Abrir menu principal
Neil Magny
Informações
Nome
completo
Aoutneil Magny
Nascimento 3 de agosto de 1988 (31 anos)
Estados Unidos Brooklyn, Nova Iorque, Estados Unidos
Nacionalidade norte-americano
Altura 1,91 m
Peso 77 kg
Divisão Peso-meio-médio
Envergadura 2,03 m
Modalidade BJJ
Wrestling
Luta por Estados Unidos Arvada, Colorado
Equipe Grudge Training Center
Graduação      Faixa Marrom em Brazilian Jiu-Jitsu
Período em
atividade
2010–presente
Cartel nas artes marciais mistas
Total 24
Vitórias 19
Por nocaute 6
Por finalização 3
Por decisão 10
Derrotas 6
Por nocaute 1
Por finalização 4
Por decisão 1
Ligações externas
Página oficial:
Cartel no MMA pelo Sherdog

Aoutneil "Neil" Magny (Nova Iorque, 3 de agosto de 1988) é um lutador estadunidense de artes marciais mistas que atualmente compete na categoria peso-meio-médio do Ultimate Fighting Championship. Magny foi um dos participantes do The Ultimate Fighter: Team Carwin vs. Team Nelson.

Carreira no MMAEditar

Magny iniciou no MMA profissional contra Nolan Norwood no C3 Fights. Magny venceu a luta por finalização (kimura) na metade do segundo round. Após alguns meses, Magny voltou a lutar pelo C3 Fights contra Nate Pratt, vencendo a luta por decisão unânime. Três semanas após sua segunda vitória, Magny viajou para Indiana para lutar no Cut Throat MMA no card do dia 6 de novembro. Magny venceu Lawrence Dunning por nocaute técnico.[1]

Magny venceu mais duas lutas, obtendo um cartel de 6-0, antes de competir pelo Combat USA's Wisconsin vs. Illinois championship.[2] Magny venceu no primeiro round o lutador Quartus Stitt, natural de Illinois, por finalização (triângulo).[1] A vitória levou Magny para a final na categoria Meio-Médio.[2] A final foi em julho de 2011, Magny enfrentou Andrew Trace. Magny perdeu por finalização, anotando assim sua primeira derrota em seu cartel.[1]

Magny realizou mais uma luta antes de ser convidado para participar do The Ultimate Fighter.

The Ultimate FighterEditar

Magny foi selecionado para ser um dos lutadores do The Ultimate Fighter: Team Carwin vs. Team Nelson. Ele venceu a luta eliminatória contra Frank Camacho, por decisão. Magny foi o quarto lutador escolhido do time de Shane Carwin.

Na primeira luta da temporada, Magny foi selecionado para enfrentar outro especialista em jiu-jitsu, Cameron Diffley. Magny dominou toda a luta e venceu por decisão unânime.

Magny foi selecionado para o seu parceiro de equipe e veterano do Strikeforce, Bristol Marunde pelas quartas de final. Após dois rounds, Magny foi declarado vencedor por decisão unânime.[3]

Magny enfrentou Mike Ricci nas semi-finais e perdeu por nocaute após Ricci acertá-lo uma cotovelada no primeiro round.

Ultimate Fighting ChampionshipEditar

Magny fez sa estreia no UFC contra Jon Manley em 23 de feveiro de 2013 no UFC 157. Ele venCeu por decisão unânime.

Magny enfrentou Sérgio Moraes no UFC 163.[4] Magny perdeu por finalização após Serginho encaixar um triângulo na montada no primeiro round.

Magny enfrentou Seth Baczynski em novembro de 2013 no UFC: Fight for the Troops 3.[5] Ele perdeu por decisão unânime.

Magny enfrentou o estreante Gasan Umalatov em 2 de Fevereiro de 2014 no UFC 169.[6] Magny venceu por decisão unânime.

Magny era esperado para enfrentar William Macario no UFC Fight Night: Brown vs. Silva.[7] No entanto, Macario foi removido do card após uma lesão e foi substituído por Tim Means.[8] Magny venceu por decisão unânime.

Magny era esperado para enfrentar Cláudio Henrique da Silva em junho de 2014 no UFC Fight Night: Te-Huna vs. Marquardt.[9] Porém, da Silva foi forçado a se retirar do card após sofrer uma lesão e foi substituído pelo estreante Rodrigo Goiana de Lima.[10] Depois de passar a maior parte do primeiro round se defendendo dos ataques de Rodrigo e das tentativas de finalização no chão, Magny venceu a luta por nocaute técnico no segundo round depois de acertar Rodrigo com socos durante todo o round.

Magny enfrentou Alex Garcia no dia 23 de agosto de 2014 no UFC Fight Night: Henderson vs. dos Anjos.[11] Ele venceu por decisão unânime em uma decisão muito controversa.

Ele enfrentou brasileiro William Macario em 25 de Outubro de 2014 no UFC 179, no Rio de Janeiro e venceu por nocaute técnico no terceiro round.

Magny era esperado para enfrentar o ex-desafiante Josh Koscheck em 28 de Fevereiro de 2015 no UFC 184. No entanto, o UFC resolveu colocar Jake Ellenberger no lugar dele.

Magny enfrentou o japonês Kiichi Kunimoto em 14 de Fevereiro de 2015 no UFC Fight Night: Henderson vs. Thatch. Ele venceu a luta por finalização com um mata leão e ainda faturou o bônus de Performance da Noite.

Magny enfrentou Hyun Gyu Lim em 16 de Maio de 2015 no UFC Fight Night: Edgar vs. Faber e saiu da luta vencedor por nocaute técnico.

Sua luta seguinte foi contra Demian Maia em 1 de Agosto de 2015 no UFC 190 e foi derrotado por finalização com um mata leão, encerrando sua boa sequência de vitórias. Dias após sua derrota para Maia, Magny foi colocado para substituir Rick Story e enfrentar Erick Silva em 23 de Agosto de 2015 no UFC Fight Night: Holloway vs. Oliveira, e ele venceu por decisão dividida.

Magny substituiu o compatriota Matt Brown, e enfrentou o vencedor do TUF 17 Kelvin Gastelum na luta principal do evento em 21 de Novembro de 2015 no The Ultimate Fighter: América Latina 2 Finale. Magny venceu a luta por decisão dividida.

Magny enfrentou o cubano Hector Lombard em 19 de Março de 2016 no UFC Fight Night: Hunt vs. Mir. Após um combate muito intenso dos lutadores, Magny reagiu no terceiro round e impôs seu ritmo para vencer seu adversário por nocaute técnico, sua atuação lhe rendeu o bônus de Performance da Noite.

Magny foi escalado para enfrentar o compatriota Lorenz Larkin em 20 de Agosto de 2016 no UFC 202: Diaz vs. McGregor II.

Cartel no MMAEditar

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Derrota 21-7   Santiago Ponzinibbio Nocaute (soco) UFC Fight Night: Magny vs. Ponzinibbio 17/11/2018 4 2:36   Buenos Aires
Vitória 21-6   Craig White Nocaute Técnico (joelhada e socos) UFC Fight Night: Thompson vs. Till 27/05/2018 1 4:32   Liverpool
Vitória 20-6   Carlos Condit Decisão (unânime) UFC 219: Cyborg vs. Holm 30/12/2017 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Derrota 19-6   Rafael dos Anjos Finalização (katagatame) UFC 215: Nunes vs. Shevchenko II 09/09/2017 1 3:43   Edmonton, Alberta
Vitória 19-5   Johny Hendricks Decisão (unânime) UFC 207: Nunes vs. Rousey 30/12/2016 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Derrota 18-5   Lorenz Larkin Nocaute Técnico (cotoveladas) UFC 202: Diaz vs. McGregor II 20/08/2016 1 4:08   Las Vegas, Nevada
Vitória 18-4   Hector Lombard Nocaute Técnico (socos) UFC Fight Night: Hunt vs. Mir 19/03/2016 3 0:46   Brisbane Performance da Noite.
Vitória 17-4   Kelvin Gastelum Decisão (dividida) TUF América Latina 2 Finale 21/11/2015 5 5:00   Monterrey Luta da Noite.
Vitória 16-4   Erick Silva Decisão (dividida) UFC Fight Night: Holloway vs. Oliveira 23/08/2015 3 5:00   Saskatoon, Saskatchewan
Derrota 15-4   Demian Maia Finalização (mata leão) UFC 190: Rousey vs. Correia 01/08/2015 2 2:52   Rio de Janeiro
Vitória 15-3   Hyun Gyu Lim Nocaute Técnico (socos) UFC Fight Night: Edgar vs. Faber 16/05/2015 2 1:24   Manila Performance da Noite.
Vitória 14-3   Kiichi Kunimoto Finalização (mata leão) UFC Fight Night: Henderson vs. Thatch 14/02/2015 3 1:22   Broomfield, Colorado Performance da Noite.
Vitória 13-3   William Macario Nocaute Técnico (socos) UFC 179: Aldo vs. Mendes II 25/10/2014 3 2:40   Rio de Janeiro
Vitória 12-3   Alex Garcia Decisão (unânime) UFC Fight Night: Henderson vs. dos Anjos 23/08/2014 3 5:00   Tulsa, Oklahoma
Vitória 11–3   Rodrigo de Lima Nocaute Técnico (socos) UFC Fight Night: Te-Huna vs. Marquardt 28/06/2014 2 2:32   Auckland
Vitória 10–3   Tim Means Decisão (unânime) UFC Fight Night: Brown vs. Silva 10/05/2014 3 5:00   Cincinnati, Ohio
Vitória 9–3   Gasan Umalatov Decisão (unânime) UFC 169: Barão vs. Faber II 01/02/2014 3 5:00   Newark, New Jersey
Derrota 8–3   Seth Baczynski Decisão (unânime) UFC: Fight for the Troops 3 06/11/2013 3 5:00   Fort Campbell, Kentucky
Derrota 8–2   Sérgio Moraes Finalização (triângulo) UFC 163: Aldo vs. Korean Zombie 03/08/2013 1 3:13   Rio de Janeiro
Vitória 8–1   Jon Manley Decisão (unânime) UFC 157: Rousey vs. Carmouche 23/02/2013 3 5:00   Anaheim, California Estréia no UFC.
Vitória 7–1   Daniel Sandmann Decisão (unânime) Hoosier Fight Club 10 11/02/2012 3 5:00   Valparaiso, Indiana
Derrota 6–1   Andrew Trace Finalização (guilhotina) Combat USA 30 21/07/2011 1 3:10   Oshkosh, Wisconsin
Vitória 6–0   Quartus Stitt Finalização (triângulo) Combat USA 27 14/05/2011 2 0:38   Racine, Wisconsin
Vitória 5–0   Kevin Nowaczyk Decisão (unânime) Hoosier Fight Club 7 09/04/2011 3 5:00   Valparaiso, Indiana
Vitória 4–0   Darion Terry Nocaute Técnico (socos) Rumble Time Promotions 7 19/11/2010 3 2:13   St. Charles, Missouri
Vitória 3–0   Lawrence Dunning Nocaute Técnico (socos) Cut Throat MMA 1 06/11/2010 2 3:09   Hammond, Indiana
Vitória 2–0   Nate Pratt Decisão (unânime) C3 Fights 6 22/10/2010 3 5:00   Newkirk, Oklahoma
Vitória 1–0   Nolan Norwood Finalização (kimura) C3 Fights 5 07/08/2010 2 2:44   Newkirk, Oklahoma

Referências

  1. a b c «Sherdog Fight Finder: Neil Magny». Sherdog.com. Consultado em 19 de novembro de 2012 
  2. a b «Combat USA Tournament Rosters». CombatUSA.com. Consultado em 19 de novembro de 2012. Arquivado do original em 24 de setembro de 2013 
  3. «Episode No. 10 recap: The Ultimate Fighter 16: Team Carwin vs. Team Nelson». Sherdog.com 
  4. David St. Martin (20 de maio de 2013). «Sergio Moraes faces Neil Magny at UFC 163». bloodyelbow.com. Consultado em 20 de maio de 2013 
  5. Staff (22 de agosto de 2013). «Seth Baczynski vs. Neil Magny set for 'Fight for the Troops 3' at Fort Campbell». mmajunkie.com. Consultado em 22 de agosto de 2013 
  6. Alex Giardini (18 de dezembro de 2013). «UFC 169: Neil Magny vs. Gasan Umalatov booked for Feb. 1 in Newark, NJ». mmamania.com. Consultado em 18 de dezembro de 2013 
  7. UFC (5 de março de 2014). «#TUFBrazil 2 runner up @williampatolino faces @NeilMagny». @UFCNews. Consultado em 5 de março de 2014 
  8. «Tim Means replaces William Macario, meets Neil Magny at UFC Fight Night 40». MMAjunkie.com. 10 de abril de 2014 
  9. Dana Becker (15 de maio de 2014). «Quick Turnaround For Neil Magny, Who Signs To Face Claudio Silva At UFC Fight Night 43». fightline.com. Consultado em 15 de maio de 2014 
  10. Zane Simon (28 de maio de 2014). «Welcome to the UFC Rodrigo Monstro». bloodyelbow.com. Consultado em 30 de maio de 2014 
  11. Staff (9 de julho de 2014). «Neil Magny replaces Matt Dwyer, meets Alex Garcia at UFC Fight Night 49». MMAJunkie.com. Consultado em 9 de julho de 2014