Abrir menu principal
Rússia Oblast de Magadan

Магаданская область (russo)

 
  Oblast  
Símbolos
Bandeira de Oblast de Magadan
Bandeira
Brasão de armas de Oblast de Magadan
Brasão de armas
Localização
Localização do Oblast de Magadan na Rússia.
Localização do Oblast de Magadan na Rússia.
País  Rússia
Distrito federal Extremo Oriente
Região econômica Extremo Oriente
História
Estabelecido em 3 de dezembro de 1953
Administração
Capital Magadan
Governador Sergei Nosov
Características geográficas
 • Total 461 400 km²
 • Total 156 996
Informações
Fuso horário UTC+11
Outras informações
Língua oficial Russo
IDH (2010) 0,839 (15.º) – muito alto[1]
Código ISO 3166-2 RU-MAG

Website www.magadan.ru

O oblast de Magadan é uma divisão federal da Federação da Rússia, criada pelo presidente da URSS em 1953 e que hoje integra o Distrito Federal Oriental. A região de Magadan é composta por 53 municípios: um bairro da cidade (Magadan), 8 municípios, 21 cidades e 23 vilas.

De acordo com o censo populacional de 2010, o oblast tinha uma população de 156 996 habitantes, o que faz dele o menos povoado oblast da Rússia, e a trigésima divisão federal da Rússia menos povoada.

A cidade de Magadan é o centro administrativo e a maior cidade do território.

Faz fronteira com o okrug autónomo de Tchukotka a norte, com o krai de Kamtchatka a leste, com o krai de Khabarovsk a sul, e com a República de Sakha a oeste.

A sua economia baseia-se maioritariamente na mineração, principalmente de ouro, prata e outros metais não ferrosos.

GeografiaEditar

A região está localizada nas margens do mar de Okhotsk e do Pacífico. A maior parte do território está na chapada de Kolyma, região de frio permanente, e é coberta pela tundra. Os principais rios da região são oKolyma e o Aian-Iuriakh.

EconomiaEditar

O PIB da região de Magadan, em 2005 foi de 25 782,1 milhões de [[Rublo russo|rublos}}, ou 0,12% do PIB da Rússia para esse ano, ou apenas 3,11% do produto bruto regional do Distrito Federal Oriental. No entanto, o PIB per capita na região foi superior à média para o Extremo Oriente da Rússia: 149 000 rublos, contra 126 000 para o Extremo Oriente.

As principais indústrias são de mineração (ouro, prata e, de forma secundária, estanho, carvão e tungstênio) e pesca. A indústria de mineração está quase totalmente concentrada em Susuman e Omsuktchan e a pesca na cidade de Magadan.

HistóriaEditar

O território da região era habitado por tribos, entre elas os Iacutos, antes da primeira viagem de cossacos russos na região de Kolyma.

A história começa em 1920 com a chegada de expedições de exploração científica. No início da expedição de 1930 foram descobertos depósitos de aluviões de ouro e no final de 1930 já havia uma mina construída.

Na época foi amplamente usado o trabalho de prisioneiros, na verdade em condições de escravatura, que foram empregados nos trabalhos mais difíceis. Segundo o censo de 1926, a população da região de Magadan era de apenas 7 mil pessoas. Mas em 1939, como resultado da Dalstroi — que utilizava trabalho de prisioneiros nas minas de ouro — a população cresceu para 152 mil pessoas. Após a transição para um sistema de recrutamento organizado, a população continuou a crescer e, em 1990, ascendia a cerca de 390 mil pessoas.

PopulaçãoEditar

A população é de cerca de 157 mil pessoas (2010) e a densidade populacional de 0,34 habitantes por quilómetro quadrado. 95,3 % (2009) da população é urbanizada e 70% vive em Magadan (114 900 em 2008). A maioria da população têm origem russa (80,2%) e ucraniana (9,9%), mas também são comuns os bielorrussos (1,2%), tártaros (1,1%), inguches (0,45%) e indígenas.

Entre os povos indígenas, 57% são evens, 23% coriacos e 13% itelmens. Uma proporção significativa dos que vivem em áreas rurais vivem de ofícios populares, sendo os principais a criação de renas e a pesca. A maioria desse grupo se dedica à agricultura de subsistência.

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Oblast de Magadan
  Este artigo sobre Geografia da Rússia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.