Abrir menu principal

Ovídio Fernandes Trigo de Loureiro

Ovídio Fernandes Trigo de Loureiro
Procurador-geral da República do  Brasil
Período 18 de setembro de 1894
até 29 de setembro de 1894
Antecessor José Júlio de Albuquerque Barros
Sucessor Antônio Martins
Dados pessoais
Nascimento 1828
São Paulo (SP)
Morte 26 de novembro de 1904 (76 anos)
Rio de Janeiro (RJ)
Alma mater Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (FDUSP)
Profissão Juiz e desembargador

Ovídio Fernandes Trigo de Loureiro (São Paulo, 1828[1]Rio de Janeiro, 26 de novembro de 1904) foi um juiz, desembargador e político brasileiro.[2]

BiografiaEditar

Filho de Lourenço Trigo de Loureiro, formou-se em Ciências Jurídicas e Sociais na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, em 1848.

Foi nomeado ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) por decreto de 14 de junho de 1890, na vaga surgida pelo falecimento de Luís José de Sampaio. Tomou posse em 18 de junho. Com a organização do STF, no período republicano, foi nomeado novamente, em decreto de 12 de novembro de 1890, com a posse em 28 de fevereiro de 1891.[2]

Exerceu o cargo de Procurador-geral da República de 18 de setembro a 29 de setembro de 1894, quando foi aposentado.[2]

Morreu no Rio de Janeiro em 26 de novembro de 1904 e foi sepultado no Cemitério São João Batista.[2]

Referências

  1. «Biografia - Ovídio Fernandes». Ministério Público Federal (MPF). Consultado em 23 de janeiro de 2011. Arquivado do original em 7 de maio de 2012 
  2. a b c d «Biografia». Supremo Tribunal Federal (STF). Consultado em 23 de janeiro de 2011 

Ligações externasEditar

Precedido por
José Júlio de Albuquerque Barros
Procurador-Geral da República do Brasil
1894
Sucedido por
Antônio Martins