Abrir menu principal
Gnome globe current event.svg
Este artigo ou seção é sobre uma pessoa atualmente no espaço. A informação apresentada pode mudar com frequência. Não adicione especulações, nem texto sem referência a fontes confiáveis. (editado pela última vez em 16 de outubro de 2019) American astronaut.svg
Oleg Skripochka
Nascimento 24 de dezembro de 1969 (49 anos)
Nevinnomyssk, ex-URSS
hoje:Rússia
Nacionalidade Rússia russo
Carreira espacial
Cosmonauta da AER
Tempo no espaço No espaço desde 25 de setembro de 2019: 76 dia(s) e 2 hora(s)
Seleção 1997
Tempo de AEV 16h 40min
Missões Soyuz TMA-01M, Expedição 25, Expedição 26, Soyuz TMA-20M, Expedição 47, Expedição 48, Soyuz MS-15, Expedição 61, Expedição 62
Insígnia da missão Soyuz-TMA-01M-Mission-Patch.svgISS Expedition 25 Patch.png ISS Expedition 26 Patch.png Soyuz-TMA-20M-Mission-Patch.png ISS Expedition 47 Patch.svg ISS Expedition 48 Patch.png Soyuz-MS-15-Mission-Patch.png ISS Expedition 61 Patch.svg ISS Expedition 62 Patch.png
Prêmios Hero of the Russian Federation medal.png Herói da Federação Russa

Oleg Ivanovich Skripochka (em russo: Олег Иванович Скрипочка; (Nevinnomyssk, 24 de dezembro de 1969) é um cosmonauta russo, veterano de três missões de longa duração na Estação Espacial Internacional.

CarreiraEditar

Formado em engenharia mecânica e especialista em construção de foguetes pela Universidade Técnica Estatal Bauman de Moscou, em 1993, ele posteriormente trabalhou na empresa estatal Energia, em projetos relacionados à construção de veículos espaciais de transporte de carga.

Em janeiro de 1998 foi selecionado para o curso de cosmonautas da Roscosmos, graduando-se no fim de 1999. Foi ao espaço pela primeira vez em 7 de outubro de 2010 como engenheiro de voo da Soyuz TMA-01M, a primeira missão da nova série de naves TMA-01M do programa espacial tripulado russo.

Skripochka e os demais tripulantes da nave espacial, Alexander Kaleri e Scott Kelly, integraram a tripulação da Expedição 25 e da Expedição 26. Ele realizou três Atividades extra-veiculares durante a missão[1] e voltou à Terra em 16 de março de 2011, após seis meses na ISS, junto com os demais integrantes da TMA-01M.[2]

Em 18 de março de 2016 voltou ao espaço para sua segunda missão de longa duração na ISS, lançado de Baikonur a bordo da espaçonave Soyuz TMA-20M, onde permaneceu por cerca de seis meses como integrante das Expedições 47 e 48. [3] Integrante do primeiro voo espacial com os veículos TMA da Soyuz em 2010, também integrou a última das missões desta série de espaçonaves, que foram substituídas a partir da missão seguinte pela Soyuz MS.[4] Sua missão durou 172 dias, terminando em 7 de setembro de 2016, quando a tripulação da TMA-20M encerrou seus trabalhos na Expedição 48, retornando à Terra e pousando nas estepes do Casaquistão às 07:13 hora local.[5] Ao final de sua segunda missão, Skripochka tinha acumulado um total de 331 dias no espaço.[6]

Sua terceira missão foi como comandante da Soyuz MS-15, lançada de Baikonur às 13:57 UTC (hora local: 19:47) de 25 de setembro de 2019, para nova estadia de longa duração na ISS. Com ele a bordo subiram a norte-americana Jessica Meir e o primeiro astronauta dos Emirados Árabes Unidos Hazza Al Mansoori, que permaneceu uma semana na estação. Oleg integra as Expedições 61 e 62 e permanecerá em órbita até o início de 2020.[7]

HonrariasEditar

Um dos mais experientes cosmonautas do programa espacial russo, Skripochka é instrutor de cosmonautas e cosmonauta de testes no Centro de Treinamento de Cosmonautas Yuri Gagarin na Cidade das Estrelas e foi condecorado pelo presidente russo Vladimir Putin como Herói da Federação Russa e com a Ordem por Mérito à Pátria.[8]

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Schedule of ISS flight events». NASAspaceflight.com. 17 de Julho de 2010. Consultado em 24 de Julho de 2010 
  2. NASA Assigns Space Station Crews, Updates Expedition Numbering - NASA press release - 08-306 - Nov. 21, 2008
  3. «New Crew Launches and Heads to Space Station». NASA. Consultado em 18 de março de 2016 
  4. «International Space Station Calendar». spaceflight101.com. Consultado em 2 de março de 2016 
  5. «Soyuz Crew en-route to blazing Re-Entry & early Morning Landing after on-time Departure of ISS». spaceflight101.com/. Consultado em 7 de setembro de 2016 
  6. «NASA's Record-breaking Astronaut, Crewmates Safely Return to Earth». NASA. Consultado em 7 de setembro de 2016 
  7. «Final Soyuz-FG rocket delivers ISS crew». Russian Space Web. Consultado em 15 outubro 2019 
  8. «Presentation of state awards». Portal oficial do Kremlin. Consultado em 15 outubro 2019 

Ligações externasEditar