Abrir menu principal

Philipp Lenard

professor académico alemão
(Redirecionado de Philipp Eduard Anton von Lenard)
Philipp Lenard Medalha Nobel
Nascimento 7 de junho de 1862
Bratislava
Morte 20 de maio de 1947 (84 anos)
Lauda-Königshofen
Sepultamento Stuttgart
Nacionalidade Húngaro (1862-1907),
Alemão (1907-1947)
Cidadania Alemanha, Reino da Hungria
Alma mater Universidade de Heidelberg
Ocupação físico, político, inventor, professor universitário
Prêmios Medalha Matteucci (1896), Medalha Rumford (1896), Nobel prize medal.svg Nobel de Física (1905), Medalha Franklin (1932)
Empregador Universidade de Kiel, Universidade de Heidelberg, Universidade de Tecnologia e Economia de Budapeste, Universidade de Breslávia, Universidade Técnica de Aachen
Orientador(es) Robert Bunsen
Instituições Universidade Eötvös Loránd, Universidade de Wrocław, Universidade Técnica de Aachen, Universidade de Heidelberg, Universidade de Kiel
Campo(s) Física

Philipp Eduard Anton von Lenard (Bratislava, naquela altura parte da Hungria, 7 de junho de 1862Lauda-Königshofen, 20 de maio de 1947) foi um físico alemão nascido na Hungria. Galardoado com o Nobel de Física de 1905 por suas pesquisas sobre os raios catódicos e a descoberta de muitas de suas propriedades. Ele foi um defensor ativo da ideologia nazista.

Índice

Vida e obraEditar

 
Philipp Eduard Anton von Lenard em 1900

Philipp Lenard nasceu em Pressburg, no antigo Reino da Hungria, Império Austro-Húngaro (desde 1993 na Eslováquia) em 7 de julho de 1862, como o filho de um comerciante de vinhos. Os pais de Lenard falavam alemão, e a família Lenard tinha vindo originalmente de Tirol, no século XVII. Seu pai Philipp von Lenardis (1812-1896) foi um comerciante de vinhos em Pressburg. Sua mãe era Antoine Baumann (1831-1865).[1]

Recebeu o Nobel de Física de 1905, pelas suas investigações sobre os raios catódicos e o descobrimento de muitas das suas propriedades.

Em 1905, Philip Lenard tornou-se membro da Real Academia Sueca de Ciências e em 1907 da Academia Húngara de Ciências. Foi senador da Sociedade Kaiser Wilhelm, de 1933 a 1946.

Lenard se aposentou da Universidade de Heidelberg como professor de física teórica em 1931. Ele alcançou emérito estado lá, mas ele foi expulso de seu cargo por forças aliadas da ocupação em 1945, quando ele tinha 83 anos. Ele morreu em 1947 em Messelhausen.

Notas

  1. Gabriel Palló (1997). «Fizikai Szemle; ELEKTRON ÉS ÉTERFIZIKA: LÉNÁRD FÜLÖP (1862-1947)». Academia Húngara de Ciências, seção de Ciências. Consultado em 12 de agosto de 2012. Written in Hungarian by the autobiography of the famous physicist: Philipp Lenard, Erinnerungen eines Naturwissenschaftlers, der Kaiserreich, Judenschaft und Hitler erleht hat. Geschrieben September 1930 bis Mrz 1931 

ReferênciasEditar

  • Beyerchen, Alan, Scientists under Hitler: Politics and the physics community in the Third Reich (New Haven, CT: Yale University Press, 1977).
  • Cornwell, John, Hitler's Scientist: Science, War and the Devil's Pact (Penguin Books, 2003), ISBN 0-14-200480-4.
  • Hentschel, Klaus, ed. Physics and National Socialism: An anthology of primary sources (Basel: Birkhaeuser, 1996).
  • Walker, Mark, Nazi science: Myth, truth, and the German atomic bomb (New York: Harper Collins, 1995).
  • Wolff, Stephan L., "Physicists in the 'Krieg der Geister': Wilhelm Wien's 'Proclamation'", Historical Studies in the Physical and Biological Sciences Vol. 33, No. 2 (2003): 337-368.
  • Lenard, Philipp (1931) (in German). Erinnerungen eines Naturforschers. New edition: Erinnerungen eines Naturforschers - Kritische annotierte Ausgabe des Originaltyposkriptes von 1931/1843 (Arne Schirrmacher, ed.). Spinger Verlag, Heidelberg 2010, 344 pages, ISBN 978-3-540-89047-8, e-ISBN 978-3-540-89048-5.

Ligações externasEditar