Partido Social Democrata da Rússia

partido político russo
Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Partido Operário Social-Democrata Russo.

O Partido Social Democrata Russo foi um partido político fundado na Rússia por Mikhail Gorbachev em 6 de janeiro de 2001. Resultou da coligação de vários partidos social democratas. Tem aproximadamente 12 000 membros, mas não tem assento na Duma (parlamento russo). Gorbachev renunciou à presidência do partido em 15 de julho de 2004, depois de um desacordo com o seu presidente, Konstantin Titov que insistiu, apesar da oposição de Gorbachev, num acordo com o partido pró-Kremlin, Partido Rússia Unida nas eleições gerais antecedentes, no ano anterior.

Partido Social Democrata Russo
Социал-демократическая партия России
Fundadores Mikhail Gorbachev
Konstantin Titov
Fundação 26 de novembro de 2001
Dissolução 18 de julho de 2007
Sede Moscou, Rússia
Ideologia Social democracia
Socialismo democrático
Socialismo liberal
Espectro político Centro-esquerda
Afiliação internacional Internacional Socialista
Política da Rússia


Eleições

Konstantin Titov, por seu lado, anunciou a resignação na terceira convenção do partido, realizada a 4 de Setembro de 2004. A convenção elegeu o novo presidente, Vladimir Kishenin, líder do Partido da Justiça Social, que terá sido apoiado por Titov. O partido foi dissolvido em 20 de Outubro de 2007

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.