Abrir menu principal

Nudelman-Rikhter NR-23

NR-23
Il-28 NR-23.jpg
Dois canhões NR-23 instalados em um bombardeiro Il-28
Tipo Canhão automático
Local de origem  União Soviética
História operacional
Em serviço 1949 - atualmente
Utilizadores  União Soviética
 China
Coreia do Norte
 Egito
Nigéria
República Árabe do Iémen
Guerras Guerra Civil da Nigéria
Crise de Suez
Guerra dos Seis Dias
Guerra do Yom Kippur
Guerra Civil do Iêmen do Norte
Histórico de produção
Criador A. E. Nudelman
A.A. Rikhter
Variantes Norinco 23-1 e 23-2
Especificações
Peso 39 kg (86,0 lb)
Comprimento 1 980 mm (78,0 in)
Comprimento 
do cano
1 450 mm (57,1 in)
Cartucho 23×115mm (0.90 in)
Cadência de tiro 800-850 rpm
Velocidade de saída 2,264 ft/s (690 m/s)

O Nudelman-Rikhter NR-23 é um canhão automático soviético amplamente utilizado em aeronaves militares da União Soviética e do Pacto de Varsóvia. Foi projetado por A. E. Nudelman e A.A. Rikhter para substituir as armas Nudelman-Suranov NS-23 e VYa, entrando em serviço no ano de 1949.

O NR-23 é um canhão de único canode 23 mm (0.90 in) de operado por recuo curto. Era similar ao NS-23, mas melhorias na parte mecânica aumentou sua cadência de tiros em mais de 50%. A cadência teórica era de 850 tiros por minuto, entretanto, em testes da Força Aérea dos Estados Unidos em armas capturadas a cadência foi de apenas 650 tiros por minuto.

O NR-23 foi posteriormente substituído pelo canhão automático Afanasev Makarov AM-23 que tinha uma maior cadência de tiros. O AM-23 foi usado em torres para defesa em bombardeiros. Era uma arma operada por gás, com um peso de 43 kg (95 lb) e capaz de disparar 1200 a 1300 tiros por minuto.

A República Popular da China produz cópias de mabas as versões, designadas Norinco 23-1 (NR-23) e 23-2 (AM-23), respectivamente.

AplicaçõesEditar

Em uma das aplicações mais bizarras, testemunhos atestam que uma arma Nudelman-Rikhter, ou uma 23 mm ou a de 30 mm, foi instalado nas variantes militares do Almaz das estações espaciais do Programa Salyut.[1]

Considerando a grande gama de usuários e várias aeronaves que utilizaram esta arma, foi provavelmente o canhão mais usado em aeronaves de sua época. O mecanismo do NR-23 era alterado para produzir uma arma mais potente, a NR-30 de 30 mm, utilizada no MiG-19 e alguns MiG-21.

ReferênciasEditar