Abrir menu principal

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

UN SDG Logo.png

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) (ou Objetivos Globais para o Desenvolvimento Sustentável) são uma coleção de 17 metas globais estabelecidas pela Assembleia Geral das Nações Unidas. Os ODS são parte da Resolução 70/1 da Assembleia Geral das Nações Unidas: "Transformando o nosso mundo: a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável",[1] que depois foi encurtado para Agenda 2030.[2] As metas são amplas e interdependentes, mas cada uma tem uma lista separada de metas a serem alcançadas. Atingir todos os 169 alvos indicaria a realização de todos os 17 objetivos. Os ODS abrangem questões de desenvolvimento social e econômico, incluindo pobreza, fome, saúde, educação, aquecimento global, igualdade de gênero, água, saneamento, energia, urbanização, meio ambiente e justiça social.[3]

O parágrafo 54 da Resolução A/RES/70/1 da Assembleia Geral das Nações Unidas, de 25 de setembro de 2015, contém os objetivos e metas.[4] O processo liderado pela ONU envolveu seus 193 Estados Membros e a sociedade civil global. A resolução é um amplo acordo intergovernamental que funciona como a Agenda de Desenvolvimento Pós-2015. Os ODS baseiam-se nos princípios acordados na Resolução A/RES/66/288, intitulada "O Futuro que Queremos".[5] Este foi um documento não vinculante divulgado como resultado da Conferência Rio+20 realizada em 2012.[5]

Alguns permanecem pessimistas sobre o potencial para alcançar os ODS, especialmente por causa das estimativas do custo de alcançar todos eles.[6] No entanto, certo progresso havia sido relatado em 2018. Por exemplo, menos crianças africanas com menos de 5 anos sofrem de desnutrição crônica e debilitação. No entanto, o mesmo estudo concluiu que é improvável que haja um fim para a desnutrição até 2030.[7]

Índice

ObjetivosEditar

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (em inglês)
 
Sede da ONU, em Nova York, com projeções com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.
 
Jovens com cartazes dos ODSs em Lima, Peru.

Em setembro de 2015, 193 países acordaram os seguintes Objetivos de Desenvolvimento Sustentável:[8]

  1. Erradicação da pobreza - Acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares.
  2. Fome zero e agricultura sustentável - Acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável.
  3. Saúde e bem-estar - Assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades.
  4. Educação de qualidade - Assegurar a educação inclusiva, e equitativa e de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos.
  5. Igualdade de gênero - Alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas.
  6. Água limpa e saneamento - Garantir disponibilidade e manejo sustentável da água e saneamento para todos.
  7. Energia limpa e acessível - Garantir acesso à energia barata, confiável, sustentável e renovável para todos.
  8. Trabalho de decente e crescimento econômico - Promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo, e trabalho decente para todos.
  9. Inovação infraestrutura - Construir infraestrutura resiliente, promover a industrialização inclusiva e sustentável, e fomentar a inovação.
  10. Redução das desigualdades - Reduzir as desigualdades dentro dos países e entre eles.
  11. Cidades e comunidades sustentáveis - Tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis.
  12. Consumo e produção responsáveis - Assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis.
  13. Ação contra a mudança global do clima - Tomar medidas urgentes para combater a mudança climática e seus impactos (*).
  14. Vida na água - Conservação e uso sustentável dos oceanos, dos mares, e dos recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável.
  15. Vida terrestre - Proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da Terra e deter a perda da biodiversidade.
  16. Paz, justiça e instituições eficazes - Promover sociedades pacíficas e inclusivas par ao desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis.
  17. Parcerias e meios de implementação - Fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável.

(*) Reconhecendo que a Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC) é o fórum internacional intergovernamental primário para negociar a resposta global à mudança do clima

Ver tambémEditar

Referências

  1. http://www.un.org/ga/search/view_doc.asp?symbol=A/RES/70/1&Lang=E
  2. «Transforming our world: the 2030 Agenda for Sustainable Development». United Nations – Sustainable Development knowledge platform. Consultado em 23 de agosto de 2015. 
  3. «Press release – UN General Assembly's Open Working Group proposes sustainable development goals» (PDF). Sustainabledevelopment.un.org. 19 de julho de 2014. Consultado em 18 de outubro de 2016. 
  4. «United Nations Official Document». Un.org. Consultado em 11 de outubro de 2016. 
  5. a b «United Nations Official Document». Un.org. Consultado em 18 de outubro de 2016. 
  6. «The 169 commandments». The Economist. ISSN 0013-0613. Consultado em 19 de fevereiro de 2016. 
  7. Osgood-Zimmerman, Aaron; Millear, Anoushka I.; Stubbs, Rebecca W.; Shields, Chloe; Pickering, Brandon V.; Earl, Lucas; Graetz, Nicholas; Kinyoki, Damaris K.; Ray, Sarah E. (2018). «Mapping child growth failure in Africa between 2000 and 2015». Nature (em inglês). 555 (7694): 41–47. ISSN 1476-4687. doi:10.1038/nature25760 
  8. «The Global Goals For Sustainable Development». Global Goals. Consultado em 2 de setembro de 2015. 

Ligações externasEditar