Abrir menu principal

Wikipédia β

Ponte de Silves

A Ponte de Silves é uma ponte sobre o rio Arade localizada na cidade de Silves, na região do Algarve, em Portugal. Apesar de que sua origem é controversa, a ponte como existe atualmente foi construída no século XV.[2]

Ponte de Silves
Vista da Ponte em Silves.
Arquitetura e construção
Material grés de Silves, alvenaria
Estilo arquitetônico ponte medieval
Início da construção século XV
Término da construção reformada em 1716
Comprimento total 76 m[1]
Altura máxima 7,46 m[1]
Geografia
Cruza Rio Arade
Localização Silves,  Portugal

HistóriaEditar

É possível que Silves tivesse um ponte na época romana, dado o facto de que o povoado se encontrava no cruzamento de vias romanas e também pela descoberta de opus signinum próximo à actual ponte.[2] Nos séculos posteriores a história é mais obscura. Como Silves (chamada então Xelb) foi capital de um reino islâmico nos séculos XI-XII, alguns historiadores cogitaram que uma ponte poderia ter sido construída na cidade muçulmana. Porém, descrições medievais de Silves realizadas por árabes e cristãos nunca mencionam uma ponte no local, o que torna improvável a existência de tal estrutura à época.[1] Por exemplo, o cruzado que relata a conquista da cidade por D. Sancho I, em 1189, não menciona nenhuma ponte.[2]

A ponte atual foi levantada no século XV. A primeira referência documental se encontra nas Cortes de Lisboa de 1439, em que os enviados de Silves se referem aos trabalhos de reconstrução de uma ponte.[1] Outros documentos indicam que a ponte estava ainda em construção em 1459 mas que em 1473 já estava terminada.[1]

No início do século XVII a ponte perdeu dois arcos e teve de ser restaurada. Em 1716 foi novamente restaurada pelo pedreiro Inácio Mendes, mas reaproveitando as estruturas anteriores.[1] A estrutura estilística da ponte, porém, não foi alterada nessas reformas.[2]

No século XX um arco da ponte, localizado na margem direita, foi eliminado para a construção da avenida marginal. Em 1950 foi levantada uma ponte de betão nas proximidades, e a velha ponte passou a ser pedonal.[2][1]

CaracterísticasEditar

A ponte tem o tabuleiro suportado por cinco arcos redondos, cujos pilares estão protegidos por quatro talhamares.[1] O talhe dos blocos e silhares da ponte é tipicamente medieval, facto comprovado pela presença de várias siglas de canteiro e restos de cerâmica do século XV. Pelas siglas e padrão de desgaste, o quatro e quinto arco da margem esquerda poderiam datar da primeira fase de construção da ponte. O terceiro arco da margem esquerda apresenta siglas de canteiro semelhantes às das janelas da Sé de Silves e deve datar do terceiro quartel do século XV.[1]

Referências

  1. a b c d e f g h i Ponte de Silves na base de dados do IHRU
  2. a b c d e Ponte de Silves no sítio do IGESPAR