Phalcoboenus australis

Como ler uma infocaixa de taxonomiaPhalcoboenus australis
Striated Caracara on Saunders Island (5551648335).jpg
Estado de conservação
Quase ameaçada
Quase ameaçada
Classificação científica
Domínio: Eukaryota
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Subfilo: Vertebrata
Classe: Aves
Ordem: Falconiformes
Família: Falconidae
Género: Phalcoboenus
Espécie: P. australis
Nome binomial
Phalcoboenus australis
(Gmelin, 1788)

Carcará-austral (Phalcoboenus australis) é uma ave de rapina da família Falconidae. Nas Ilhas Malvinas (Falkland), é conhecido como a Johnny rook.

DescriçãoEditar

A plumagem dos adultos é quase de cor preta, enquanto as pernas são de cor laranja e o pescoço é salpicado de tons cinzas. Os mais jovens têm uma cor alaranjada ou avermelhada, característica que eles perdem após a primeira troca de penas. A plumagem adulta completa é adquirida apenas com 5 anos de idade.

Distribuição e habitatEditar

Habita várias ilhas da Terra do Fogo, mas é mais abundante nas Ilhas Malvinas (Falklands). Embora ele já tenha sido considerado comum no arquipélago das Malvinas, agora há ninhos apenas nas ilhas periféricas onde a ave se reproduz no entorno de colônias de pinguins e albatrozes.[1]

ComportamentoEditar

AlimentaçãoEditar

O carcará-austral é primeiramente um detritívoro, alimentando-se de carniça, principalmente de aves marinhas e ovelhas mortas, de vísceras e de restos de comida. Ele ocasionalmente come também insetos e minhocas que escava com suas garras. No entanto, a ave também caça presas fracas ou feridas, como filhotes de aves marinhas. Seu hábito de atacar cordeiros recém-nascidas e ovelhas fracas o levou a ser impiedosamente perseguidos pelos criadores de ovinos.

Muitas vezes, é conhecido a roubar objetos vermelhos, tais como roupas ou lenços, possivelmente porque o vermelho é a cor da carne. Como todos os falconiformes, tem uma excelente visão de cores, que facilmente supera a de qualquer mamífero conhecido. Muitas vezes, ele também vasculha lixo e move rochas para obter comida, provando, assim, ser uma das aves de rapina mais inteligentes.

ReproduçãoEditar

O ninho é construído no chão ou em uma borda de um penhasco, onde a fêmea deposita até 4 ovos. Sua eclosão está programada para coincidir com a época de nidificação de aves marinhas, proporcionando uma alimentação constante para os filhotes. Uma vez que estes têm desenvolvido, eles se reúnem em bandos e vagam pelas ilhas, muitas vezes perto de assentamentos humanos.

ConservaçãoEditar

A população nas Malvinas é estimada em 500 casais reprodutores. Os jovens e adultos praticamente não têm medo de humanos e tratam a sua abordagem com indiferença. Ao longo do tempo, o conflito com os criadores de ovinos tem levado a uma grande redução na população da ave. Isso agora está sendo corrigido pelos habitantes das ilhas.[2]

Ver tambémEditar

Referências

  1. Wildscreen Archive (ed.). «Striated caracara (Phalcoboenus australis. Consultado em 17 de fevereiro de 2015. Arquivado do original em 17 de fevereiro de 2015 
  2. BirdLife International (2012). «'Phalcoboenus australis'». Lista Vermelha da IUCN de espécies ameaçadas da UICN 2013.2 (em inglês). ISSN 2307-8235. Consultado em 26 de novembro de 2013 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre Aves, integrado no Projeto Aves é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.