Abrir menu principal
Pirâmide Negra
As ruínas da Pirâmide Negra
Amenemés III
Localização Dachur, Egito
Nome antigo "Amenemés é Poderoso e Perfeito"
Construção c. 1860–1814 a.C. (12ª Dinastia)
Tipo Pirâmide verdadeira[nota 1]
Material
Altura c. 75 m
Base 105 m
Inclinação 57°
Coordenadas 29° 47' 40" N 31° 13' 25" E
Pirâmide Negra está localizado em: Egito
Pirâmide Negra

Pirâmide Negra foi construída pelo rei Amenemés III durante o Império Médio (2055–1650 a.C.). É uma das cinco pirâmides restantes dos originais onze pirâmides de Dachur no Egito. Originalmente chamada de "Amenemés é Poderoso e Perfeito", a pirâmide ganhou o nome de Pirâmide Negra por sua aparência escura, como um monte entulho em decomposição. A pirâmide foi a primeira a abrigar tanto o faraó falecido quanto suas rainhas. Jacques de Morgan, em uma missão francesa, começou a escavação nas pirâmides de Dachur em 1892. O Instituto Arqueológico Alemão do Cairo completou a escavação em 1983.[carece de fontes?]

Por volta da 13ª dinastia, a significativa falta de segurança propiciou que os moradores usurpassem o templo do vale para ser usado como um celeiro, sendo que a primeira violação da pirâmide também aconteceu por volta dessa época. Há evidências de trabalhos de restauração talvez 100 anos mais tarde, quando o rei Hor I e sua princesa Nubetepetiquerede foram enterrados em dois dos dez túmulos do eixo norte do invólucro externo.[2]

Notas

  1. O termo "pirâmide verdadeira" se refere a pirâmides com a forma geométrica de uma pirâmide. Ou seja, elas possuem uma base quadrada com quatro faces triangulares convergindo em um único ponto no ápice.[1]

Referências

  1. Verner, Miroslav (2001). «Pyramid». In: Redford, Donald B. The Oxford Encyclopedia of Ancient Egypt. 3. Oxford: Oxford University Press. pp. 87, 89. ISBN 978-0-19-510234-5 
  2. Mark Lehner, The Complete Pyramids p. 181. Thames and Hudson, London 1997: ISBN 978-0-500-28547-3

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre o Egito é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.