Congresso de Todos os Progressistas

Partido político da Nigéria

O Congresso de Todos os Progressistas (em inglês: All Progressives Congress), também conhecido pelo acrônimo APC, é um dos dois principais partidos políticos majoritários da Nigéria, juntamente com o Partido Democrático do Povo (PDP). Fundado em 6 de fevereiro de 2013 a partir da fusão de três partidos oposicionistas ao PDP, tornou-se a principal força política do país a nível nacional desde então.

Congresso de Todos os Progressistas
All Progressives Congress
APC-Nigeria-logo.jpg
Líder Muhammadu Buhari
Presidente Abdullahi Adamu
Fundação 6 de fevereiro de 2013 (9 anos)
Sede Abuja
Ideologia Partido pega-tudo
Espectro político Centro-esquerda
País Nigéria
Senado da Nigéria
64 / 109
Câmara dos Representantes
209 / 360
Governadores
22 / 36
Assembleias estaduais
598 / 991
Cores      Ciano
     Branco
     Verde
     Vermelho
Página oficial
https://officialapc.ng/

HistóricoEditar

Em apenas 2 anos de existência, chegou ao poder após a vitória de seu líder Muhammadu Buhari na eleição presidencial de 2015.[1] Tal evento consistiu em um verdadeiro marco na política nigeriana, pois foi a primeira vez na história do país que um partido oposicionista venceu o partido governista com alternância pacífica de poder.[2] Além disso, o partido conquistou maioria relativa dos assentos tanto no Senado da Nigéria[3] quanto na Câmara dos Representantes[4], porém não conseguiu obter a maioria qualificada capaz de impedir o PDP de bloquear a aprovação de projetos e matérias de interesse do novo governo.

Durante o primeiro mandato presidencial de Buhari, ondas de desfiliações levaram o partido a perder suas maiorias parlamentares em ambas as casas legislativas em 2018, incluindo os presidentes do Senado, Bukola Saraki, e da Câmara dos Representantes, Yakubu Dogara, que filiaram-se ao agora oposicionista PDP. Entretanto, tais desavenças políticas não afetaram a popularidade de Buhari, que foi reeleito na eleição presidencial de 2019, bem como o APC logrou expandir suas bancadas parlamentares em ambas as casas legislativas nas eleições legislativas do mesmo ano.[5]

Resultados eleitoraisEditar

Eleições presidenciaisEditar

Eleição Candidato Votos válidos % Situação
2015
Muhammad Buhari
15 424 921
53,96%   Eleito
2019
15 191 847
55,60%

Eleições legislativasEditar

Eleições Senado da Nigéria Câmara dos Representantes
Votos válidos % Assentos +/- Votos válidos % Assentos +/-
2015
16 202 391
55,05%
60 / 109
Novo
15 424 921
54,89%
212 / 360
Novo
2019
13 392 474
48,31%
64 / 109
  4
12 931 229
47,38%
209 / 360
  3

Referências

  1. Welle (www.dw.com), Deutsche. «Muhammadu Buhari vence presidenciais na Nigéria | DW | 31.03.2015». DW.COM. Consultado em 12 de junho de 2022 
  2. «Nigeria makes history in presidential election». www.cbsnews.com (em inglês). Consultado em 12 de junho de 2022 
  3. «APC wins 64 seats in Senate». web.archive.org. 1 de abril de 2015. Consultado em 12 de junho de 2022 
  4. «APC wins 214 House of Reps' seats». web.archive.org. 21 de abril de 2015. Consultado em 12 de junho de 2022 
  5. Minas, Estado de; Minas, Estado de (27 de fevereiro de 2019). «Muhammadu Buhari é reeleito presidente da Nigéria». Estado de Minas. Consultado em 12 de junho de 2022