NaApLog Atlântico Sul (G-40)

O NaApLog Atlântico Sul (G-40),[1] ex-Lloyd Atlantico, atual Norsal Atlântico é um Navio Porta-Containers, utilizado como navio de apoio da Marinha do Brasil até 2005.

NaApLog Atlântico Sul
 Brasil
Operador  Marinha do Brasil
Batimento de quilha 16 de agosto de 1984
Lançamento 5 de junho de 1985
Comissionamento 23 de abril de 2001
Descomissionamento 25 de novembro de 2005
Estado Desmontado
Características gerais
Tipo de navio Navio Porta-Containers
Deslocamento 27 940 t
Comprimento 188 m
Boca 30,71 m
Calado 16,11 m
Propulsão Motor diesel Sulzer 6RTA76
Velocidade 19 nós
Tripulação 25

História editar

A embarcação foi construída pelo estaleiro Ishikawajima do Brasil Estaleiros S/A na cidade do Rio de Janeiro. Encomendado pela Companhia de Navegação Lloyd Brasileiro, lançado e incorporado como Navio Porta-Container, navegou como N/M "Lloyd Atlântico", era o maior Navio Porta-Container construído na América Latina.

O Lloyd Brasileiro interrompeu suas operações[2] e desativou o navio em 24 de outubro de 1994, permanecendo fundeado na Baia da Guanabara.[3]

O navio foi cedido a Marinha do Brasil em 2001.

Datas editar

  • Batimento de Quilha: 16 de agosto de 1984
  • Lançamento: 5 de junho de 1985
  • Incorporação (Lloyd Brasileiro): março de 1986
  • Desativação (Lloyd Brasileiro): 24 de outubro de 1994
  • Aquisição (Marinha do Brasil): 23 de abril de 2001
  • Baixa (Marinha do Brasil): 25 de novembro de 2005
  • Aquisição (Cia Navegação Norsul): 10 de outubro de 2008;[1]
  • Aquisição (TPI - Triunfo Participações): 15 de julho de 2009;[4]

Características editar

  • Deslocamento: 27.940 ton.
  • Dimensões:
188,02 m de comprimento,
30,71 m de boca e
16,11 m de calado.
  • Propulsão: Motor diesel Sulzer 6RTA76 de 16.560 bhp.
  • Velocidade: 19 nós.
  • Capacidade de Carga: 1210 containeres de 20' (20 pés)
  • Equipamentos:
2 guindastes eletro-hidráulicos com capacidade para 35 tons
1 guindaste eletro-hidráulico com capacidade para 22 tons
  • Tripulação: 25 homens

Nenhum outro navio da Marinha brasileira utilizou este nome.

Ver também editar

Referências

  Este artigo sobre a Marinha do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.