Palatinado-Landsberg



Herzogtum Pfalz-Landsberg
(Pfalz-Zweibrücken-Landsberg)

Ducado do Palatinado-Landsberg
(Palatinado-Zweibrücken-Landsberg)

Estado do Sacro Império Romano

Wappen Zweibrücken.svg
1604 – 1661 Armoiries comtes palatins de Deux-Ponts.svg
Continente Europa
Região Europa Central
País Alemanha
Capital Burg Landsberg (castelo de Landsberg)
Governo Ducado
História
 • 1604 Desagregado do Palatinado-Zweibrücken
 • 1661 Reintegrado no Palatinado-Zweibrücken

O Palatinado-Landesberg, Palatinado-Zweibrücken-Landsberg ou, na sua forma mais completa, Ducado do Palatinado-Zweibrücken-Landsberg (em alemão: Hetzogtum von Pfalz-Zweibrücken-Landsberg), foi um antigo estado do Sacro Império Romano-Germânico. Sua sede era o Castelo de Landsberg, localizado na Comuna de Heiligenstein, na Alsácia.

HistóriaEditar

A linhagem do Palatinado-Landsberg, pertencente ao ramo Palatino da Casa de Wittelsbach, governou este ducado vindo a herdar o Palatinado-Zweibrücken em 1661.[1]

O Palatinado-Landsberg foi criado em 1604, aquando da morte do duque João I do Palatinado-Zweibrücken, que partilhou os seus estados pelos 3 filhos: Frederico Casimiro ficou com o Palatinado-Landsberg; João Casimiro, ficou com o Palatinado-Kleeburg e, o irmão mais velho, João II, reteve a maior parte do Palatinado-Zweibrücken.[1]

Landsberg foi invadido e devastado durante a Guerra dos Trinta Anos. Em 1645, a Frederico Casimiro sucedeu o seu filho Frederico Luís que, em 1661 herdou o Palatinado-Zweibrücken, integrando, assim os 2 estados.

Em 1681, após a morte de Frederico Luís sem descendência legítima, o Palatinado-Zweibrücken (que já incluía Landsberg) foi herdado pelos Reis da Suécia, pertencentes à linhagem do Palatinado-Kleeburg.

Lista de Duques do Palatinado-LandsbergEditar

 
Frederico Luís duque do Palatinado-Zweibrücken-Landsberg (1645-1661) e Duque de todo o Palatinado-Zweibrücken (1661-1681).

Casa de WittelsbachEditar

  • 1410-1645: Frederico Casimiro;
  • 1645-1661: Frederico Luís
    • em 1661 Frederico Luís herdou o Palatinado-Zweibrücken (que reabsorveu o Palatinado-Landsberg) e onde reinou até 1681.

ReferênciasEditar

  1. a b Huberty, Michel; Giraud, Alain; Magdelaine, F. e B. (1985). L'Allemagne Dynastique, Tome IV Wittelsbach (em francês). Paris: Laballery. p. 37-40. ISBN 2-901138-04-7 

Ver tambémEditar