Partícula viral é o nome dado à estrutura molecular que constitui um vírus. Ela é composta basicamente por ácido nucléico e proteínas, mas adicionalmente podem conter lipídios e carboidratos. O material genético viral é composto por uma ou mais moléculas de ácido nucléico (DNA ou RNA). Envolvendo o ácido nucléico são encontradas proteínas (capsômeros) codificadas pelo genoma viral, sendo o conjunto destas proteínas denominado capsídeo.[1][2] Em geral, estes possuem forma geométrica bem definida: icosaédrica, helicoidal, cilíndrica, esférica, entre outras. O capsídeo em associação com o material genético viral compõe o nucleocapsídeo.[3]

Uma membrana lipídica, denominada envelope viral, pode envolver os nucleocapsídeos externamente. O envelope é formado por bicamada lipídica derivada de estruturas celulares, como organelas e membrana plasmática. Ancoradas ao envelope são encontradas proteínas (peplômeros) que desempenham a função de mediar a interação vírus-célula.[4] No entanto, as partículas virais podem ser envelopadas ou não-envelopadas. Uma partícula viral completa (infecciosa), com ou sem envelope, a depender da morfologia viral específica, é chamada vírion. Muitos vírus possuem partículas complexas, com características que fogem dos padrões mencionados anteriormente: mais de um nucleocapsídeo por envelope (Baculoviridae, Polydnaviridae); mais de uma membrana lipídica, sendo uma bicamada interna e outra externa (Polydnaviridae); mais de um capsídeo (Reoviridae); capsídeos com cauda protéica (Myoviridae, Podoviridae, Siphoviridae), etc.[1][5]


Exemplos de estruturas de partículas virais.  Legenda: Molécula de DNA  —   Molécula de RNA  —   Capsômeros do capsídeo  —   Envelope viral  —   Peplômeros  —   Fibras
Vírus icosaédrico não-envelopado
(ex. Papillomaviridae)
Vírus icosaédrico envelopado
(ex. Herpesviridae)
Vírus helicoidal não-envelopado
(ex. Virgaviridae)
Vírus helicoidal envelopado
(ex. Filoviridae)
Bacteriófago (partícula complexa)
(ex. Myoviridae)

Ver tambémEditar

ReferênciasEditar

  1. a b FAUGET, C. M.; MAYO, M. A.; MANILOFF, J.; DESSELBERGER, U; BALL, L. A.. Virus Taxonomy. 2. ed. California: Academic Press, 2005. 1162 p. ISBN 978-0122499517
  2. WAGNER, E. K.; HEWLETT, M. J.; BLOOM, D. C.; CAMERINI, D.. Basic Virology. 3. ed. Massachusetts: Wiley-Blackwell, 2007. 584 p. ISBN 978-1405147156
  3. ACHESON, N. H. Fundamentals of Molecular Virology. Chichester: Wiley, 2007. 432 p. ISBN 978-0-471-35151-1
  4. GRANOFF, A.; WEBTER, R. G.. Encyclopedia of Virology. 2. ed. London: Academic Press, 1999. 2000p. ISBN 978-0-12-227030-7
  5. CANN, A. J.. Principles of Molecular Virology. 4. ed. Massachusetts: Elsevier Academic Press, 2005. 352 p. ISBN 0-12-088787-8


  Este artigo sobre vírus é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.