No Sad Songs for Me

filme de 1950 dirigido por Rudolph Maté
No Sad Songs for Me
Destino Amargo[1] (BRA)
Margaret Sullavan no trailer do filme
 Estados Unidos
1950 •  p&b •  88 min 
Direção Rudolph Maté
Produção Buddy Adler
Roteiro Howard Koch
Ruth Southard
(romance)
Elenco Margaret Sullavan
Wendell Corey
Viveca Lindfors
Gênero drama
Música George Duning
Direção de fotografia Joseph Walker
Direção de arte Cary Odell
Figurino Jean Louis
Edição William A. Lyon
Companhia(s) produtora(s) Universal Pictures
Distribuição Universal Pictures
Lançamento Estados Unidos 28 de abril de 1950
Portugal 6 de fevereiro de 1953
Idioma inglês

No Sad Songs for Me é um filme norte-americano de 1950, do gênero drama, dirigido por Rudolph Maté e estrelado por Margaret Sullavan e Wendell Corey.

No Sad Songs for Me marca a volta de Margaret Sullavan para um último filme, após ausência de sete anos. Sua trilha sonora foi indicada ao Oscar.

SinopseEditar

 
Viveca Lindfors no trailer do filme

Grávida, Mary Scott descobre que tem câncer terminal, o que lhe dá apenas seis meses de vida. Ela esconde a notícia do marido Brad, e até o incentiva no caso que está tendo com Chris, sua secretária. Durante umas últimas férias, ela morre e deixa o marido para cuidar de Polly, a filha adolescente do casal.[2]

PremiaçõesEditar

Patrocinador Prêmio Categoria Situação
Academia de Artes e Ciências Cinematográficas Oscar Melhor Trilha Sonora
(Drama ou Comédia)
Indicado
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre No Sad Songs for Me

ElencoEditar

Ator/Atriz Personagem
Margaret Sullavan Mary Scott
Wendell Corey Brad Scott
Viveca Lindfors Chris Radna
Natalie Wood Polly Scott
John McIntire Doutor Ralph Frene
Ann Doran Louise Spears
Richard Quine Brownie
Jeanette Nolan Mona Frene
Dorothy Tree Frieda Miles
Raymond Greenleaf Caswell
Urylee Leonardos Flora

BibliografiaEditar

  A Wikipédia tem os portais:

Referências

  Este artigo sobre um filme estadunidense é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.