Abrir menu principal
O Terno
O Terno se apresentando em outubro de 2016
Informação geral
Origem São Paulo, São Paulo
País  Brasil
Gênero(s)
Período em atividade 2009–presente
Gravadora(s) Selo RISCO
Integrantes Tim Bernardes
Guilherme D'Almeida
Gabriel Basile
Página oficial www.oterno.com.br

O Terno é uma banda paulistana de rock fundada em 2009, quando começou a fazer covers de bandas como Os Mutantes, The Beatles e The Kinks e, posteriormente, apresentou um repertório próprio. É uma das referências da música independente brasileira nos dias de hoje, sendo uma das fundadoras do selo RISCO.

Índice

BiografiaEditar

O Terno é uma banda de rock de São Paulo, formada por Tim Bernardes, Guilherme D'Almeida e Gabriel Basile. Em junho de 2012, lançou seu primeiro disco, 66, de forma independente. Desde seu lançamento, o disco foi muito bem avaliado, sendo considerado pelo jornal O Globo como "um dos mais impressionantes discos de estreia de uma banda brasileira" e colocado entre os 25 melhores álbuns brasileiros de 2012 pela revista Rolling Stone Brasil.[1][2] O disco contêm 5 músicas autorais e 5 músicas escritas por Maurício Pereira,[3] com arranjos do trio.

A faixa-título, 66, rendeu o primeiro clipe da banda, que foi premiado na categoria Clipe do Ano do Prêmio Multishow 2012, em que a banda também ganhou o prêmio de Aposta MTV no VMB 2012.[4]

Ainda em 2012, O Terno foi banda base para o especial de final de ano da TV Cultura, no programa Cultura Livre. No Prêmio Multishow do mesmo ano, se apresentou com Nando Reis e Arnaldo Antunes, além da participação do Som Brasil Tropicália da Rede Globo.

Em 2013, o trio gravou duas músicas para o EP de Tom ZéTribunal do Feicebuqui. A banda ainda concorreu ao Prêmio Multishow 2013 na categoria Melhor Canção com Harmonium, do EP TicTac-Harmonium, lançado com 3 músicas, nas quais uma delas, Tic Tac, teve o seu videoclipe produzido.[5]

Formaram, em 2014, o selo coletivo RISCO, junto com outras 7 bandas, como Charlie e os Marretas e Luiza Lian. Em agosto desse mesmo ano, através de financiamento coletivo no Catarse, lançaram o segundo álbum, O Terno, que contêm 12 músicas escritas de própria autoria dos membros da banda.[6] O disco foi gravado no estúdio Canoa e lançado de forma independente.[7]

Em março de 2015, a banda mudou de formação: Gabriel Basile substituiu Victor Chaves na bateria. No fim do mesmo mês, a banda fez sua estreia no festival Lollapalooza.[8][9]

Em 2016, participaram da produção da primeira coletânea do selo RISCO, gravando Ávida Dúvida, da banda Memórias de um Caramujo. Além disso, lançaram o videoclipe de Ai, Ai, Como Eu Me Iludo, produzido pela Alasca Filmes, o terceiro da banda. Entre o fim de maio e começo de junho, O Terno fez a sua primeira turnê internacional, passando por Portugal e Espanha (Primavera Sound), em festivais e apresentações solo espalhadas por cidades locais. Em setembro, lançaram um novo disco, Melhor Do Que Parece, uma mescla de tropicalismo, rock, soul e música brasileira.

Em 2019, o trio paulistano anunciou que <atrás/além>, seu quarto álbum de estúdio, será lançado em 23 de abril.[10] O álbum deve contar com as participações intenacionais de Devendra Banhart e Shintaro Sakamoto[11].

IntegrantesEditar

Linha do tempoEditar

 

DiscografiaEditar

ÁlbunsEditar

EPsEditar

Prêmios e Indicações de destaqueEditar

Ano Organização Trabalhos indicados Categoria Resultado
2012 MTV Video Music Brasil 2012 Aposta MTV Venceu
Prêmio Multishow 2012 "66" Clipe do Ano Venceu
2013 Prêmio Multishow 2013 "Harmonium" Nova Música Indicado
2014 Prêmio Multishow 2014 "O Terno" Melhor Álbum Indicado
Música Compartilhada Indicado
2015 Troféu APCA 2015[12] "O Terno & Boogarins" Show do Ano Venceu
2016 Prêmio Multishow 2016 "Ai, Ai, Como Eu Me Iludo" Melhor Clipe Venceu
"Ai, Ai, Como Eu Me Iludo" Melhor Direção de Clipe Indicado
"Culpa" Melhor Direção de Clipe Indicado
"Culpa" Melhor Fotografia de Clipe Indicado

Referências

  1. «Dados artísticos». Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira. Consultado em 19 de maio de 2015 
  2. «Listas - Os melhores discos nacionais de 2012 - O Terno». Rolling Stone. Consultado em 19 de maio de 2015 
  3. «O Terno - Toque no Brasil». Consultado em 21 de agosto de 2014 
  4. «Veja os vencedores do Prêmio Multishow 2012». Consultado em 2 de maio de 2015 
  5. Pedro Antunes (21 de maio de 2014). «Exclusivo: O Terno corre contra o tempo no clipe de "Tic Tac", com participação de Paulo Miklos». Rolling Stone. Consultado em 3 de maio de 2015 
  6. André Felipe de Medeiros (20 de agosto de 2014). «O Terno - O Terno - Monkeybuzz». Monkeybuzz. Consultado em 21 de agosto de 2014 
  7. «Grupo O Terno vai além do 'power trio' em novo disco». Folha de S. Paulo. Consultado em 19 de maio de 2015 
  8. André Felipe de Medeiros (17 de março de 2015). «O Terno anuncia nova formação.». Monkeybuzz. Consultado em 17 de março de 2015 
  9. «O Terno agrada ao público com espontaneidade». O Estado de S. Paulo. Consultado em 19 de maio de 2015 
  10. Balacci, Luccas. «O Terno anuncia quarto álbum de estúdio com lançamento em abril». Metro Jornal. Consultado em 28 de março de 2019 
  11. Internet (amdb.com.br), AMDB. «Rolling Stone · O Terno revela primeiros detalhes do novo disco e duas participações internacionais». Rolling Stone. Consultado em 28 de março de 2019 
  12. «Veja lista completa dos vencedores do Prêmio APCA em 2015 data=03 de dezembro de 2015». TMDQA!. Consultado em 5 de dezembro de 2015 
  Este artigo sobre uma banda ou grupo musical é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.