Nana Georgievna Alexandria

Nana Georgievna Alexandria (Poti - Geórgia, 13 de Outubro de 1949) é uma enxadrista georgiana, Grande Mestre Feminina, tricampeã feminina soviética, ela foi a desafiante em duas partidas pelo Campeonato Mundial Feminino de Xadrez.

Nana Georgievna Alexandria
Nascimento ნანა ალექსანდრია
13 de outubro de 1949
Poti
Cidadania União Soviética, Geórgia
Filho(s) Giga Bokeria
Ocupação jogador de xadrez
Prêmios

CarreiraEditar

Alexandria foi campeã feminina da URSS em 1966, 1968 (conjuntamente) e 1969. Ela foi a desafiadora do Campeonato Mundial Feminino em 1975 e 1981. Em 1975, ela perdeu para Nona Gaprindashvili (+3 = 1-8). Em 1981 ela empatou com Maia Chiburdanidze (+4=8−4), que manteve seu título de campeã. Alexandria jogou pela seleção soviética nas Olimpíadas Femininas de Xadrez de 1969, 1974, 1978, 1980, 1982 e 1986. Ela foi uma das jogadoras contribuintes da equipe da URSS que dominou as Olimpíadas Femininas da década de 1980.[1]

A FIDE concedeu-lhe o título de Mulher Mestra Internacional em 1966 e o título de Mulher Grande Mestre em 1976. Alexandria também recebeu o título de Árbitro Internacional em 1995. Ela foi a presidente da Comissão de Mulheres da FIDE de 1986 a 2001.

Vida pessoalEditar

Ela é a mãe do político georgiano Giga Bokeria.[2]

Em 2021, Alexandria apareceu no documentário Glory to the Queen ao lado de Nona Gaprindashvili, Maia Chiburdanidze e Nana Ioseliani.[3]

Referências

  1. «OlimpBase :: Women's Chess Olympiads :: Nana Alexandria». www.olimpbase.org. Consultado em 7 de outubro de 2021 
  2. «RECOMMENDATIONS AND ASSESSMENTS FROM EUROPEAN PERLIAMENT». GeorgianJournal (em georgiano). Consultado em 7 de outubro de 2021 
  3. Skhirtladze, Tatia; Khazaradze, Anna, Glory to the Queen, Berg Hammer Film, Amour Fou Vienna, Playground Produkcija, consultado em 7 de outubro de 2021 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre enxadrismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.