Abrir menu principal

Wikipédia β

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja People (desambiguação).

People é uma revista semanal estadunidense de celebridades e de histórias de interesse humano histórias, publicada pela Time Inc.. Com um público de 46,6 milhões de adultos, a revista tem a maior audiência do que qualquer outra revista do país.[3]

People Magazine logo.svg
Capa da edição de 1 de de dezembro de 2014
Editor Jess Cagle[1]
Frequência Semanal
Editora Time Inc.
Circulação Total: 3.527.541[2]
Categoria Celebridades, histórias de interesse humano, notícias
País  Estados Unidos
Idioma Inglês
Fundação 4 de março de 1974 (43 anos)
Orientação política 0093-7673
www.people.com

A People tinha 997 milhões de dólares em receitas de publicidade em 2011, a maior receita de publicidade de qualquer revista estadunidense.[4] Em 2006, ela tinha uma circulação de 3,75 milhões e receita esperada para chegar a 1,5 bilhão de dólares.[5]

Ela foi classificada como a "Revista do Ano" pela revista Advertising Age em outubro de 2005, por sua excelência em editorial, circulação e publicidade.[6] O website da revista, o People.com, concentra-se em notícias de celebridades e histórias de interesse humano.[6] Em fevereiro de 2015, o site quebrou um novo recorde: 72 milhões de visitantes únicos.[7]

A People é talvez melhor conhecida por suas questões anual especiais nomeando do tipo "o mais bonito do mundo". A sede da revista está em Nova York e mantém escritórios editoriais em Los Angeles e em Londres. Por razões econômicas fechou seus escritórios em Austin, Miami e Chicago em 2006.[5][6]

Índice

HistóriaEditar

A revista People foi co-fundada por Dick Durrell como uma coluna da revista Time. Seu primeiro editor-chefe, Richard Stolley, separou sua coluna da revista Time para focar-se mais em pessoas e não em eventos e notícias. Assim, em 4 de março de 1974 a revista estreia com a atriz Mia Farrow na capa e uma entrevista com a mesma. Em 1996, a Time Inc. lançou a People en Español, uma edição "latina" da revista para um grupo de leitores cada vez maior neste idioma.

Teen PeopleEditar

Em 1998, a revista introduziu uma versão destinada à adolescentes, chamada Teen People.[8] No entanto, em 27 de Julho de 2006, a empresa anunciou que iria encerrar publicação da Teen People imediatamente.[9] Havia inúmeras razões citadas para o encerramento das publicações, incluindo uma queda nas páginas de anúncios, a concorrência de ambas as outras revistas teen-oriented e na internet, juntamente com uma diminuição em números de circulação.[10] Teenpeople.com foi incorporada pela People.com na abril de 2007. "People.com vai levar histórias focada à adolescentes que está agora como TeenPeople.com", Mark Golin, editor da People.com explicou."[11]

Ver tambémEditar

Referências

  1. Pompeo, Joe (10 de janeiro de 2014). «Time Inc. shake-up». Capital New York. Consultado em 16 de março de 2014 
  2. «Consumer Magazines». Alliance for Audited Media. Consultado em 10 de fevereiro de 2014 
  3. Johnston-Greene, Chandra (18 de maio de 2009). «AARP Shows Largest Growth in Readership». Folio Magazine. Consultado em 9 de setembro de 2012 
  4. Flamm, Matthew (10 de janeiro de 2012). «Magazines eke out gains in 2011». Crain's New York Business. Consultado em 9 de setembro de 2012 
  5. a b People who need people, a July 2006 article from Variety magazine.
  6. a b c Martha Nelson Named Editor, The People Group, a January 2006 Time Warner press release.
  7. Seelye, Katharine Q. (19 de fevereiro de 2007). «Old Media Partying With Oscar Online». The New York Times. Consultado em 3 de julho de 2011 
  8. "Tweens, Teens, and Magazines"
  9. "Teen People magazine closes, but website will still continue."
  10. "''Medialifemagazine.com''."
  11. "TeenPeople.com to Merge Into People.com"

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma revista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.