Abrir menu principal
Question book-4.svg
Esta página cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Outubro de 2008). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Plataforma de Esquerda foi um grupo político português.

Foi formado em 1992 por dissidentes do PCP como José Barros Moura[1], Miguel Portas, José Jorge Letria, Daniel Oliveira, Joaquim Pina Moura, José Luís Judas, Raimundo Narcisso, Mário Lino, e José Magalhães, entre outros. Extinguiu-se dois anos mais tarde quando a maioria dos seus elementos aderiu ao PS.

Mais adiante nasceu Política XXI, um movimento que agrupou activistas da Plataforma de Esquerda, do antigo movimento de resistência antifascista MDP, e activistas estudantis independentes que se revelaram nas lutas pelo acesso democratizado à Universidade e pela sua gratuidade. A Política XXI será uma das três formações que está, em 1999, na origem do Bloco de Esquerda.

Referências