Najwa Nimri

Atriz e cantora espanhola de ascendência jordaniana

Najwa Nimri Urrutikoetxea (Pamplona, 14 de fevereiro de 1972) conhecida como Najwa Nimri, é uma atriz, cantora e compositora espanhola de ascendência jordana-espanhola. De pai jordaniano e mãe espanhola.[1]

Najwa Nimri
Em 2018, na cerimônia de entrega dos Prêmios Goya
Nome completo Najwa Nimri Urrutikoetxea
Nascimento 14 de fevereiro de 1972 (49 anos)
Pamplona, Espanha
Nacionalidade Espanhola
Ocupação Atriz
Cantora
[najwa.es Página oficial]

BiografiaEditar

De pai jordaniano e mãe espanhola, quando criança, mudou-se para Santutxu (Bilbau) e atualmente vive em Madrid.[2][3] Ela ficou conhecida como atriz graças ao seu papel em Salto al vacío, o primeiro filme do cineasta nascido em Barcelona Daniel Calparsoro. Quanto à sua carreira musical, antes de sua primeira incursão na tela, Najwa Nimri cantou como parte do coro Respect (música soul) e Clan Club (jazz) e depois formou o grupo Najwajean com Carlos Jean. Com essa formação, editou No Blood (1998), Selection (2002), Ten Years After (2007) e Till It Breaks (2008), além das trilhas sonoras de Asfalto, Guerreros e 20 centímetros. O álbum No Blood inclui o conhecido single Dead for you, que é a melodia do programa de cinema espanhol Versión Española do canal Televisión Española. Ela sozinha publicou Carefully (2001), Mayday (2003) e Walkabout (2006) com suas respectivas edições especiais.[4]

Em 2010 lançou o primeiro álbum totalmente em espanhol de sua carreira solo, titulado El último primate, que contou com a produção de Najwa e Alfonso Pérez, além da colaboração de Raúl Santos.[5] Em 2012 publicou o álbum Donde Rugen los Volcanes, no qual retomou a parceria com Raúl Santos, com sonoridade inspirada no eletrônico minimalista, que adquiriu maior destaque diante da atmosfera predominantemente acústica dos trabalhos anteriores. Todas as músicas do álbum, foram cantadas em espanhol. No final de abril do mesmo ano, Najwa lançou o videoclipe de Donde rugen los volcanes, o primeiro single do álbum, filmado na ilha de Lanzarote, sob a direção de Virgili Jubero. Em 2014, ela publicou seu último trabalho, intitulado Rat Race, o álbum é composto por dez peças de música eletrônica, dançáveis, criadas com Matías Eisen e Didi Gutman (Brazilian Girls).

Apesar de ter estudado atuação, Najwa só havia trabalhado em um curta-metragem de Santiago Segura. Foi quando o diretor Daniel Calparsoro (com quem se casou) pediu que ele desse um Salto al vacío, nome do filme que ela interpretaria junto a ele. Ela continuou sua carreira cinematográfica com Alejandro Amenábar, que se juntou a Penelope Cruz e Eduardo Noriega em Abre los ojos, no mesmo papel que Cameron Díaz, mais tarde, faria na versão americana. Isso foi seguido por trabalhos como atriz em Blindness novamente com Daniel Calparsoro; Los amantes del círculo polar, Lucía y el sexo e Habitación en Roma, de Julio Medem; El método de Marcelo Piñeyro; Mataharis e También la lluvia de Icíar Bollaín; e Verbo de Eduardo Chapero-Jackson.

Na terceira semana de fevereiro de 2014, foi a capa da revista Interviú. Também naquele ano, ela reencontra Carlos Jean novamente em junho para oferecer um concerto no Día de la Música Matadero Madrid. Eles decidiram fazer uma turnê Najwajean que começou em 2015.[4][3]

Em 2015, ela estreou na televisão, interpretando Zulema Zahir, a principal antagonista da série de gênero carcerário Vis a Vis, produzida pela Globomedia para a Antena 3, em suas duas primeiras temporadas, e para a FOX Espanha, nas duas últimas. Em 2017, ela subiu ao palco com o musical sobre vampiros Drac Pack.[6]

Em 2018, ela protagoniza Quién te cantará (Carlos Vermut), pelo qual, ela foi indicada ao Prémios Goya na categoria de Melhor Protagonista de Interpretação Feminina, e repetindo com Julio Medem em El árbol de la sangre.

Em 2019, ela se junta ao elenco da série La Casa de Papel (Netflix), na qual dá vida à Inspetora Alicia Sierra. Ela estreou sua participação, atuando novamente como Zulema Zahir, juntamente com a participação de Maggie Civantos, novamente como Macarena Ferreiro, em Vis a Vis: El Oasis, spin-off fora da série Vis a Vis, que consistiu em 8 episódios e estreou na FOX Espanha em abril de 2020 e em 31 de julho de 2020 na Netflix.

Em 2020, ela lançou o álbum Viene de Largo, com a colaboração de Josh Tampico. O álbum contém dez músicas, uma delas sendo Lento (2019). Em breve, ela lançará Pan Pan e Miracomovan.

DiscografiaEditar

 Ver artigo principal: Discografia de Najwa Nimri

Com Carlos Jean no grupo NajwajeanEditar

  • 1998: No Blood
  • 2000: Asfalto (BSO)
  • 2002: Selection
  • 2002: Guerreros (BSO)
  • 2007: 10 Years After
  • 2008: Till it breaks
  • 2015: Bonzo

SoloEditar

  • 2001: Carefully
  • 2003: Mayday
  • 2006: Walkabout
  • 2010: El último primate
  • 2012: Donde rugen los volcanes
  • 2014: Rat Race
  • 2020: Viene de largo
  • 2021: ama

CompiladosEditar

  • 2020: Hey boys, girls. Coleção definitiva

FilmografiaEditar

 
Goya Cinema Awards 2020 - Red Carpet

CinemaEditar

Ano Título Personagem Diretor
1995 Salto al vacío Álex Daniel Calparsoro
1996 Pasajes Gabi
1997 Abre los ojos Nuria Alejandro Amenábar
A ciegas Marrubi Daniel Calparsoro
1998 Los amantes del Círculo Polar Ana (jovem) Julio Medem
9'8m/s² "Ella" Alfonso Amador e Nicolás Méndez
1999 The Citizen Jay Anania
2000 Guerreros Daniel Calparsoro
Asfalto Lucía
2001 Fausto 5.0 Julia Isidro Ortiz, Álex Olle e Carlos Padrissa
Antes que anochezca Fina Zorilla Ochoa Julian Schnabel
Lucía y el sexo Elena Julio Medem
2002 Piedras Leire Ramón Salazar
2003 Utopía Ángela María Ripoll
La reina del bar Canalla Linda Daniel Azancot
2004 A + (Amas) Dam Xabier Ribera
Agents secrets María Menéndez Frédéric Schoendoerffer
2005 El método Nieves Marcelo Piñeyro
20 centímetros "La Conejo" Ramón Salazar
2006 Trastorno Natalia Fernando Cámara
Las vidas de Celia Celia Antonio Chavarrías
2007 Mataharis Eva Icíar Bollaín
Oviedo Express Bárbara Gonzalo Suárez
2010 Todo lo que tú quieras Marta Achero Mañas
Route Irish Marisol Ken Loach
Habitación en Roma Edurne Julio Medem
2011 Verbo Inés Eduardo Chapero-Jackson
2012 The Wine of Summer Ana Maria Matteoli
2013 10.000 noches en ninguna parte Claudia Ramón Salazar
2018 Quién te cantará Lila Carlos Vermut
El árbol de la sangre La Maca Julio Medem

TelevisãoEditar

Ano Título Personagem Canal Notas
2015 - 2016, 2018 - 2019 Vis a vis Zulema Zahir Antena 3 / FOX España 40 episódios
2018 Feliz Halloween FOX España Especial
2019 - presente La casa de papel Alicia Sierra Montes Netflix 14 episódios (parte 3 - presente)
2020 Vis a vis: El Oasis Zulema Zahir FOX España 8 episódios
2021 Insiders Netflix Apresentadora

OutrosEditar

Ano Título Personagem Tipo Notas
2019 Call of Duty: Modern Warfare Kate Laswell (voz) Videogame Dublagem em espanhol
2020 Vis a Vis: La cara B Zulema Zahir (voz) Audiolivro de Audible Protagonista, 10 episódios

TeatroEditar

  • Antígona de Jean Anouilh (2013), dirigida por Rubén Ochandiano.[7]
  • Drac Pack (2016), espectáculo musical escrito por Najwa Nimri.[8]
 
Nimri em um concerto em 2010.

PublicidadeEditar

  • Anúncio da ONCE (1999)
  • Campanha de 75 anos do RENFE (2016)
  • Anúncio Euskaltel (2016)
  • Anúncio do canal de televisão TEN (2016)
  • Anúncio perfume Adolfo Domínguez ÚNICA (2017)
  • Imagem da Desigual (coleção AW19 com cápsulas desenhadas por Christian Lacroix)
  • Publicidade para a Chanel (Festival de Málaga, 2018)
 
Nimri nos Prêmios Goya 2019.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  1. "Najwa" significa "apaixonada", "êxtase" ou "conversa secreta" (النجوة) e seu sobrenome tigre (نمر) em árabe, a língua de seu pai.
  2. LA RESISTENCIA - Entrevista a Najwa Nimri | #LaResistencia 10.05.2018, consultado em 9 de maio de 2021 
  3. a b «Najwa Nimri: "Mi familia es la única cristiana de Jordania"». ELMUNDO (em espanhol). 7 de junho de 2016. Consultado em 9 de maio de 2021 
  4. a b Press, Europa (23 de fevereiro de 2015). «Najwa Nimri y Carlos Jean resucitan a Najwajean para una gira en 2015». www.europapress.es. Consultado em 9 de maio de 2021 
  5. «Najwa Nimri en castellano». jenesaispop.com (em espanhol). 22 de dezembro de 2009. Consultado em 9 de maio de 2021 
  6. Magazine (20 de maio de 2017). «Najwa Nimri: "En el día a día, les asusto poco"». Faro de Vigo (em espanhol). Consultado em 9 de maio de 2021 
  7. «Antígona». Teatroespanol.es. Cópia arquivada em |arquivourl= requer |arquivodata= (ajuda) 🔗  Parâmetro desconhecido |fechaarchivo= ignorado (|arquivodata=) sugerido (ajuda)
  8. «Najwa Nimri se transforma en Frank Sinatra». Elpais es