Partido Democrático da Esquerda

O Partido Democrático da Esquerda (em italiano: Partito Democratico della Sinistra, PDS) foi um partido político italiano, sucessor do Partido Comunista Italiano (PCI).

Partido Democrático da Esquerda
Partito Democratico della Sinistra
PDSlogo.jpg
Líder Massimo D'Alema (último)
Fundador Achille Occhetto
Fundação 1991
Dissolução 1998
Ideologia Socialismo democrático
Social-democracia
Espectro político Esquerda
Publicação L'Unità
Antecessor Partido Comunista Italiano
Sucessor Democratas de Esquerda
Membros (1998) 613.412
Afiliação internacional Internacional Socialista (1993-1998)
Afiliação europeia Partido Socialista Europeu (1993-1998)
Cores Vermelho

HistóriaEditar

Já na década de 1970, o PCI tinha abandonado o marxismo-leninismo, passando a seguir o eurocomunismo. A queda do Muro de Berlim em 1989 e o subsequente fim do bloco dos países comunistas do leste europeu levaram a uma transformação ideológica do PCI. Com o congresso de Bolonha, realizado em 1991, o PCI renunciou oficialmente a qualquer ligação com o comunismo e mudou o seu nome para Partido Democrático da Esquerda, adoptando uma ideologia social-democrata.[1] [2]

Em 1993, foi admitido na Internacional Socialista e no Partido Socialista Europeu.[3]

Chegou ao governo em 1996.

Em 1998, após uma fusão com pequenos partidos social-democratas e socialistas, foi sucedido pelos Democratas de Esquerda.

Resultados eleitoraisEditar

Eleições legislativasEditar

Câmara dos DeputadosEditar

Data CI. Líder Votos % +/- Deputados +/- Status
1992 2.º Achille Occhetto 6 321 084
16,1 / 100,0
107 / 630
Oposição
1994 2.º Achille Occhetto 7 881 646
20,4 / 100,0
 4,3
124 / 630
 17 Oposição
1996 1.º Massimo d'Alema 7 894 118
21,1 / 100,0
 0,7
172 / 630
 63 Governo

SenadoEditar

Data CI. Votos % Deputados +/- Status
1992 2.º 5 682 888
17,1 / 100,0
64 / 315
Oposição
1994 Aliança dos Progressistas
76 / 315
 12 Oposição
1996 A Oliveira
102 / 315
 26 Governo

Eleições europeiasEditar

Data CI. Votos % Deputados
1994 2.º 6 281 354
19,1 / 100,0
16 / 87

Referências

  1. Renwick, Alan (2010-02-04). The Politics of Electoral Reform: Changing the Rules of Democracy. [S.l.]: Cambridge University Press. ISBN 9781139486774  Verifique data em: |ano= (ajuda)
  2. Giugni, Marco (2004-01-01). Social Protest and Policy Change: Ecology, Antinuclear, and Peace Movements in Comparative Perspective. [S.l.]: Rowman & Littlefield. ISBN 9780742518278  Verifique data em: |ano= (ajuda)
  3. Almeida, Dimitri (2012-01-01). The Impact of European Integration on Political Parties: Beyond the Permissive Consensus. [S.l.]: Routledge. ISBN 9780415693745  Verifique data em: |ano= (ajuda)