Abrir menu principal

O Gênio do Sexo

filme de 1979 dirigido por Paulo Figueiredo
O Gênio do Sexo
 Brasil
1979 •  cor •  83 min 
Direção Paulo Figueiredo
Roteiro Paulo Figueiredo
Elenco Luiz Carlos de Moraes
Marivalda
Paulo Figueiredo
Gênero comédia
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

O Gênio do Sexo é um filme de comédia brasileiro de 1979, em estilo pornochanchada, escrito e dirigido por Paulo Figueiredo (que também atua).[1]

ElencoEditar

SinopseEditar

O rico empresário Alfredo fica impotente, sem que nenhum médico ou curandeiro, no Brasil ou no exterior, consiga curá-lo. Sua esposa Geny (e as amantes - a empregada doméstica e a secretária), não se conforma e contrata o inventor Professor Andorinha, cujo anúncio oferecendo resolver "qualquer problema" lera no jornal. Ela vai ao banco e pega uma grande soma em dinheiro e a leva ao inventor, sem saber que fora seguida pelos bandidos conhecidos como "Irmãos Metranca Ltda" (referências aos Irmãos Metralha). O inventor consegue criar a "sexy cueca", capaz de estimular quimicamente o desejo sexual de qualquer homem. Mas antes que consiga entregá-la a Dona Geny, os bandidos liderados por Rodolfo aparecem e roubam o dinheiro e o invento, além de explodirem o laboratório e atirarem no auxiliar robô do Professor. Ao saber do ocorrido, Geny contrata a Agência de detetives de Columba, que imediatamente coloca Angélica, sua melhor agente, no caso.

Curiosidades

O referido filme faz citações a série de tv Columbo aos personagens de Walt Disney (Professor Pardal, Irmãos Metralha, Lampadinha, Robopato ) e usa o tema de James Bond usado em 007 Vive e Deixa Morrer

Referências