Seth Baczynski (Honolulu, 26 de novembro de 1981) é um lutador estadunidense de MMA que atualmente compete pela categoria Peso Meio Médio. Ele é lutador profissional desde 2006 e participou do The Ultimate Fighter: Team Liddell vs. Team Ortiz.

Seth Baczynski
Informações
Nascimento 26 de novembro de 1981 (38 anos)
Estados Unidos Honolulu, Hawaii
Nacionalidade norte-americano
Outros nomes The Polish Pistola
Altura 1.91 m
Peso 77 kg
Divisão Peso Médio
Peso Meio-Médio
Envergadura 193 cm
Luta por Estados Unidos Apache Junction, Arizona
Equipe Power MMA & Fitness
Período em
atividade
2006-presente
Cartel nas artes marciais mistas
Total 32
Vitórias 19
Por nocaute 7
Por finalização 10
Por decisão 2
Derrotas 13
Por nocaute 4
Por finalização 5
Por decisão 4
Ligações externas
Página oficial:
Cartel no MMA pelo Sherdog

Carreira no MMAEditar

Início da CarreiraEditar

Baczynski iniciou no MMA profissional em 2006 fazendo sua estreia num evento do Rage in the Cage. Baczynski perdeu a luta para Shane Johnson por finalização no primeiro round. Baczynski se recuperou da perda e venceu três lutas consecutivas, todas no Rage in the Cage.

International Fight LeagueEditar

Em seguida, ele assinou um contrato com a International Fight League. Ele estreou na promoção contra Brent Beauparlant, perdendo por decisão. Foi lhe dada uma segunda chance para lutar contra Dan Molina. A luta terminou com Baczynski mais uma vez derrotadp. Baczynski foi dispensado do IFL após a perda.

Pós-IFLEditar

Baczynski obteve um recorde de 7–1 após deixar o IFL. Ele então enferntou Roger Bowling, perdendo por um devastador nocaute aos nove segundos de luta. Baczynski voltou a vencer em seguida contra Tom Nguyen no Wild Bill's Fight Night. Ele foi ums dos selecionados para participar do The Ultimate Fighter.

The Ultimate FighterEditar

Baczynski foi um dos 28 competidores selecionado para a 11ª temporada do The Ultimate Fighter. Para chegar até o show e se tornar um dos 14 lutadores, Baczynski teve que lutar contra Court McGee. Após três rounds, os juízes concederam a vitória ao McGee, assim eliminando Baczynski.

Depois de um lutador se lesionar e ser forçado a sair da competição, Baczynski foi teve a oportunidade de substituí-lo. Em sua primeira luta de volta ele enfrentou a última escolha da Team Liddell, Joseph Henle. Baczynski venceu a luta por decisão unânime após três rounds e passou para as quartas de final.

Nas quartas de final, Baczynski enfretou o amigo Brad Tavares. No primeiro round, Baczynski desferiu chutes ilegais na cabeça de Tavares. Baczynski imediatamente se desculpou, sabendo que ele poderia ter ferido seriamente Tavares, que foi para o seu córner e caiu. Depois de discutir o assunto com os médicos, Herb Dean interrompeu a luta e Tavares foi declarado vencedor por desclassificação, avançando-lo para as semi-finais.

Ultimate Fighting ChampionshipEditar

Baczynski fez sua estreia no UFC debut em uma revanche contra Brad Tavares no The Ultimate Fighter: Team Liddell vs. Team Ortiz Finale.[1] Baczynski perdeu a luta por decisão unânime dos juízes após três rounds (29-28, 29-28, 29-28).

Após a derrota para Tavares, Baczynski foi dispensado do UFC.

Pós-UFCEditar

Logo após ser liberado do UFC, Baczynski assinou com o Strikeforce e foi programado para fazer sua estreia no Strikeforce Challengers: Riggs vs Taylor contra Erik Apple. No entanto, Apple foi forçado a sair da luta e um substituto não foi encontrado, assim cancelando o combate.

Ele então enfrentou o veterano Tim McKenzie, no Tachi Palace Fights 7. Baczynski venceu por nocaute técnico após aplicar socos e cotoveladas em McKenzie.

Em abril de 2011, Baczynski se tornou o campeão interino meio médio do Ringside MMA quando venceu por nocaute técnico (então invicto) Alex Garcia no Ringside MMA 10.[2]

Retorno ao UFCEditar

Baczynski retornou ao UFC para enfrentar Clay Harvison no dia 17 de setembro de 2011 no UFC Fight Night 25, para substituir o lesionado DaMarques Johnson.[3] Ele venceu por finalização (mata-leão) no segundo round.

Baczynski foi selecionado de última hora para enfrentar Matt Brown em novembro de 2011 no UFC 139.[4] Ele venceu por finalização após aplicar uma guilhotina no segundo round.

Baczynski lutou contra Lance Benoist em 8 de junho de 2012 no UFC on FX: Johnson vs. McCall.[5] Baczynski venceu Benoist por decisão dividida.

Baczynski enfentou em seguida Simeon Thoresen no UFC 152.[6] Baczynski surpreendeu Thoresen após acertar um grande soco no final do primeiro round.

Baczynski era esperado para enfrentar Kyle Noke em dezembro de 2012 no UFC on FX: Sotiropoulos vs. Pearson.[7] No entanto, Noke foi retirado do card após sofrer uma lesão no ombro e foi substituído por Mike Pierce.[8] Baczynski perdeu por decisão unânime.

Baczynski lutou contra o recém chegado a promoção Brian Melancon no dia 6 de julho de 2013 no UFC 162.[9] Ele perdeu por nocaute após Melancon aplicar vários golpes no ground and pound no final do primeiro round.

Baczynski enfrentou Neil Magny no UFC: Fight for the Troops 3.[10] Ele venceu por decisão unânime.

Baczynski enfrentou Thiago Alves no UFC on Fox: Werdum vs. Browne.[11][12] Baczynski perdeu por decisão unânime. Apesar da derrota, a luta contra Alves recebeu o prêmio de Luta da Noite[13]

Baczynski enfrentou Alan Jouban no dia 16 de agosto de 2014 no UFC Fight Night: Bader vs. St. Preux e foi derrotado por nocaute no primeiro round. A luta ganhou o prêmio de Luta da Noite.

Baczynski lutou contra Leon Edwards em 11 de Abril de 2015 no UFC Fight Night: Gonzaga vs. Cro Cop 2 e foi derrotado por nocaute em apenas 8 segundos do primeiro round, sendo essa sua terceira derrota seguida. Dias após a derrota, Baczynski foi liberado do UFC.

Títulos e campeonatosEditar

MMAEditar

Cartel no MMAEditar

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Vitória 20-14   Jonathan Casimiro Nocaute Técnico (socos) WFF MX: World Fighting Federation Mexico 15/10/2016 2 4:15   Puerto Peñasco
Derrota 19-14   Jesse Taylor Decisão (unânime) TFE MMA: Vengeance 26/08/2016 3 5:00   Anaheim, California
Derrota 19-13   Leon Edwards Nocaute (socos) UFC Fight Night: Gonzaga vs. Cro Cop II 11/04/2015 1 0:08   Kraków
Derrota 19-12   Alan Jouban Nocaute (soco) UFC Fight Night: Bader vs. St. Preux 16/08/2014 1 4:23   Bangor, Maine Luta da Noite.
Derrota 19–11   Thiago Alves Decisão (unânime) UFC on Fox: Werdum vs. Browne 19/04/2014 3 5:00   Orlando, Florida Luta da Noite.
Vitória 19–10   Neil Magny Decisãu (unânime) UFC: Fight for the Troops 3 06/11/2013 3 5:00   Fort Campbell, Kentucky
Derrota 18–10   Brian Melancon Nocaute (socos) UFC 162: Silva vs. Weidman 06/07/2013 1 4:59   Las Vegas, Nevada
Derrota 18–9   Mike Pierce Decisão (unânime) UFC on FX: Sotiropoulos vs. Pearson 15/12/12 3 5:00   Gold Coast, Queensland
Vitória 18–8   Simeon Thoresen Nocaute (soco) UFC 152: Jones vs. Belfort 22/09/2012 1 4:10   Toronto, Ontario
Vitória 17–8   Lance Benoist Decisão (dividida) UFC on FX: Johnson vs. McCall 08/06/2012 3 5:00   Sunrise, Florida
Vitória 16–8   Matt Brown Finalização (guilhotina) UFC 139: Shogun vs. Henderson 19/11/2011 2 0:42   San Jose, California
Vitória 15–8   Clay Harvison Finalização (mata-leão) UFC Fight Night: Shields vs. Ellenberger 17/09/2011 2 1:12   New Orleans, Louisiana
Vitória 14–8   Alex Garcia Nocaute Técnico (socos) Ringside 10: Cote vs. Starnes 09/04/2011 2 2:44   Montreal, Quebec Ganhou o Cinturão Interino Peso Meio Médio do Ringside.
Vitória 13–8   Tim McKenzie Nocaute Técnico (cotoveladas e socos) Tachi Palace Fights 7 02/12/2010 1 2:15   Lemoore, California
Derrota 12–8   Brad Tavares Decisão (unânime) The Ultimate Fighter 11 Finale 19/06/2010 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Vitória 12–7   Tom Nguyen Finalização (guilhotina) Wild Bill's Fight Night 23 30/10/2010 2 1:32   Duluth, Georgia
Derrota 11–7   Roger Bowling Nocaute (socos) MMA Big Show: Retribution 07/03/2009 1 0:09   Vevay, Indiana
Vitóra 11–6   James Warfield Nocaute (joelhada voadora e socos) Evolution MMA 04/10/2008 1 1:21   Phoenix, Arizona
Vitória 10–6   Oscar Montano Finalização (triângulo) Mexican Fighting Championship 20/09/2008 1 1:30   Puerto Peñasco
Vitória 9–6   Antonio Grant Nocaute (soco) Silver Crown Fights 08/08/2008 1 0:11   Fort Wayne, Indiana
Derrota 8–6   Donnie Liles Finalização (estrangulamento anaconda) Warriors Collide 4 19/07/2008 1 2:01   Colorado
Vitória 8–5   Eddie Arizmendi Finalização (triângulo) Rage in the Cage 111 07/06/2008 2 2:03   Arizona
Vitória 7–5   Jordan Pergola Finalização (triângulo) XFC 3: Rage in the Cage 02/03/2008 1 N/A   Tampa, Florida
Vitória 6–5   Kito Andrews Finalização (triângulo) Full Moon Fighting 23/02/2008 3 3:50   Sonora
Vitória 5–5   Chris Kennedy Nocaute Técnico (socos) Tuff-N-Uff: Thompson vs. Troyer 01/02/2008 1 2:50   Las Vegas, Nevada
Derrota 4–5   Dan Molina Finalização (chave de calcanhar) IFL: Las Vegas 16/06/2007 1 1:32   Las Vegas, Nevada
Derrota 4–4   Brent Beauparlant Decisão (unânime) IFL: Connecticut 13/04/2007 3 4:00   Uncasville, Connecticut
Vitória 4–3   Seth Ballantine Finalização (chave de braço) RITC 89: Triple Main Event 02/12/2006 2 1:18   Scottsdale, Arizona
Win 3–3   Travos Degrout Finalização (estrangulamento)) RITC 84: Celebrity Theatre 01/07/2006 1 N/A   Phoenix, Arizona
Vitória 2–3   Johnathan Tsosie Finalização (estrangulamento) RITC 80: Fight Night at The Fort 18/06/2003 1 1:32   Fountain Hills, Arizona
Derrota 1–3   Shane Johnson Finalização (chave de joelho) RITC 79: The Rage Returns 02/02/2006 1 2:29   Tucson, Arizona
Derrota 1–2   Gabriel Flores Finalização (estrangulamento) RITC 76: Hello Tucson 11/11/2005 3 1:56   Tucson, Arizona
Vitória 1–1   Robert King Nocaute Técnico (desistência) RITC 75: Friday Night Fights 30/09/2005 1 0:35   Glendale, Arizona
Derrota 0–1   Ryan Potter Finalização (estrangulamento) RITC 73: Arizona vs. Nevada 06/08/2005 1 1:18   Glendale, Arizona

Referências

  1. «TUF 11 Finale prelims include Tavares vs. Baczynski, Camozzi vs Hammortree». MMAJunkie.com. 9 de junho de 2010. Consultado em 20 de junho de 2010 
  2. Whitman, Mike (10 de março de 2011). «Champ Injured, Ringside Sets Interim WW Title Bout for April 9». Sherdog.com. Consultado em 15 de março de 2012 
  3. «UFC Fight Night 25 Update: Johnson Out, Baczynski In». mmaweekly.com. 31 de agosto de 2011 
  4. «After injuries, Brown-Baczynski at UFC 139». mmajunkie.com. Consultado em 31 de agosto de 2011 
  5. «Seth Baczynski vs. Lance Benoist targeted for UFC on FX 3». mmajunkie.com. 28 de março de 2012 
  6. «Seth Baczynski vs. Simeon Thoresen added to UFC 152 in Toronto». mmajunkie.com. 24 de julho de 2012 
  7. «Kyle Noke meets Seth Baczynski at UFC on FX 6 in Australia». MMAjunkie.com. 11 de outubro de 2012 
  8. «Mike Pierce replaces Kyle Noke, meets Seth Baczynski at UFC on FX 6». mmajunkie.com. 31 de outubro de 2012 
  9. Staff (12 de março de 2013). «Baczynski vs. Melancon added to July's UFC 162 event». MMAjunkie.com. Consultado em 12 de março de 2013 
  10. Staff (22 de agosto de 2013). «Seth Baczynski vs. Neil Magny set for 'Fight for the Troops 3' at Fort Campbell». mmajunkie.com. Consultado em 22 de agosto de 2013 
  11. Henderson, Jason (7 de fevereiro de 2014). «Thiago Alves Returns To Fight Seth Baczynski At UFC On FOX 11». Fight of the Night. Consultado em 8 de fevereiro de 2014 
  12. Matt Erickson (6 de fevereiro de 2014). «Thiago Alves returns at UFC on FOX 11, meets Seth Baczynski in Orlando». mmajunkie.com. Consultado em 6 de fevereiro de 2014 
  13. Staff (19 de abril de 2014). «UFC on FOX 11 bonuses: Cerrone, White, Alves, Baczynski win $50,000». mmajunkie.com. Consultado em 19 de abril de 2014