Porca Véia

Porca Véia
Porca Véia no CTG Galpão Campeiro, Erechim, em 18 de agosto de 2012
Nome completo Élio da Rosa Xavier
Nascimento 2 de março de 1952
Lagoa Vermelha, RS
Morte 12 de junho de 2020 (68 anos)
Novo Hamburgo, RS
Nacionalidade brasileiro
Ocupação cantor, compositor, acordeonista e gaiteiro
Página oficial
http://www.porcaveia.com.br

Porca Véia, nome artístico de Élio da Rosa Xavier (Lagoa Vermelha, 2 de março de 1952Novo Hamburgo, 12 de junho de 2020), foi um cantor, compositor, acordeonista e gaiteiro brasileiro.[1]

BiografiaEditar

Filho de Julieta da Rosa Xavier e Lauro Nunes Xavier. Produtor rural até aos 16 anos de idade, começou sua carreira artística com seis anos de idade por influência da família, onde havia muitos músicos amadores. Fez curso técnico agrícola, quando ganhou o apelido que foi seu nome artístico.[2] Venceu vários festivais como instrumentista e apresentou-se com Kleiton e Kledir nas melhores casas de espetáculo do Brasil, como o Canecão do Rio de Janeiro e no Palace em São Paulo. Venceu dezenove de vinte concursos de gaiteiros de que participou e ganhou duas vezes o Disco de Ouro,

Criou e dirigiu o Grupo Musical Cordiona, um grupo de baile fandangueiro. Recebeu vários títulos, como cidadão Honorário, comendador da Brigada Militar, Amigo da Brigada e Destaque Musical. Durante sua trajetória, Porca Véia gravou 21 CD´s e três DVD´s.

Casou-se no dia 28 de agosto de 2009, em Curitibanos, com a catarinense Claudinéia Aparecida Bossardi. De outros relacionamentos possui quatro filhos: Alliny Ferreira Xavier, Diego Eberhardt Xavier, Juliana de Araujo Xavier Pinto e Maria Gabriela. Depois de 33 anos nos palcos, Porca Véia anunciara que sua carreira artística terminaria no fim de 2013 e o fez em 28 de dezembro de 2013, no pavilhão da Festa da Uva, em um grande show com a presença de quase 5 mil pessoas. Contou também com convidados como Renato Borghetti, Yamandu Costa, Daltro Bertussi e Luiz Carlos Borges.[3]

Morreu em 12 de junho de 2020, aos 68 anos de idade, no Hospital Regina em Novo Hamburgo, após sofrer uma parada cardíaca.[4]

Prêmios e indicaçõesEditar

Prêmio AçorianosEditar

Ano Categoria Indicação Resultado
2009[5] Instrumentista de Música Regional Porca Véia Indicado
2011[6] Intérprete de Música Regional Porca Véia Indicado

Referências

  1. Giovani Grizotti (16 de abril de 2013). «Porca Véia anuncia fim da carreira». Portal G1. Consultado em 22 de abril de 2013 
  2. «Porca Véia morre em decorrência de um infarto». Correio do Povo. 12 de junho de 2020. Consultado em 12 de junho de 2020 
  3. Porca Véia despede-se dos palcos com show animado nos Pavilhões, em Caxias
  4. Porca Véia morre aos 68 anos em Novo Hamburgo
  5. Prefeitura Municipal de Porto Alegre. «Indicados ao Prêmio Açorianos de Música - 2009». Consultado em 3 de maio de 2018 
  6. Prefeitura Municipal de Porto Alegre. «Indicados ao Prêmio Açorianos de Música - 2011». Consultado em 7 de maio de 2018 
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.