Abrir menu principal


Os Travessos
Informação geral
Origem São Paulo, São Paulo
País  Brasil
Gênero(s) Pagode
Período em atividade 1996 - atualmente
Gravadora(s) Atração Fonográfica
Warner Music Brasil
Da Massa Records
F-UNIT Music
Dias Shows
Sony Music Brasil
Radar Records
Nescau Produções
Afiliação(ões) Toca do Coelho, Muleke Travesso
Integrantes Filipe Duarte (vocal)
Chorão (percussão)
Rodrigo (percussão)
Edimilson(baixo)
Ex-integrantes Rodriguinho (vocal)
Fabinho Mello (teclados e voz)
Luiz
Élcio
Alexandre Aposan (bateria)
Página oficial http://www.grupoostravessos.com.br/

Os Travessos é um grupo musical formado na cidade de São Paulo pelos integrantes Rodriguinho, Fabinho Mello, Rodrigão, Chorão e Edimilson no ano de 1996.[1]

HistóriaEditar

Os integrantes do grupo fizeram parte anteriormente do grupo infantil Toca do Coelho, e posteriormente em 1992 fizeram parte do Muleke Travesso. O grupo, de cara, emplacou sucessos como, "Você Em Mim", "Meu Bem Querer" e "Não Chores Mais". No ano de 1996, cinco dos integrantes do Muleke Travesso saíram da banda para formar o grupo Os Travessos[2]. No ano seguinte, lançaram o álbum Nossa Dança, pela gravadora Atração.

Receberam o disco de ouro e o de platina. A canção "Quando a Gente Ama" tornou-se um hit nacional, recebendo o prêmio Crowley Best, como uma das mais executadas em todo território nacional.

A carreira promissora gerou uma concorrência entre as principais gravadoras do país. Em dezembro de 1999, assinaram com a Warner Music Brasil e em fevereiro de 2000 lançaram o CD Os Travessos 2. "To Te Filmando (Sorria)" se manteve como a música mais tocada por cinco meses.

Ainda com este trabalho, conquistaram mais um disco de platina e o prêmio VMB 2000, da MTV, como melhor videoclipe de pagode com a música "Meu Querubim". Tornaram-se unanimidade nos meios de comunicação, marcando presença nos principais programas da televisão brasileira. A média de show passou a ser de 20 espetáculos por mês, sempre batendo recordes de público por onde passavam. Foram convidados por Xuxa para participarem do filme Xuxa Popstar, sucesso de público e uma das maiores bilheterias do cinema nacional.[carece de fontes?]

No ano de 2001, foi lançado o terceiro CD, Adivinha, que rendeu ao grupo mais um disco de platina. O CD veio recheado de novidades e com Rodriguinho dividindo o vocal com Fabinho na música "Vou Te Procurar", música que também se tornou um hit nacional, permanecendo no ranking das mais executadas por vários meses, além de render ao grupo sua primeira viagem internacional.

Fizeram 02 shows em Angola, na África, onde foram recebidos com recordes de público.[carece de fontes?] A participação do grupo foi muito além de colocar voz. Os integrantes estiveram lado a lado dos produtores Prateado e Arnaldo Saccomani, fazendo questão de colocar um toque pessoal a cada faixa do CD.

Lançaram em maio de 2002 o álbum que leva o nome do grupo. A música de trabalho "Distância" fez sucesso em todo país.[carece de fontes?] Neste CD, a produção musical foi dividida entre Arnaldo Saccomani e Fabinho Mello.

Em 2003, no 5º CD do grupo, Dito e Feito, Fabinho fez a produção inteirinha.

No ano de 2004, com a maturidade conquistada, gravaram CD e DVD ao vivo, que renderam ao grupo disco de ouro..

No fim de 2004, Fabinho assumiu os vocais e o grupo lançou o CD Pura Mágica, título da música de trabalho que estourou no Brasil inteiro. Novamente, a produção deste CD foi de Fabinho, que mostrou todo seu talento como produtor, além de vocalista e compositor.

O álbum foi lançado pela gravadora Da Massa Records, que veio com uma nova proposta, já que seus proprietários, Alexandre Pires e Netinho de Paula, entenderam realmente das necessidades do artista para poder desenvolver seu trabalho.

No início de 2006, Fabinho deixou o grupo e foi substituído por Filipe Duarte, ex-integrante do grupo Br'oz.

Em abril de 2007, o ex-integrante Fabinho Mello morreu de parada cardíaca.

No final de 2008, o grupo lançou quatro músicas novas no seu MySpace, que iriam para o seu CD seguinte, que seria lançado possivelmente em 2010.

Em 2011, o grupo seguiu em frente recheado de novidades. Uma delas foi a música "Dividido", que fez muito sucesso na Região Sul do país. Nesse período, o grupo seguiu fazendo shows, além de lançar de 2012 para 2013 o DVD Ao Vivo em Pelotas. Esse álbum foi gravado no dia 06/09/2012, em Pelotas, no Rio Grande do Sul, e nesse DVD, além de colocarem novas roupagens em antigos sucessos do grupo, eles ainda lançaram novas musicas como: "Quem Não Quer Sou Eu", "Escondido", "Um Passo de Cada Vez", "Já Chega" e "Tudo Pode Melhorar".

Em 2014, após dez anos, Rodriguinho voltou ao grupo Os Travessos, que fez sucesso no fim da década de 1990 e primeira metade dos anos 2000 com músicas como “Tô Te Filmando (Sorria)", “Quando a Gente Ama” e “Adivinha”. Nesse período de afastamento, ele se dedicou à carreira solo, à família – tem quatro filhos e uma enteada -, abandonou os cabelos loiros, fez 40 tatuagens pelo corpo e ganhou peso por conta de anabolizantes, que admite ter usado por dois anos. Também em junho de 2014, foi lançado o álbum Tarde ou Cedo, pela Sony Music. O primeiro sucesso do álbum foi "Sonhos e Planos (Sou Eu)", que foi uma música bem tocada pelas rádios do Brasil e em seguida teve a música "Tarde ou Cedo", que quando começou a se tocada, ficou no TOP 10 no Brasil inteiro[3]. Em pouco tempo, gravaram o DVD Os Travessos #OTVS 20 Anos, gravado ao vivo no dia 22 de novembro de 2014[4] no Pepsi On Stage, em Porto Alegre, com vários relançamentos de músicas do grupo e as músicas inéditas "A Troco De Nada", "Vacilo" e "Sabe Me Provocar". A produção e direção foram do integrante Rodriguinho, e teve participações de Ludmilla, Ah! Mr. Dan ("Daniel") e Eder Miguel.[5]

Em abril de 2016, Rodriguinho deixou Os Travessos dois anos após o retorno[6]

IntegrantesEditar

Formação atualEditar

Ex-integrantesEditar

DiscografiaEditar

ÁlbunsEditar

Álbuns
Ano Título Gravadora
1997 Nossa Dança[7] Atração Fonográfica
2000 Os Travessos 2[7] Warner Music
2000 Declarações[7] Warner Music
2001 Adivinha[7] Warner Music
2002 Os Travessos 4 Warner Music
2002 Perfil Som Livre
2003 Dito e Feito[7] Warner Music
2004 Os Travessos - Ao vivo Warner Music
2005 Pura Mágica[7] Da Massa Records
2007 Frente A Frente
2009 Os Travessos 2009
2011 Até Ver Você F-UNIT Music
2013 Ao Vivo em Pelotas Dias Shows
2014[8] Tarde Ou Cedo[8] Sony Music[8]
2015 Os Travessos #OTVS 20 Anos Sony Music
2016 Controle do Jogo Radar Records
2018 OTVS (EP) Nescau Produções

SinglesEditar

Álbum Canção
Nossa Dança "Quando a Gente Ama"
"Maravilha Te Amar"
"Tu Mandas No Meu Coração"
Os Travessos 2 "Shopping Center"
"Tô Te Filmando(Sorria)"
"Meu Querubim"
"Um Dia Pra Nós Dois"
"Escrito nas Estrelas"
Adivinha
"Vou Te Procurar"
"Adivinha"
Os Travessos 4
"Inconsequente"
"Distância"
"Quer Me Machucar"
Dito e Feito
"Alô"
"Bye, Bye"
Os Travessos Ao Vivo
"Não Se Sinta Só"
"Na Novela"
Pura Mágica
"Pura Mágica"
"Longe Daqui"
Frente a Frente
"Te Liguei"
"Vou Te levar"
Os Travessos 2009
"Você Não Quis Me Ouvir"
"Para"
Até Ver Você
"Dividido"
"Até Ver Você"
Ao Vivo em Pelotas
"Pegando Fogo"
Tarde ou Cedo "Sonhos e Planos (Sou Eu)"
"Tarde ou Cedo"
Os Travessos #OTVS 20 Anos "A Troco de Nada"
Controle do Jogo "Controle do Jogo"
OTVS "Jogou Pesado"
"Só Amigos"
"Para Que Tá Feio'

VideografiaEditar

Estes são os videoclipes de Os Travessos

  • "Meu Querubim" (2000)
  • "Um Dia Pra Nós Dois" (2000)
  • "Vou Te Procurar" (2001)
  • "Distância" (2002)
  • "Quer Me Machucar" (2002)
  • "Alô" (2003)
  • "Sonhos & Planos (Sou Eu)" (2014)

PrêmiosEditar

  • Disco de ouro e Platina com o álbum Nossa Dança
  • Disco de Ouro e Multiplatina com o álbum Os Travessos 2
  • Prêmio VMB 2000 da MTV pelo Melhor Vídeo Clip de Pagode com a música "Meu Querubim"
  • Disco de Ouro e Platina Com o álbum Adivinha

Referências

Ligações externasEditar