Pedro Furtado

Pedro Furtado
Nome completo Pedro Anjos Furtado
Nascimento 27 de março de 1984 (36 anos)
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
 Brasil
Ocupação Roteirista, ator e diretor
Atividade 2001–presente
Progenitores Pai: Jorge Furtado
IMDb: (inglês)

Pedro Anjos Furtado (Porto Alegre, 27 de março de 1984) é um roteirista, ator e diretor brasileiro.[1] É mais famoso por interpretar o personagem Fred de Mulheres Apaixonadas em 2003.[2][3] É filho do diretor, produtor e roteirista Jorge Furtado.

CarreiraEditar

Iniciou sua carreira aos 17 anos como ator, no filme Houve uma Vez Dois Verões, lançado em 2002. Este trabalho lhe rendeu, no ano seguinte (2003), um convite para atuar na novela Mulheres Apaixonadas.[4][5] No mesmo ano, foi indicado ao Prêmio Arte Qualidade Brasil como Melhor Ator Revelação, por seu desempenho na novela.

Em seguida, aos 19 anos, começou o curso de Filosofia na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), concluído em 2008. Durante a faculdade, iniciou a carreira de roteirista. Escreveu para as séries de televisão Antônia, uma parceria da O2 Filmes com a Rede Globo (na qual também atuou) e Um Pé de Quê?, do Canal Futura.

Em 2007, foi convidado para participar da minissérie Amazônia, de Galvez a Chico Mendes, na Rede Globo.

Assinou, em 2010, os roteiros da primeira série de comédia da HBO Brasil, Mulher de Fases, indicada ao prêmio de melhor série de comédia no Festival de Televisão de Monte Carlo, em Mônaco.

De volta ao Rio de Janeiro, em 2011, estreou a peça de teatro "Turbilhão", de Domingos de Oliveira. Em 2012, a peça rendeu uma adaptação para a televisão, Jogos da Paixão, minissérie exibida no Canal Brasil, e uma adaptação para o cinema, Paixão e Acaso, longa-metragem exibido na Mostra Internacional de Cinema de São Paulo.[6]

Em São Paulo, desde 2012, a convite de Fernando Meirelles, iniciou na O2 Filmes o desenvolvimento de projetos para TV e cinema. Em 2013, finalizou o roteiro do longa-metragem Boa Sorte, dirigido por Carolina Jabor, para a Conspiração Filmes, vencedor do prêmio de melhor roteiro do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro.[7][8]

RoteiristaEditar

Ano
Título
Produtora
2013 Boa Sorte Conspiração Filmes Cinema
2013 Trabalho Duro O2 Filmes / Discovery Channel TV
2011 Um Pé de Quê? Pindorama Filmes / Canal Futura TV
2010 Mulher de Fases HBO TV
2010 Um Pé de Quê? Pindorama Filmes / Canal Futura TV
2009 Um Pé de Quê? Pindorama Filmes / Canal Futura TV
2009 Fantasias de Uma Dona de Casa Casa de Cinema de Porto Alegre / RBS TV TV
2008 Um Pé de Quê? Pindorama Filmes / Canal Futura TV
2007 Antônia O2 Filmes / Rede Globo TV
2007 Coisas Para Saber O2 Filmes / TV IG TV

AtorEditar

Ano
Título
Personagem
Produtora
2012 Jogos da Paixão Fábio Teatro Ilustre / Canal Brasil TV
2011 Turbilhão Fábio Teatro Ilustre Teatro
2010 Mulher de Fases Wander Casa de Cinema de Porto Alegre / HBO Brasil TV
2007 Amazônia, de Galvez a Chico Mendes Carlinhos Rede Globo TV
2007 Antônia (série) Namorado O2 Filmes / Rede Globo TV
2007 Rummikub Filho gaúcho Casa de Cinema de Porto Alegre Cinema
2003 Mulheres Apaixonadas Fred Rede Globo TV
2001 Houve uma Vez Dois Verões Juca Casa de Cinema de Porto Alegre Cinema

Referências

  1. AdoroCinema. «Pedro Furtado». AdoroCinema. Consultado em 30 de outubro de 2019 
  2. «"Não sou corajoso como o Fred", diz Pedro Furtado». Terra. Consultado em 30 de outubro de 2019 
  3. «Fred se despede hoje de "Mulheres Apaixonadas" - Cultura». Estadão. Consultado em 30 de outubro de 2019 
  4. «Relembre casais da ficção em que mulheres eram mais velhas que os homens». UOL TV e Famosos. Consultado em 30 de outubro de 2019 
  5. «Babado - Famosos e celebridades pertinho de você - Mulheres Apaixonadas: Pedro Furtado ouve conselhos por Fred nas ruas». babado.ig.com.br. Consultado em 30 de outubro de 2019 
  6. «FILME DE DOMINGOS OLIVEIRA COM PEDRO FURTADO». O2 Filmes. Consultado em 30 de outubro de 2019 
  7. «Cultura Brasil - Galeria - Filme de Carolina Jabor trata da impossibilidade de amar». cmais+. Consultado em 30 de outubro de 2019 
  8. «Coletiva - "Boa Sorte"». Almanaque Virtual. 28 de novembro de 2014. Consultado em 30 de outubro de 2019