Abrir menu principal

O Amor É Lindo ... Porque Sim!

O Amor é Lindo ... Porque Sim!
Cartaz do filme
Portugal Portugal
2016 •  cor •  102 min 
Realização Vicente Alves do Ó
Argumento Vicente Alves do Ó
Elenco Inês Patrício
João Maria
Carolina Serrão
Francisco Vistas
Maria Rueff
Sara Almeida
Duarte Grilo
Género romance
Música Pedro Janela
Cinematografia Lee Fuzeta
Companhia(s) produtora(s) APFACT - Associação Portuguesa de Formadores e Actores de Cinema
Distribuição NOS Audiovisuais
Lançamento Portugal 10 de março de 2016
Idioma português
Receita 149 533,33 €[1]
Página no IMDb (em inglês)

O Amor é Lindo ... Porque Sim! é um filme português de romance, realizado por Vicente Alves do Ó.[2] Estreou-se em Portugal a 10 de março de 2016.[3]

SinopseEditar

O filme gira à volta de Amélia, uma jovem lisboeta, que ao passar a trabalhar numa tasca moderna, é descoberta pela sua voz, e acaba por apaixonar Ruben e Rogério, dois bons pretendentes, apesar de esbarrar frequentemente com uma pessoa que pinta palavras de amor nas paredes de Lisboa, e apesar de ainda não conseguir esquecer o ex-namorado, que se encontra noivo de outra mulher.[4]

ElencoEditar

  • Inês Patrício como Amélia
  • João Maria como Mauro
  • Carolina Serrão como Cátia
  • Francisco Vistas como Miguel
  • Maria Rueff como Gigi
  • Sara Almeida como Vanessa
  • Duarte Grilo como desempregado / músico
  • Marta Miranda como Madalena
  • Mafalda Rodrigues como Suzete
  • Sónia Lisboa como Laura
  • Andreia Cabral como Flávia
  • Cláudia Alfaiate como Olívia
  • Jaime Almeida como Rogério
  • Ana Brito e Cunha como psicóloga Dalila
  • Sílvia Rizzo como D. Paquita
  • Rita Sereno como criada
  • Diogo Leite como Ruben
  • Diogo Xavier como Chico
  • Márcia Cardoso como poetisa
  • André Nunes como paparazzo
  • Catarina Moreira Pires como Leonor
  • Catarina Felix como mulher de Mauro
  • Lourenço Seruya como Gualter filho
  • Francesca River como irmã da Saudade
  • Filipa Feliciano como irmã da Purificação
  • Carolina Campanela como irmã da Conceição
  • Joana Sousa como irmã do Rosário
  • Nuno Laranjo como padre
  • Joana Almeida como pastora
  • Nuno Pardal como rapaz do graffiti
  • Filipa Matos Rosa como voz do galo de Barcelos
  • Carolina Brandão como empregada da joalharia
  • Pedro Carvalho como desempregado
  • Ricardo Denzel como agressor
  • Susana Gomes como secretária de Miguel
  • Miguel Monteiro como desempregado
  • João Montez como agressor
  • Margarida Moreira como desempregada
  • José Peixoto como senhor na performance
  • Hugo Costa Ramos como desempregado
  • Marco Trindade como desempregado
  • Elsa Valentim como vizinha
  • Ana Varela como desempregada
  • Patrícia Vasconcelos como desempregada

Referências

  1. «RANKING DOS FILMES NACIONAIS ESTREADOS - 2016» (PDF). Instituto do Cinema e do Audiovisual. 28 de dezembro de 2016. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  2. «O Amor é Lindo ... Porque Sim!». SAPO Mag. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  3. «O Amor É Lindo... Porque Sim!». Cinemax. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  4. Pedro Miguel Coelho (6 de março de 2016). «'O Amor é Lindo. porque sim' chega quinta-feira ao cinema». Espalha-Factos. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  Este artigo sobre um filme português é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.