O Capanga

O Capanga é um filme brasileiro de 1957[1] dirigido por Alberto Severi.

O Capanga
Cartaz do filme, destacando o ator Alberto Ruschel.
 Brasil
1957 •  cor •  
Direção Alberto Severi
Produção Cinematográfica Inconfidência
José Antônio Orsini
Roteiro Oswald Hafenrichter
Alberto Severi (argumento)
Osvaldo Moles (diálogos)
José Antônio Orsini (supervisão)
Elenco Luigi Picchi
Alberto Ruschel
Rubens de Falco
Fada Santoro
Gênero aventura
Música Gabriel Migliori
Direção de fotografia Giulio de Luca
Máximo Sperandeo
Idioma português

É um dos primeiros filmes brasileiros produzidos em Cinemascope, um sistema que já era comum nos Estados Unidos.[2]

Prêmios e indicaçõesEditar

  • Prêmio Associação Brasileira de Cronistas Cinematográficos (1957)
Vencedor na categoria[1]:
Melhor ator (Luigi Picchi)
Vencedor na categoria[1]:
Melhor ator (Luigi Picchi)
Vencedor na categoria[1]:
Melhor ator (Alberto Ruschel)

SinopseEditar

O capanga de um fazendeiro rapta a filha do cacique de uma tribo indígena e, sem saber, acaba se apaixonando por sua irmã e matando seu próprio pai.

ElencoEditar

  • Luigi Picchi ... Virgulino
  • Alberto Ruschel .... Isidoro
  • Fada Santoro .... Ângela
  • Rubens de Falco
  • Paulo Aliberti
  • Walter Almeida
  • Roberto Amaral
  • Leo de Avelar
  • Paulo Domingues
  • Maria Alba Esposito
  • Neyde Fraga
  • José Herculano
  • Francisco Negrão .... Roberto
  • Douglas Oliveira
  • Coriolano Rodrigo

Referências

  1. a b c d «O Capanga». Cinemateca Brasileira. Consultado em 25 de julho de 2011 
  2. SILVA NETO, Antônio Leão da (2002). Dicionário de Filmes Brasileiros. [S.l.]: A. L. da Silva Neto. 243 páginas. Prefácio de Rubens Ewald Filho 
  Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.