Abrir menu principal

My Girl (filme)

filme norte-americano
My Girl
O Meu Primeiro Beijo[1] (PRT)
Meu Primeiro Amor[2] (BRA)
 Estados Unidos
1991 •  cor •  102 min 
Direção Howard Zieff
Produção Brian Grazer
Roteiro Laurice Elehwany
Elenco Dan Aykroyd
Jamie Lee Curtis
Macaulay Culkin
Anna Chlumsky
Género romance
comédia dramática
Música James Newton Howard
Cinematografia Paul Elliot
Companhia(s) produtora(s) Imagine Entertainment
Distribuição Columbia Pictures
Lançamento Estados Unidos 27 de novembro de 1991
Brasil 17 de janeiro de 1992
Portugal 17 de julho de 1992[3]
Idioma inglês
Orçamento US$ 17 milhões
Receita US$ 59 489 799[4]
Cronologia
My Girl 2 (1994)
Página no IMDb (em inglês)

My Girl (bra: Meu Primeiro Amor /prt: O Meu Primeiro Beijo) é um filme americano de 1991, dos gêneros drama e romance, dirigido por Howard Zieff, escrito por Laurice Elehwany, estrelado por Dan Aykroyd, Jamie Lee Curtis, Macaulay Culkin e Anna Chlumsky em sua estreia no cinema. É uma história de uma jovem que enfrenta sentimentos emocionais diferentes durante o verão de 1972 no subúrbio de Pensilvânia.

O roteiro, escrito por Laurice Elehwany, foi originalmente intitulado Born Jaundiced, e foi comprado pela Imagine Entertainment em julho de 1990.[5] Em 24 de agosto de 1990, foi relatado no Daily Variety que o roteiro tinha sido re-intitulado para I Am Woman, mas foi posteriormente alterado para o seu título final, My Girl, na primavera de 1991.[5] Elehwany baseou o cenário fictício de Madison, na Pensilvânia, em uma pequena cidade no sul da Pensilvânia, onde ela havia sido criada.[5] Culkin e Chlumsky foram escalados para os papéis principais de Thomas J. e Vada, respectivamente, em janeiro de 1991.[5] As filmagens ocorreram em Bartow e Orlando, Flórida, começando em fevereiro de 1991.[5] Exteriores da casa de Sultenfuss foram fornecido por uma casa vitoriana real em Bartow, enquanto os interiores da casa foram construídos em um estúdio em Orlando.[5]

My Girl estreou nos cinemas nos Estados Unidos durante o fim de semana de Ação de Graças, em 27 de novembro de 1991.[5] O filme estreou em segundo lugar nas bilheterias dos EUA, com 2,080 cinemas.[4] Continuou sendo mostrado nos Estados Unidos até janeiro de 1992, ganhando US$59,489,799.[4]

Um livro baseado no roteiro foi escrito por Patricia Hermes em 1991.[6] A sequência do filme, My Girl 2, foi lançada em 1994.

EnredoEditar

My Girl é uma história de uma garota solitária, sua relação com seu único amigo e seus conflitos na entrada da adolescência. O seu pai, Harry Sultenfuss, é um viúvo que não consegue compreendê-la e, por isso, quase sempre a ignora. Vada não tem mãe, já que ela morreu por complicações no parto dois dias depois do seu nascimento. E ela se culpa por isso.

O único e melhor amigo de Vada, Thomas J. Senett é um menino impopular, e isso faz com que ele não tenha amigos. Suas aventuras do verão - do primeiro beijo ao último adeus - introduzem Vada ao mundo da adolescência.

O verão começou bem, com seu melhor amigo, Thomas, subindo em árvores. Mas, apesar disso, as coisas começam a piorar, quando ela descobre que seu pai e Shelley Devoto estão namorando. E, para completar, em uma das aventuras de Vada e Thomas, Thomas acerta uma colmeia de abelha - sendo que Vada estava junto e, em uma das atiradas com pedras, deixou o seu anel cair. Mas, depois que isso acontecesse, Thomas volta para pegar o anel da sua melhor amiga, mesmo ela dizendo para ele não mexer com as abelhas. Nesse ato, ele dá um pequeno chute na colmeia, e começa a procurar o anel. Ele conseguiu achar o anel mas, depois disso, diversas abelhas começam a sair da colmeia, e começam o "atacar". Os seus óculos caem no chão e, apesar de ser levado para o hospital, ele tem uma reação alérgica, não sobrevivendo.

O sofrimento de Vada, de perder seu único amigo, é controlado por seu pai. No fim do filme, Vada controla a dor da perda, e supera tudo que passou.

ElencoEditar

Ator Papel
Dan Aykroyd Harry Sultenfuss
Jamie Lee Curtis Shelly Devoto
Macaulay Culkin Thomas J. Senett
Anna Chlumsky Vada Sultenfuss
Richard Masur Phil Sultenfuss
Griffin Dunne Sr. Bixler
An Nelson Gramou Sultenfuss
Peter Michael Goetz Dr. Welty
Jane Hallaren Enfermeira Randall
Anthony Jones Arthur
Cassi Abel Judy

Trilha sonoraEditar

A trilha sonora do filme contém vários sucessos pop dos anos 1960 e 1970, além da música-título ( (que também dá nome ao filme, na versão inglesa, de The Temptations), incluindo "Wedding Bell Blues" (The 5th Dimension), "If You Don't Know Me by Now" (Harold Melvin & the Blue Notes), "Bad Moon Rising" (Creedence Clearwater Revival), "Good Lovin'" (The Rascals) e "Saturday in the Park" (Chicago). Quando Vada fica chateada, ela toca seus ouvidos e canta "Do Wah Diddy Diddy", a versão da banda Manfred Mann do qual também está incluída no álbum da trilha sonora. Além disso, Vada e Thomas J. tocam "The Name Game" e cantam "Witch Doctor" no filme, e Vada tem pôsteres do musical da Broadway Hair, de The Carpenters e de Donny Osmond na parede de seu quarto.

RecepçãoEditar

My Girl teve recepção média ou mista por parte dos críticos profissionais. A pontuação atual no Rotten Tomatoes é de 50% em base de 14 avaliações.[7] Roger Ebert deu ao filme 3.5 estrelas de 4, escrevendo: "A beleza deste filme está em sua franqueza. Existem algumas cenas obrigatórias. Mas há também alguns muito originais e tocantes. Este é um filme que tem seu coração no lugar certo".[8] Owen Gleiberman da Entertainment Weekly elogiou a performance de Chlumsky no filme, mas admitiu que "há algo desconfortável em um filme que leva a experiência de uma criança audaciosa e conflitante e a reduz a: Ela precisa confrontar seus sentimentos. My Girl tem alguns momentos doces e engraçados (o elenco é uniformemente atraente), mas se desdobra em uma paisagem de banalidade paralisante e psíquica".[9] Peter Rainer do Los Angeles Times foi igualmente crítico dos elementos "xaroposos" do filme, concluindo: "A mistura de heroísmo e impassibilidade em My Girl deve ser mais estranha e mais interessante do que é. Afinal, uma garota que sobrevive a uma casa onde corpos são embalsamados no porão é o tipo de heroína que os filmes sobre crianças precisam agora, ou filmes sobre adultos".[10]

PrêmiosEditar

Ganhou o MTV Movie Awards, na categoria melhor beijo, além de ser indicado nas categorias de melhor dupla (Macaulay Culkin e Anna Chlumsky) e melhor revelação (Anna Chlumsky).[11]

Referências

  1. My Girl (em português) no CineCartaz (Portugal)
  2. My Girl (em português) no AdoroCinema (Brasil)
  3. http://www.imdb.com/title/tt0102492/releaseinfo?ref_=tt_ov_inf - Datas de lançamento do filme
  4. a b c «My Girl». Box Office Mojo (em inglês). IMDb. Consultado em 16 de setembro de 2015 
  5. a b c d e f g «My Girl». AFI Catalog of Feature Films. Consultado em 7 de setembro de 2018 
  6. Hermes, Patricia; Elehwany, Laurice (1991). My Girl (em em inglês) FIRST EDITION 4th Printing ed. New York: Pocket Books. ISBN 978-0-671-75929-2 
  7. «My Girl». Rotten Tomatoes (em inglês). Consultado em 10 de dezembro de 2013 
  8. Roger Ebert (27 de novembro de 1991). «My Girl» (em inglês). Consultado em 16 de setembro de 2015 
  9. Gleiberman, Owen (6 de dezembro de 1991). «My Girl». Entertainment Weekly. Consultado em 29 de agosto de 2018 
  10. Rainer, Peter (27 de novembro de 1991). «MOVIE REVIEW : A Conventional 'My Girl' Brings Out the Hankies». Los Angeles Times. Consultado em 5 de setembro de 2018 
  11. http://www.adorocinema.com/filmes/meu-primeiro-amor/meu-primeiro-amor.asp

Ligações externosEditar