Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Públio Cornélio Cipião.
Públio Cornélio Cipião Barbato
Ditador da República Romana
Ditadura 306 a.C.

Públio Cornélio Cipião Barbato ou Públio Cornélio Cipião Barbado (em latim: Publius Cornelius Scipio Barbatus) foi um político da gente Cornélia da República Romana, nomeado ditador em 306 a.C. Serviu depois como pontífice máximo.[1]

IdentificaçãoEditar

Segundo os Fastos Capitolinos, foi cônsul em 328 a.C., mas Lívio[2] indica que Públio Cornélio Escápula foi cônsul naquela data.[3]

DitaduraEditar

Cornélio Barbato foi nomeado ditador "comitiorum habendorum causa" (com poderes limitados) em 306 a.C. na ausência dos cônsules Quinto Márcio Trêmulo e Públio Cornélio Arvina, que conduziam a campanha contra os samnitas, para conduzir as eleições consulares.[4] Seu mestre da cavalaria foi Públio Décio Mus.

Referências

  1. Lívio, Ab Urbe condita IX, 44, 46-Z1
  2. Lívio, Ab Urbe condita VIII, 22.
  3. Long, George (1841). The Penny Cyclopædia of the Society for the Diffusion of Useful Knowledge: v. 1-27. London: C. Knight. p. 77 
  4. Lívio, Ab Urbe condita IX, 44.