Abrir menu principal
Partido Democrático da Esquerda
Partito Democratico della Sinistra
PDSlogo.jpg
Líder Massimo D'Alema (último)
Fundador Achille Occhetto
Fundação 1991
Dissolução 1998
Ideologia Socialismo democrático
Social-democracia
Espectro político Esquerda
Publicação L'Unità
Antecessor Partido Comunista Italiano
Sucessor Democratas de Esquerda
Membros  (1998) 613.412
Afiliação internacional Internacional Socialista (1993-1998)
Afiliação europeia Partido Socialista Europeu (1993-1998)
Cores Vermelho

O Partido Democrático da Esquerda (em italiano: Partito Democratico della Sinistra, PDS) foi um partido político italiano, sucessor do Partido Comunista Italiano (PCI).

Índice

HistóriaEditar

Já na década de 1970, o PCI tinha abandonado o marxismo-leninismo, passando a seguir o eurocomunismo. A queda do Muro de Berlim em 1989 e o subsequente fim do bloco dos países comunistas do leste europeu levaram a uma transformação ideológica do PCI. Com o congresso de Bolonha, realizado em 1991, o PCI renunciou oficialmente a qualquer ligação com o comunismo e mudou o seu nome para Partido Democrático da Esquerda, adoptando uma ideologia social-democrata.[1] [2]

Em 1993, foi admitido na Internacional Socialista e no Partido Socialista Europeu.[3]

Chegou ao governo em 1996.

Em 1998, após uma fusão com pequenos partidos social-democratas e socialistas, foi sucedido pelos Democratas de Esquerda.

Resultados eleitoraisEditar

Eleições legislativasEditar

Câmara dos DeputadosEditar

Data CI. Líder Votos % +/- Deputados +/- Status
1992 2.º Achille Occhetto 6 321 084
16,1 / 100,0
107 / 630
Oposição
1994 2.º Achille Occhetto 7 881 646
20,4 / 100,0
 4,3
124 / 630
 17 Oposição
1996 1.º Massimo d'Alema 7 894 118
21,1 / 100,0
 0,7
172 / 630
 63 Governo

SenadoEditar

Data CI. Votos % Deputados +/- Status
1992 2.º 5 682 888
17,1 / 100,0
64 / 315
Oposição
1994 Aliança dos Progressistas
76 / 315
 12 Oposição
1996 A Oliveira
102 / 315
 26 Governo

Eleições europeiasEditar

Data CI. Votos % Deputados
1994 2.º 6 281 354
19,1 / 100,0
16 / 87

Referências

  1. Renwick, Alan (2010-02-04). The Politics of Electoral Reform: Changing the Rules of Democracy. [S.l.]: Cambridge University Press. ISBN 9781139486774  Verifique data em: |ano= (ajuda)
  2. Giugni, Marco (2004-01-01). Social Protest and Policy Change: Ecology, Antinuclear, and Peace Movements in Comparative Perspective. [S.l.]: Rowman & Littlefield. ISBN 9780742518278  Verifique data em: |ano= (ajuda)
  3. Almeida, Dimitri (2012-01-01). The Impact of European Integration on Political Parties: Beyond the Permissive Consensus. [S.l.]: Routledge. ISBN 9780415693745  Verifique data em: |ano= (ajuda)