Paul Leduc

diretor de cinema mexicano

Paul Leduc (Cidade do México, 11 de março de 1942 – 21 de outubro de 2020) foi um cineasta mexicano. Começou a trabalhar com cinema ao final da década de 1960 e durante esse período, passou por um momento de renovação do cinema mexicano, quando aproximou-se do movimento do Cinema Novo brasileiro.

Paul Leduc
LeducPaul.png
Nascimento 11 de março de 1942
Cidade do México
Morte 21 de outubro de 2020 (78 anos)
Cidade do México
Cidadania México
Alma mater
Ocupação cineasta
Prêmios
Obras destacadas Frida, naturaleza viva, Reed, México insurgente

Ficou conhecido por dirigir Frida, naturaleza viva e Reed, México insurgente,[1] este último com o qual foi indicado ao Prémio Ariel de melhor diretor além da obra receber uma das estatuetas de melhor filme junto com El castillo de la pureza e Mecánica nacional em 1973.[2]

Leduc morreu em 21 de outubro de 2020, aos 78 anos.[1]

Referências

  1. a b «Fallece el cineasta Paul Leduc, director de "Frida, Naturaleza viva"». El Universal (em espanhol). 21 de outubro de 2020. Consultado em 21 de outubro de 2020 
  2. «Ariel: XV 1973» (em espanhol). Academia Mexicana de Artes y Ciencias Cinematográficas. Consultado em 21 de outubro de 2020. Arquivado do original em 16 de junho de 2016 
  Este artigo sobre um(a) cineasta é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.