Abrir menu principal

Passa Sete é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul.

Município de Passa Sete
"Terra das Nascentes"
Bandeira de Passa Sete
Brasão de Passa Sete
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 28 de dezembro de 1995 (23 anos)
Gentílico passa-setense
Prefeito(a) Bertino Rech (PP)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Passa Sete
Localização de Passa Sete no Rio Grande do Sul
Passa Sete está localizado em: Brasil
Passa Sete
Localização de Passa Sete no Brasil
29° 27' 10" S 52° 57' 39" O29° 27' 10" S 52° 57' 39" O
Unidade federativa Rio Grande do Sul
Mesorregião Centro Oriental Rio-grandense IBGE/2008[1]
Microrregião Santa Cruz do Sul IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Candelária, Herveiras, Lagoa Bonita do Sul, Sobradinho, Vale do Sol
Distância até a capital 221 km
Características geográficas
Área 304,760 km² [2]
População 5 523 hab. est. IBGE/2016[3]
Densidade 18,12 hab./km²
Altitude 589 m
Clima subtropical Cfa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,714 alto PNUD/2000[4]
PIB R$ 63 911,534 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 12 231,87 IBGE/2008[5]

GeografiaEditar

O município de Passa Sete localiza-se a uma latitude 29º27'12" sul e a uma longitude 52º57'41" oeste, estando a uma altitude de 589 metros. Fica entre Candelária e Sobradinho. O acesso rodoviário asfaltado ocorre pela rodovia RS-400.Entretanto, a maior parte do município(interior) conta com estradas de chão.

Possui uma área de 303,58 km² e sua população estimada em 2010 era de 5 195 habitantes. Sua divisão distrital compreende: Passa Sete(sede), Pitingal, Campo de Sobradinho, Murta e Serra Velha. Possui belas paisagens naturais com destaque para a localidade de Baixo Passa Sete, onde o relevo proporciona belas cascatas acompanhadas de singular fauna e flora. O município é privilegiado em quase todo seu território com inúmeras nascentes, entre as quais a do Arroio Carijinho e afluentes dos rios Pardo e Jacuí. Assim, Passa Sete vem se firmando em escala turística como a "Terra das Nascentes". Além disso, sedia bienalmente a Festa do Pinhão em amplo e aconchegante parque de eventos.

Em 28 de dezembro de 1995, emancipou-se do município de Sobradinho (RS), buscando maior autonomia política e melhora na infraestrutura pública até então em descaso.

EconomiaEditar

Sua economia é majoritariamente agrícola tendo como base a produção de tabaco, milho, feijão e soja, última que apresenta constante expansão. Merecido destaque para os projetos de diversificação envolvendo o cultivo de kiwi, uva, ameixa, apicultura, cana-de açúcar e manejo de gado de corte da raça Angus.

InfraestruturaEditar

A área urbana localiza-se as margens da ERS-400 contando com uma escola, posto de combustível, supermercados e pequeno comércio. Passados 16 anos, esse perímetro enfrenta dificuldades para desenvolver-se devido a ausência de indústrias e a grande proximidade com cidade de Sobradinho. Deste modo, tradicionalmente a população rural em busca dos serviços urbanos, prefere se deslocar até a vizinha que conta com amplo e estruturado comércio, rede bancária e demais serviços públicos; em detrimento do comércio local. Problema este, enfrentado não somente por Passa Sete, como também por Lagoa Bonita do Sul, Segredo, Ibarama, entre outros, que tendem a convergir para a chamada "Capital do Centro-Serra".

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Estimativas populacionais para os municípios e para as Unidades da Federação brasileiros em 01.07.2016» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 25 de junho de 2017 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 

Ligações externasEditar

Ver tambémEditar