Iphan. 1997 
  4. «Maysa e o Barão de Monjardim». Morro do Moreno. 13 de dezembro de 2010. Consultado em 24 de outubro de 2013 
  5. «Prefeitura de Vitória comemora reabertura do Museu Solar Monjardim.». Prefeitura de Vitória (Vitória On Line). 31 de outubro de 2006. Consultado em 28 de outubro de 2013 
  6. «Museu Solar Monjardim, no ES, abre nos fins de semana de dezembro». G1. 14 de dezembro de 2011. Consultado em 24 de outubro de 2013 

BibliografiaEditar

  • Secretaria de Difusão e Produção Cultural da Universidade Federal do Espírito Santo (1997). Museu Solar Monjardim. Vitória: Ufes/Iphan. 68 páginas 

Ligações externasEditar