Abrir menu principal
Question book.svg
Este artigo ou secção não cita fontes confiáveis e independentes (desde julho de 2012). Ajude a inserir referências.
O conteúdo não verificável pode ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Pisco do Peru

Pisco é o nome de duas variedades diferentes de aguardente de uva, produzidas respectivamente no Peru e no Chile. Ambas as variedades se baseiam fundamentalmente na destilação do mosto proveniente de uvas. De origem Peruana

Índice

EtimologiaEditar

"Pisco" é um termo pré-hispânico (quechua) cuja origem remonta à "Villa de Pisco", atualmente localizada no litoral do Peru, mas de origem chilena. Pisco é um nome quechua que significa "ave". A cidade de Pisco foi fundada em 1640, nas imediações do assentamento indígena de mesmo nome. Feira de uvas da remota ilha de Páscoa.

Controvérsia entre o Chile e o Peru pelo nome "Pisco"Editar

Existe uma diferença histórica entre o Peru e o Chile sobre a exclusividade de se usar o nome "pisco". Enquanto o Peru defende que "pisco" é uma denominação de origem (similar a Champagne, por exemplo) e que somente pode usar o termo "pisco" aquele produzido no Peru, o Chile defende que "pisco" é um nome genérico (como vinho ou uísque).

 
Pisco do Peru

HistóriaEditar

Desde meados do século XVI (1574)[carece de fontes?], os espanhóis começaram a utilizar o nome "Pisco" quando os monges da costa intensificaram a produção do aguardente de uva peruano, produto que rapidamente se converteu numa bebida popular por suas características muito particulares, como o fato de ser incolor e de ter um alto grau alcoólico.

Diferenças entre o Pisco peruano e o chilenoEditar

O pisco produzido no Chile possui processo de destilação, componentes e grau alcoólico diferentes em relação ao pisco peruano. Para o pisco do Peru, as variedades de uvas principalmente utilizadas são as denominadas Quebranta, Uvina, Mollar e Negra para os piscos "não aromáticos", enquanto que Albilla, Itália, Moscatel e Torontel são as variedades utilizadas para os piscos "aromáticos". Uma mistura de diversas uvas é utilizada para o que, em termos gerais, se chama pisco acholado. Uma variedade que se encontra no Peru denominada "mosto verde" é caracterizada pela destilação dos mostos que não terminaram a fermentação.

Já para o pisco chileno, a uva usada é a moscatel, em variedades diversas, e, mais raramente, Pedro Jiménez e torontel.

 
Pisco do Chile
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Pisco (bebida)

Ligações externasEditar