Abrir menu principal

São Conrado (bairro do Rio de Janeiro)

bairro do Rio de Janeiro
(Redirecionado de Praia de São Conrado)
São Conrado
  Bairro do Brasil  
Vista aérea a partir do morro da Pedra Bonita.
Vista aérea a partir do morro da Pedra Bonita.
São Conrado.svg
Distrito Zona Sul
Criado em 13 de junho de 1993 Lei 1 995[1]
Área
- Total 648,86 ha (em 2003)[2]
População
 - Total 10,980 (em 2 010)[3]
- IDH 0,873 [4](em 2000)
Domicílios 4.349 (em 2010)
Limites Alto da Boa Vista, Barra da Tijuca, Gávea, Itanhangá, Joá, Rocinha e Vidigal.[2]
Subprefeitura Zona Sul
Fonte: Não disponível

São Conrado é um bairro da Zona Sul do município do Rio de Janeiro, no Brasil. Seu índice de desenvolvimento humano, no ano 2000, era de 0,873, o 38º melhor do município do Rio de Janeiro (resultado obtido devido ao fato de que o cálculo de seu índice foi feito junto com a comunidade do Vidigal).[5] Apresenta grande desigualdade social, de um lado estão os condomínios de luxo e de outro está a comunidade da Rocinha.

HistóriaEditar

Ao final do século XIX, quando nasciam os bairros tradicionais de Catete e Botafogo, a região do bairro era uma planície selvagem de plantas rasteiras em meio a areia, tal qual é, ainda hoje, o bairro de Grumari. A localidade recebeu o nome de São Conrado devido à igreja homônima, construída em 1903 por Conrado Jacob Niemeyer[6] para ser frequentada pelas famílias abastadas que haviam começado a residir em chácaras da região.

São Conrado foi o resultado da criação de uma estrada pelo professor Charles Armstrong em 1912. O mestre objetivava facilitar o acesso à escola em que lecionava, situada na Chácara do Vidigal.[7] A partir de então, todo o Jardim da Gávea começou a sediar circuitos de rua de duas extintas corridas anuais de cavalos e de carros até o fim dos anos 1920. Em 1919, a via foi alargada, prolongada e nomeada Avenida Niemeyer devido ao comendador Conrado Jacob Niemeyer, dono das terras que formariam o futuro bairro.[7]

Através do loteamento das propriedades de Conrado Jacob Niemeyer, ao longo dos anos 1920 e 1930, o novo bairro de chalés e palacetes emancipou-se da Gávea.[6] Entretanto, assim como este, São Conrado sofreu uma verticalização nos anos 1960 devido à construção da autoestrada Lagoa-Barra e ao alargamento de suas principais vias, ganhando, então, seu atual aspecto urbanístico.

AtualidadeEditar

 
Pedra da Gávea e Pedra Bonita vistas da estrada da Pedra Bonita.

É um dos bairros mais luxuosos da cidade, dominado por edifícios residenciais de classe alta, como o Condomínio Edifício Praia Guinle e condomínios de mansões em meio às montanhas vizinhas. Conta com estabelecimentos voltados à classe alta, como o shopping São Conrado Fashion Mall[8] e o Gavea Golf & Country Club.[8] Ao mesmo tempo, apresenta extrema desigualdade social, pois limita-se com a Rocinha e Vila Canoas.[8] A Sociedade Civil é representada pela AMASCO (Associação dos Moradores e Amigos de São Conrado), que faz um importante trabalho de mobilização dos moradores frente aos órgãos públicos.

O cartão-postal do bairro é a Pedra da Gávea, o maior bloco de pedra à beira-mar do planeta. Da rampa junto à Pedra Bonita, os praticantes de voo livre saltam de asa-delta e de parapente e pousam no trecho final da orla do bairro, conhecido como Praia do Pepino. No bairro, está sediada a escola de samba Acadêmicos da Rocinha. São Conrado é cortado pela Autoestrada Lagoa-Barra, principal eixo de ligação entre a Zona Sul e a Barra da Tijuca. Outras antigas vias passam pelo bairro, como a Avenida Niemeyer, a Estrada do Joá, a Estrada das Canoas, que sobe a serra em direção ao Alto da Boa Vista, e a Avenida Prefeito Mendes de Moraes.[9]

O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre São Conrado (bairro do Rio de Janeiro)

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Cópia arquivada» (PDF). Consultado em 27 de setembro de 2012. Cópia arquivada (PDF) em 27 de setembro de 2012 
  2. a b «Rio Prefeitura - Bairros cariocas - Lagoa». Consultado em 25 de janeiro de 2010. Arquivado do original em 2 de setembro de 2013 
  3. «Dados». Consultado em 15 de dezembro de 2010. Arquivado do original em 2 de setembro de 2013 
  4. Instituto Pereira Passos; IBGE. «Tabela 1172 - Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH), por ordem de IDH, segundo os bairros ou grupo de bairros - 2000» (XLS). Consultado em 23 de julho de 2008 
  5. Tabela 1172 - Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH), por ordem de IDH, segundo os bairros ou grupo de bairros - 2000
  6. a b «São Conrado». Consultado em 15 de dezembro de 2010. Arquivado do original em 22 de agosto de 2010 
  7. a b História do Bairro - São Conrado
  8. a b c Mais que uma travessia[ligação inativa]
  9. O Bairro de São Conrado na visão da AMASCO

Ligações externasEditar