Orlando Beltran Quevedo

Orlando Beltran Quevedo, O.M.I.
Cardeal da Igreja Católica
Arcebispo emérito de Cotabato
Hierarquia
Papa Francisco
Congregação Pe. Louis Lougen, O.M.I.
Atividade eclesiástica
Congregação Missionários Oblatos de Maria Imaculada
Diocese Arquidiocese de Cotabato
Nomeação 30 de maio de 1998
Predecessor Dom Giuseppe Chiaretti
Sucessor Angelito R. Lampon, O.M.I.
Mandato 1998 - 2018
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 5 de junho de 1964
Washington, D.C.
Nomeação episcopal 23 de julho de 1980
Ordenação episcopal 28 de outubro de 1980
Catedral de Kidapawan
por Bruno Torpigliani
Nomeado arcebispo 22 de março de 1986
Cardinalato
Criação 22 de fevereiro de 2014
por Papa Francisco
Ordem Cardeal-presbítero
Título Santa Maria "Rainha do Mundo" na Torre Spaccata
Brasão
Coat of arms of Orlando Beltran Quevedo.svg
Lema Caritas congaudet veritati
Dados pessoais
Nascimento Laoag
11 de março de 1939 (81 anos)
Nacionalidade filipino
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

Orlando Beltran Quevedo, O.M.I. (11 de março de 1939)[1] é um cardeal filipino, arcebispo emérito de Cotabato.

BiografiaEditar

Entrou para a Ordem dos Missionários Oblatos de Maria Imaculada. Estudou no Colégio Especial, o Seminário São José, na Cidade de Quezon, entre 1954 e 1956. Noviciado de São Pedro, Mission, Texas, entre 1956-1957, depois foi para o Seminário San José de Quezon, de 1957 a 1960 (filosofia); Oblate College (Universidade Católica da América), em Washington, D.C., de 1960 a 1964 (STB, MA Educação Religiosa), na Universidade de São Tomé, Manila (estudos de pós-graduação em Gestão Educacional) e na Universidade de St. Louis, Missouri, entre 1976 e 1977 (Teologia da Vida Religiosa).[1]

Foi ordenado padre em 5 de junho de 1964, em Washington, D.C., Estados Unidos. Pároco assistente da catedral de Cotabato, em 1964. De 1964 a 1968, foi professor no Colégio Notre Dame/Universidade de Cotabato. Entre 1970 e 1976, foi o presidente da Universidade de Notre Dame, em Cotabato e entre 1973 e 1975 foi presidente da Mindanao Educational Conference Planning Board. A partir de 1977 a 1979, foi pároco em Jolo, Sulu. De 1979 a 1980, foi o superior dos Oblatos em Quezon.[1]

Eleito bispo-prelado de Kidapawan em 23 de julho de 1980, foi consagrado em 28 de outubro de 1980, na catedral de Kidapawan, por Bruno Trorpigliani, arcebispo-titular de Malliana, núncio apostólico nas Filipinas, assistido por Philip Francis Smith, arcebispo de Cotabato, e por Federico O. Escaler, bispo prelado de Ipil. Promovido à sé metropolitana de Nueva Segovia em 22 de março de 1986, foi transferido para a sé metropolitana de Cotabato em 30 de maio de 1998. Ele recebeu o pálio do Papa João Paulo II em 29 de junho de 1998, na Basílica de São Pedro. Foi o Presidente da Conferência Episcopal das Filipinas (CBCP) de 1999 a 2003. Foi secretário-geral da Federação das Conferências Episcopais da Ásia no período 2005-2011.[1] Ele é conhecido por ter defendido as questões de justiça e de paz durante os anos de lei marcial em 1970 e 1980. Ele tem estado na vanguarda dos esforços de paz no sul das Filipinas nas últimas duas décadas.[1]

CardinalatoEditar

Em 12 de janeiro de 2014, foi anunciada a nomeação de Dom Orlando Beltran Quevedo como cardeal, investidura que será efetivada no primeiro consistório ordinário do Papa Francisco em 22 de fevereiro de 2014.[2] [1] Recebeu o título de cardeal-presbítero de Santa Maria "Rainha do Mundo" na Torre Spaccata.

Referências

  1. a b c d e f The Cardinals of the Holy Roman Church
  2. «Consistory - 2014» (em inglês). Catholic Hierarchy. 2014. Consultado em 21 de fevereiro de 2014 

Ligações externasEditar

Precedido por
Federico O. Escaler, S.J.
 
Bispo de Kidapawan

19801986
Sucedido por
Juan de Dios Mataflorida Pueblos
Precedido por
José Tomás Sánchez
 
Arcebispo de Nueva Segovia

19861998
Sucedido por
Edmundo M. Abaya
Precedido por
Giuseppe Chiaretti
 
Arcebispo de Cotabato

19982018
Sucedido por
Angelito R. Lampon, O.M.I.
Precedido por
Simon Ignatius Pimenta
 
Cardeal-presbítero de Santa Maria
"Rainha do Mundo" na Torre Spaccata

2014
Sucedido por