Neuroma do acústico

O neuroma do acústico é um tumor que foi descrito pela primeira vez em 1777 por Sandifort[1] e foi primeiramente diagnosticado clinicamente por Oppenheim em 1890. Foi reconhecido como uma doença tratável cirurgicamente no final do século XIX.

O neurinoma do acústico do adulto usualmente se apresenta como um tumor solitário. Sendo um Schwanoma, ele se origina no nervo. Eles praticamente sempre se originam da porção vestibular do oitavo nervo craniano dentro do canal auditivo.

A maior incidência ocorre na quinta e sexta décadas, e ambos os sexos são igualmente afetados.

Os sintomas iniciais relatados pelos pacientes da série de Ojemann et al. foram perda da audição (33 de 46 pacientes), cefaleia (4 de 46), desequilíbrio (3 de 46) e dor facial, acúfenos e fraqueza facial-cada um com um caso.

É um tumor benigno e operável.

ReferênciasEditar

  • Adams RD e Victor M. Principles of Neurology, 1989, McGraw-Hill
  Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.