Abrir menu principal
Primeira Batalha de Champagne
Parte da(o) Frente Ocidental da Primeira Guerra Mundial
M 57 5 les abris dans la tranché.jpg
Esperando pelo ataque nas trincheiras
Data 20 de dezembro de 1914 a 17 de março de 1915
Local Champagne-Ardenne, França
Desfecho Inconclusivo
Combatentes
França França Império Alemão Império Alemão
Líderes e comandantes
França Joseph Joffre
França Fernand de Langle de Cary
Império Alemão Erich von Falkenhayn
Forças
França 4º Exército Império Alemão 3º Exército
Vítimas
França 93 432 mortos ou feridos Império Alemão 46 100 mortos ou feridos

A Primeira Batalha de Champagne foi travada durante a Primeira Guerra Mundial na Champagne região da França, entre o Exército Francês e Alemão. Foi efetivamente o primeiro ataque significativo das tropas aliadas contra os alemães desde o início da Guerra de trincheiras que se seguiu a fase que ficou conhecida como Corrida para o mar em 1914.[1]

A batalhaEditar

Após pequenas escaramuças a batalha iniciou em 20 de dezembro de 1914 e continuou por uma faixa significativa da frente, de Nieuport a Verdun, até 17 de março de 1915.

O combate começou no limite sudeste do saliente de Sayon(próximo a Perthes), e se estendeu até Givenchy (Batalha de Givenchy - 18 a 22 dezembro), Perthes (20 de dezembro) e Noyon (22 de dezembro).

A batalha resultou em pequeno ganho territorial, ao custo de cerca de 90 000 baixas francesas e similar número de baixas alemãs.[2]

Esta batalha demonstrou também que a cavalaria (empregada em dezembro de 1914 e fevereiro de 1915 nesta batalha) teria um papel limitado no desenrolar do conflito, relegada a cargas esporádicas.

Referências

  1. Doughty, R. A. (2005). Pyrrhic Victory: French Strategy and Operations in the Great War. Cambridge, MA: Belknap Press. ISBN 0-67401-880-X 
  2. First Battle of Champagne, acessado a 3-9-2009
  A Wikipédia tem o portal:
  Este artigo sobre batalhas (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.