No Use for a Name

banda musical
No Use for a Name
No Use for a Name (2012)
Informação geral
Origem San José, Califórnia
País  Estados Unidos
Gênero(s) pop punk
hardcore melódico
punk rock californiano
Período em atividade 1986 – 2012
Gravadora(s) Fat Wreck Chords
New Red Archives
Afiliação(ões) Foo Fighters
Lagwagon
Suicidal Tendencies
Ex-integrantes Formação final

Tony Sly - vocal, guitarra
Chris Rest - guitarra
Matt Riddle - baixo, vocal
Boz Rivera - bateria

Formações anteriores

Chris Shiflett - guitarra
Dave Nassie - guitarra
Rory Koff - bateria
Página oficial Fat Wreck Chords

No Use for a Name (também conhecidos pela abreviatura NUFAN, ou No Use) foi uma banda de punk rock melódico de San José, Califórnia, EUA, fundada em 1986 e constituída por Tony Sly (vocal, guitarra), Chris Rest (guitarra), Matt Riddle (baixo, vocal) e Boz Rivera (bateria).[1][2][3] A banda terminou em 2012, com a morte repentina do vocalista Tony Sly, em 31 de julho daquele ano.[4][5][6][7][8][9]

O som dos NUFAN evoluiu consideravelmente ao longo de sua carreira, começando pelo punk rock característico da zona da Baía de São Francisco, transitando depois para Hardcore melódico e, nos últimos anos de atividade, uma mistura de Pop punk com hardcore melódico.[1][2][3]

HistóriaEditar

Os No Use for a Name foram fundados em Sunnyvale, Califórnia, em 1986, pelos amigos Chris Dodge (guitarra/vocal), Steve Papoutsis (baixo) e Rory Koff (bateria). Os primeiros ensaios da banda foram realizados num armazém em Sunnyvale, propriedade do pai de Koff, onde também criaram o nome da banda. Nesta fase, a banda foi liderada pelo amigo de Papoutsis, John Meyer, e aumentou o número de elementos para seis, acrescentando Ramon Gras (co-vocalista) e Doug Judd (segundo guitarrista). Em 1987, Dodge, Meyer e Judd deixaram a banda.[3]

Foi neste momento que Tony Sly se juntou aos No Use for a Name, como guitarrista, em substituição de Judd. A banda gravou o seu primeiro trabalho no final desse ano, o single Gang Way, uma contribuição para o disco 7" duplo Turn It Around, lançado pela revista Maximum Rocknroll.[2] Em 1988, Gras desentendeu-se com o resto da banda e abandonou-a antes de um concerto importante no Alternative Music Foundation (Berkeley) e de uma apresentação ao vivo no programa de rádio KFJC. Em apuros, a banda pediu ao ex-guitarrista Dodge (que antes dos No Use, tinha cantado em algumas bandas locais), para se juntar como vocalista, ao que ele concordou. Esta formação gravou dois EPs: No Use for a Name (Woodpecker Records) e Let 'em Out (Slap A Ham Records). Em 1989, Tony Sly assumiu as funções vocais em tempo integral, quando Chris Dodge deixou a banda novamente. O Tony imediatamente provou ser uma parte essencial da banda, por causa das suas habilidades de composição. O mesmo ajudou a banda a lançar seu primeiro álbum de estúdio Incognito (1990),[10] produzido por Brett Gurewitz (guitarrista dos Bad Religion e fundador da Epitaph Records) e lançado pela gravadora New Red Archives (seria reeditado em 1994, pela Fat Wreck Chords).[10][3]

Depois do disco Don't Miss the Train (1991),[11] o grupo assinou com a gravadora independente Fat Wreck Chords para Daily Grind (1993).[12] Seguiram-se os discos Leche con Carne (1994)[13] e Making Friends (1997),[14] este último gravado com o novo guitarrista, Chris Shiflett e o baixista Matt Riddle.[2]

Pouco tempo depois de gravar More Betterness (1999),[15] Shiflett saiu dos No Use para se juntar aos Foo Fighters. Foi substituído pelo ex-guitarrista dos Suicidal Tendencies, Dave Nassie.[16] Em 2000, a banda lançou o The NRA Years[17] e uma digressão para o promover, que resultou num álbum ao vivo, alguns meses depois (Live in a Dive).[18] A banda voltou ao estúdio no final de 2001 e reapareceu no ano seguinte, com Hard Rock Bottom (2002).[19] Em 2004, Tony Sly lançou o álbum Acoustic,[20] com Joey Cape (Lagwagon) e os NUFAN lançaram Keep Them Confused[21] no ano seguinte. O nono e último álbum de estúdio dos No Use, The Feel Good Record of the Year,[22] foi gravado no estúdio Blasting Room com o produtor Bill Stevenson e lançado em abril de 2008.[23][24] Pouco tempo depois, Nassie abandonou a banda, sendo substituído pelo guitarrista dos Lagwagon, Chris Rest. Koff também saiu, sendo a bateria assumida por Boz Rivera.[2]

Morte de Tony SlyEditar

Na noite de 31 de julho de 2012, Tony Sly faleceu inesperadamente em casa, durante o sono, aos 41 anos de idade.[25][26][27][28][29] No dia 1 de agosto de 2012 foi divulgado um comunicado pela gravadora Fat Wreck Chords. A nota dizia: "É com grande pesar que nos despedimos de Tony Sly, dos No Use For A Name. Nós recebemos uma chamada hoje cedo sobre sua morte, e estamos arrasados. Perdemos um incrível talento, amigo e pai - um dos grandes." Fat Mike [líder dos NOFX e dono do gravadora] referiu ainda: "Um dos meus melhores amigos e compositores favoritos partiu muito cedo. Tony, vamos sentir a tua falta."[25]

Em 8 de setembro de 2012, os membros sobreviventes dos No Use for a Name atuaram no festival Envol et Macadam, em Quebec City, em homenagem a Sly. No final do concerto, o baixista Matt Riddle anunciou que "não fazia sentido continuar sem o Tony", e que a banda iria terminar.[30]

Em 2017, a Fat Wreck Chords Lançou Rarities, vol. 1: The Covers,[31] um álbum de covers dos NUFAN, de bandas como Misfits, Sublime, Social Distortion, Kiss e Cheap Trick.

IntegrantesEditar

 
Tony Sly

Formação finalEditar

  • Tony Sly - vocal, guitarra
  • Chris Rest - guitarra
  • Matt Riddle - baixo, vocal
  • Boz Rivera - bateria

Formações anterioresEditar

DiscografiaEditar

Referências

  1. a b «No Use For A Name». Fat Wreck Chords (em inglês). Consultado em 22 de novembro de 2019 
  2. a b c d e «No Use for a Name | Biography & History». AllMusic (em inglês). Consultado em 22 de novembro de 2019 
  3. a b c d «Interview with No Use For A Name drummer Rory Koff». The Seeker Newspaper Cornwall (em inglês). 15 de agosto de 2017. Consultado em 22 de novembro de 2019 
  4. «Tony Sly». Fat Wreck Chords (em inglês). Consultado em 21 de novembro de 2019 
  5. DODDS, Nick. «IN MEMORIAM: TONY SLY». www.echoesanddust.com. www.echoesanddust.com. Consultado em 21 de novembro de 2019 
  6. SLY, Jon. «Tony Sly Music Foundation». www.tonysly.org (em inglês). Consultado em 21 de novembro de 2019 
  7. «Tony Sly, Frontman of Punk Band No Use for a Name, Dies at 41». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 21 de novembro de 2019 
  8. GLOBO, G1 (1 de agosto de 2012). «Tony Sly, vocalista do No Use For A Name, morre aos 41 anos». Globo.com. Consultado em 21 de novembro de 2019 
  9. «No Use For A Name: le chanteur Tony Sly est décédé». Sors-tu.ca (em francês). 1 de agosto de 2012. Consultado em 21 de novembro de 2019 
  10. a b c «Incognito - No Use for a Name | Songs, Reviews, Credits». AllMusic (em inglês). Consultado em 22 de novembro de 2019 
  11. a b «Don't Miss the Train - No Use for a Name | Songs, Reviews, Credits». AllMusic (em inglês). Consultado em 22 de novembro de 2019 
  12. a b «Daily Grind - No Use for a Name | Songs, Reviews, Credits». AllMusic (em inglês). Consultado em 26 de novembro de 2019 
  13. a b «Leche Con Carne - No Use for a Name | Songs, Reviews, Credits». AllMusic (em inglês). Consultado em 26 de novembro de 2019 
  14. a b «Making Friends - No Use for a Name | Songs, Reviews, Credits». AllMusic (em inglês). Consultado em 26 de novembro de 2019 
  15. a b «More Betterness! - No Use for a Name | Songs, Reviews, Credits». AllMusic (em inglês). Consultado em 26 de novembro de 2019 
  16. «Dave Nassie | Credits». AllMusic (em inglês). Consultado em 26 de novembro de 2019 
  17. a b «NRA Years - No Use for a Name | Songs, Reviews, Credits». AllMusic (em inglês). Consultado em 26 de novembro de 2019 
  18. a b «Live in a Dive - No Use for a Name | Songs, Reviews, Credits». AllMusic (em inglês). Consultado em 26 de novembro de 2019 
  19. a b «Hard Rock Bottom - No Use for a Name | Songs, Reviews, Credits». AllMusic (em inglês). Consultado em 26 de novembro de 2019 
  20. «Acoustic - Tony Sly | Songs, Reviews, Credits». AllMusic (em inglês). Consultado em 26 de novembro de 2019 
  21. a b «Keep Them Confused - No Use for a Name | Songs, Reviews, Credits». AllMusic (em inglês). Consultado em 26 de novembro de 2019 
  22. a b «The Feel Good Record of the Year - No Use for a Name | Songs, Reviews, Credits». AllMusic (em inglês). Consultado em 26 de novembro de 2019 
  23. Hall, Chris. «The Feel Good Record of the Year». North Coast Journal (em inglês). Consultado em 26 de novembro de 2019 
  24. ‎The Feel Good Record of the Year by No Use for a Name on iTunes (em inglês), consultado em 26 de novembro de 2019 
  25. a b «Tony Sly». Fat Wreck Chords (em inglês). Consultado em 21 de novembro de 2019 
  26. DODDS, Nick. «IN MEMORIAM: TONY SLY». www.echoesanddust.com. www.echoesanddust.com. Consultado em 21 de novembro de 2019 
  27. «Tony Sly, Frontman of Punk Band No Use for a Name, Dies at 41». The Hollywood Reporter (em inglês). Consultado em 21 de novembro de 2019 
  28. GLOBO, G1 (1 de agosto de 2012). «Tony Sly, vocalista do No Use For A Name, morre aos 41 anos». Globo.com. Consultado em 21 de novembro de 2019 
  29. «No Use For A Name: le chanteur Tony Sly est décédé». Sors-tu.ca (em francês). 1 de agosto de 2012. Consultado em 21 de novembro de 2019 
  30. «No Use for a Name | Biography & History». AllMusic (em inglês). Consultado em 21 de novembro de 2019 
  31. «Rarities, Vol. 1: The Covers - No Use for a Name | User Reviews». AllMusic (em inglês). Consultado em 26 de novembro de 2019 
  32. «No Use For A Name - All The Best Songs». Discogs (em inglês). Consultado em 27 de novembro de 2019 

Ligações externasEditar