Abrir menu principal

Wikipédia β

Pirataria nas Caraíbas

América Central e as Caraíbas (mapa detalhado em PDF)
Bandeira pirata do séc. XVIII atribuída a "Calico Jack" Rackham.

A era da pirataria nas Caraíbas começou no séc. XVI e acabou em cerca de 1830 depois das marinhas das nações do Oeste Europeu e da América do Norte começaram a combater os piratas. O período em que os piratas foram mais bem sucedidos foi de 1660 a 1730. A pirataria floresceu nas Caraíbas devido à existência de portos piratas como Port Royal na Jamaica,[1] Tortuga no Haiti, e Nassau nas Bahamas.[2]

CausasEditar

Os piratas eram geralmente marinheiros com experiência em guerra naval. Eles eram chamados bucaneiros, do francês "boucanier" (fumador de boucan)[3]

  Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências

  1. Campo-Flores/ Arian, “Yar, Mate! Swashbuckler Tours!,” Newsweek 180, no. 6 (2002): 58.
  2. Smith, Simon. "Piracy in early British America." History Today 46, no. 5 (May 1996): 29.
  3. [http://www.piratesinfo.com/cpi_A_Buccaneer_919.asp Bucaneiros(ingles)