Abrir menu principal
Nitobe Inazō
Nascimento 1 de setembro de 1862
Morioka
Morte 15 de outubro de 1933 (71 anos)
Victoria
Sepultamento Cemitério Tama
Cidadania Japão
Alma mater Universidade de Tóquio, Universidade de Hokkaido, Universidade de Halle-Wittenberg
Ocupação lexicógrafo, linguista, diplomata, escritor, esperantista, economista, professor, político, professor
Empregador Universidade de Tóquio, Universidade de Quioto, Universidade de Takushoku, Universidade Cristã da Mulher de Tóquio, Faculdade Bunka Júnior de Tóquio, Universidade de Hokkaido
Magnum opus Bushido: A Alma do Japão

Nitobe Inazō (新渡戸 稲造? Morioka, 1 de setembro de 1862 – Victoria, 15 de outubro de 1933) foi um economista, escritor, educador, diplomata, político e cristão japonês durante o período Meiji.

Índice

Vida precoceEditar

Nitobe nasceu em Morioka, na Província de Mutsu (atual província de Iwate). Seu pai era um retentor para o daimyo local do clã Nambu. Nitobe deixou Morioka de Tóquio em 1871. Tornou a ser herdeiro do tio, Ota Tokitoshi, e adotou o nome de Otto Inazô.

Carreira estudantilEditar

Nitobe estudou na Universidade de Hokkaido. Ele foi convertido para o Cristianismo sob o forte legado deixado por Dr. William S. Clarke, o primeiro vice-diretor do Colégio.[1] Anos mais tarde a filosofia cristã dos Quakers americanos iria influenciar seu pensamento.[1]

Em 1883, Nitobe foi introduzido na Universidade Imperial de Tóquio para mais estudos em literatura e economia. Decepcionado com o nível educacional de Tóquio, ele deixou a universidade e foi estudar nos Estados Unidos em busca de oportunidades, tendo estudado com Thomas Woodrow Wilson na Universidade Johns Hopkins.[1]

LemasEditar

  • O que é importante é tentar desenvolver visões e sabedorias em vez de mero conhecimento, respeito de alguém em vez da aprendizagem e estimular os homens de caráter do que meros talentos.
  • Se há algo para ser feito, certamente há a melhor forma de se fazer isto, e esta melhor forma é ambos mais econômica e também mais graciosa.

Referências

  1. a b c Gabriel Pinto Nunes (2010). «Inazo Nitobe, o internacionalista». Consultado em 21 de julho de 2011 

Ligações externasEditar