Abrir menu principal
Ambox important.svg
Foram assinalados vários aspectos a serem melhorados nesta página ou se(c)ção:
Disambig grey.svg Nota: Se procura o espetáculo de variedades, veja Revista (teatro).
Disambig grey.svg Nota: Se procura revistas em quadrinhos (ou "gibis", de banda desenhada), veja Banda Desenhada.

Uma revista é uma publicação periódica de cunho informativo, jornalístico ou de entretenimento, geralmente voltada para o público em geral.

Por definição, uma revista pagina com cada questão a partir da página três, com o tamanho padrão de 8 3/8 × 10 7/8 polegadas. No entanto, no sentido técnico, um diário tem paginação contínua ao longo de um volume. Assim, Business Week, que inicia cada questão novamente com a primeira página, é uma revista, mas o Journal of Business Communication, que inicia cada volume com a questão do inverno e continua a mesma seqüência de paginação durante todo o ano, é um jornal. Algumas publicações profissionais ou comerciais também são revisadas por pares, sendo um exemplo o Journal of Accountancy. As publicações académicas ou profissionais que não são revisadas por pares geralmente são revistas profissionais. Que uma publicação se chama um diário não faz um jornal no sentido técnico; O Wall Street Journal é realmente um jornal.

No Brasil, as principais editoras de revistas são a Editora Abril, a Editora Globo, a Editora Símbolo, a Editora Três, todas sediadas em São Paulo. O grupo editorial Bloch, do Rio de Janeiro, foi uma grande editora de revistas que deixaram de existir, como a revista Manchete.

Índice

FormatosEditar

  • Formato magazine 20 x 26,5 cm
  • Formato americano 17 x26 cm
  • Formato 31,5 x22,5 cm
  • Formato francês 12 x19 cm
  • Formato italiano, 16,5 x 12 cm

No BrasilEditar

No Brasil, as revistas ganharam vida a partir do século XIX. Com a implantação do telégrafo, telefone, fotografia e da prensa a vapor ficou mais fácil delimitar os diversos tipos de impressos que circulavam na Corte Imperial, no Rio de Janeiro. A confusão, que era maior entre jornal e revista, diminuiu com a utilização dessas novas tecnologias. Para o jornal coube dedicar-se ao hard news: fatos ocorridos na véspera da impressão. Para as revistas foram reservadas as análises, as críticas, as informações em profundidade e o entretenimento.[1]

Atualmente possuem um importante papel para a imprensa brasileira, ao lado dos jornais. Destacam-se Veja, Época, Isto É , CartaCapital, Caros Amigos e Piauí.

Em PortugalEditar

Destacam-se revistas como Visão e Sábado em termos informativos. Em termos de fofoquices, temos a Lux, Caras, Ana, Maria para celebridades nacionais. Em questões de moda, destaca-se A Vogue Portugal, a Máxima, a Activa, a ELLE, e a Cosmopolitan Portuguesa. Em moda nupcial, destaca-se a Noivas de Portugal

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar