Abrir menu principal

BiografiaEditar

Músico multi-instrumentista, ficou conhecido como membro da banda The Monkees, pela qual gravou discos e atuava em uma série de TV protagonizada pela própria banda. Após a separação dos Monkees, montou as bandas The Peter Tork Project[1] Peter Tork & The New Monkees[2] e Shoe Suede Blues. Em 2009, após um exame médico, foi diagnosticado com Adenoid Cystic Carcinoma, um tipo raro de câncer.[3] Porém, em 2011, afirmou ter sobrevivido à doença.[4]

Tork faleceu aos 77 anos, em 21 de fevereiro de 2019.[5]

DiscografiaEditar

FilmografiaEditar

NotasEditar

 
Peter Tork com seu companheiro de banda David Jones (à esquerda), em 1966

Peter Tork no BrasilEditar

Em fevereiro de 2003, Peter Tork fez uma visita inesperada ao Brasil. Após uma entrevista à rádio Kiss FM, realizou dois shows em São Paulo: um no bar Bourbon Street, no dia 11 de fevereiro e outro no Venâncio's Bar[6] no dia 15 de fevereiro. Tork mostrou-se bastante satisfeito com as apresentações e disse que retornaria ao país, o que não aconteceu.

Peter Tork & George HarrisonEditar

Em 1968, Peter Tork aceitou o convite do guitarrista dos Beatles, George Harrison, para participar das gravações de Wonderwall Music, o primeiro álbum solo de Harrison.[7]

Reação à morte de David JonesEditar

Ao saber da morte de seu antigo companheiro em The Monkees, David Jones, ocorrida em 2012, Peter Tork disse: "É com grande tristeza que reflito sobre a súbita partida de meu amigo de longa data e companheiro de aventuras, David Jones. Sentiremos falta de seu talento e seus dons estarão sempre conosco. Adios ao cowboy de Manchester".[8]

Referências

Ligações externasEditar