Paulo Gonzo

Alberto Ferreira Paulo (Lisboa, 1 de novembro de 1956), mais conhecido pelo nome artístico de Paulo Gonzo, é um conhecido cantor português, figura maior da música portuguesa .

Paulo Gonzo
Informação geral
Nome completo Alberto Ferreira Paulo
Nascimento 1 de novembro de 1956 (64 anos)
Origem Lisboa
País Portugal Portugal
Instrumento(s) vocal
Período em atividade 1975–actualmente
Prémios Globo de Ouro (1998)

BiografiaEditar

Foi fundador do grupo Go Graal Blues Band. Com a banda grava discos como Go Graal Blues Band, White Traffic ou So Down Train.

Em 1984 começa uma carreira a solo, a par do seu trabalho na banda, lançando em 1986 o álbum My Desire apenas com covers.

Em 1992 resolve lançar o seu primeiro disco cantado em português, Pedras da Calçada onde se encontra uma primeira versão do tema Jardins Proibidos.

Em Novembro de 1993 é publicada a colectânea "My Best" com os seus maiores sucessos em inglês.

O álbum Fora d'Horas, com produção de Frank Darcel, é editado em 1995. O disco inclui letras de Pedro Abrunhosa ("Lugares" e "Acordar"), Rui Reininho e Pedro Malaquias. Outros convidados são Xavier «Tox» Geronimi, Zé Pedro, João Cabeleira, Nani Teixeira, Sapo e Gus Till. Leve Beijo Triste, Duas Manas e Heróis do Bar são outras das canções.

Nos Prémios Blitz 1995 vence o prémio de melhor voz masculina sendo também nomeado para melhor artista masculino.

Em 1997, Paulo Gonzo lança a compilação Quase Tudo que conseguiu a proeza de ser Sêxtupla Platina. Os maiores sucessos deste disco são uma nova versão de Jardins Proibidos com a participação de Olavo Bilac e Dei-te Quase Tudo.

Em 1998 é editado o álbum Suspeito com produção de Frank Darcel e com uma participação especial de James Cotton (ex-trompetista de Miles Davis). É continuada a parceria de Paulo Gonzo com o letrista Pedro Malaquias e com Rui Reininho (em Eco Aqui e na adaptação de These Foolish Things). Outros temas são Pagava P'ra Ver, Ser Suspeito e Fogo Preso. O disco atinge o galardão de Platina.

Ao Vivo Unplugged, gravado ao vivo nos Estúdios Valentim de Carvalho, é editado em 1999. O disco revisita uma grande parte do percurso a solo de Paulo Gonzo. Como convidados aparecem o pianista Bernardo Sassetti, Rui Reininho participa em Coisas Soltas, Tim participa na versão acústica de Chuva Dissolvente e Zé Pedro toca em Curva Fatal.

O álbum Mau Feitio, gravado na Bélgica, é editado em 2001. Tito Paris e African Voices são alguns dos convidados do disco.

Por ocasião do Campeonato do Mundo de Futebol da Coreia e Japão, de 2002, lança o single Mundial que também foi incluído na compilação oficial do Campeonato do Mundo de Futebol de 2002.

Ainda em 2002 é lançado um single com Somos Benfica, o hino que Paulo Gonzo compôs em parceria com António Melo e Rui Fingers.

Em julho de 2003 é reeditado o disco Ao Vivo Unplugged com a inclusão de um DVD.

O álbum Paulo Gonzo é lançado em 2005, e o single Falamos Depois marca o inīcio de uma parceria com a letrista Eugénia Ávila Ramos que se mantém até hoje. Em 2007 é lançado Paulo Gonzo ao Vivo no Coliseu e a compilação Perfil - Paulo Gonzo.

Em 2010 cantou o single "Para Mim Tanto Me Faz" no concerto "A Despedida" numa parceria com os D'ZRT.

Em 2010 volta ao inglês com o disco By Request. Em 2011 lança o álbum Só Gestos.

O disco Duetos é lançado em 2013.

Entre 2016 e 2018 deu voz ao genérico musical da telenovela da SIC, "Amor Maior" em conjunto com a fadista Raquel Tavares. O tema é uma readaptação do tema de Jota Quest, Amor Maior.

DiscografiaEditar

SinglesEditar

  • So Do I/Versão Instrumental (Single, Materfonis, 1985)
  • Somewhere in the Night (Single, Materfonis, 1985)
  • Somewhere in the Night (Máxi, CBS, 1986)
  • Ridiculous Love (Single, CBS, 1986)
  • These Arms Of Mine/Missing (Single, CBS, 1986)
  • Stay/All Over The World (Single, CBS, 1987)
  • My Girl/She Knocks Three Times (Máxi, CBS, 1988)
  • My Girl/She Is My Song (Single, CBS, 1988)
  • Can´t Be With You Tonight/If You Love Me (Máxi, CBS, 1989)
  • Caprichos da Lua (Single, Sony Music, 1992)
  • Jardins Proibidos (Single, Sony Music, 1993)
  • Acordar (Single, Sony Music, 1995)
  • Mundial (Single, Sony Music, 2002)
  • S.L.B. (Somos Benfica) (Single, Sony Music, 2002)

ColetâneasEditar

  • Três Histórias à Lareira (1997) - Tema dos Povos Estranhos
  • Voz & Guitarra (1997) - Pedras da Calçada / Só
  • Noites Longas (1998) - Acordar (Alex S Sushi Style Mix)
  • XX Anos XX Bandas (1999) - Chuva Dissolvente

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um cantor é um esboço relacionado ao Projeto Música. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.