Abrir menu principal

Cádi Ayyad

(Redirecionado de Qadi Iyad)
Cádi Ayyad
Conhecido(a) por ser um dos "Sete Santos de Marraquexe"
Nascimento 1083
Ceuta
Morte 1149 (66 anos)
 Marrocos, Marraquexe
Ocupação cádi
Principais trabalhos Ash-Shifa
Túmulo de Cádi Ayyad em Marraquexe

Cádi Ayyad ou Qadi Ayyad ou Qadi Iyad, de nome completo Al Qâdî 'Iyâd Ibn Mûsâ Al Yahsûbî ou Abu al-Fadl Ayyad ibn Amr ibn Musa ibn Ayyad ibn Muhammad ibn Abdillah ibn Musa ibn Ayyad al-Yahsubi al-Sabti (Ceuta, 1083Marraquexe, 1149) foi um cádi (juiz islâmico) de origem andaluza, filiado na escola jurídica maliquita e à escola teológica Ash'ari. É um dos Sabatu Rijal (Sete Santos de Marraquexe) e o seu mausoléu encontra-se naquela cidade.

Foi o autor das obras Al-Shifa bi-tarif huquq al-Mustafa, sobre as virtudes do Profeta, e Tartib al-mardarik wa-taqrib al-masalik li-marifat alam madhab Malik, uma coleção de biografias de maliquitas famosos, entre os quais Abu Bakr ibn al-Arabi (1076-1148).

Al Qadi pertencia a um clã árabe histórico de origem iemenita cuja origem remonta ao imã Malik ibn Anas e que se fixou em Baza, na Andaluzia. Depois da conquista do Magrebe ocidental pelos Omíadas de Córdova, Ibn Abi 'Amr, ansioso por controlar a rota do ouro, fez instalar numerosos andaluzes no Magrebe. É neste contexto que o pai de Al Qadi Iyad se instala em Ceuta.

Depois de ter estado algum tempo no Al-Andalu, Iyad passou por Fez e por Cairuão, dois importantes centros académicos muçulmanos. Depois de concluir os seus estudos, parte para a Andaluzia para seguir e divulgar os ensinamentos de vários mestres antes de voltar a Ceuta em 1121. Um dos seus alunos foi Averróis. Após ter ocupado vários postos em Granada, torna-se cádi da escola maliquita de Ceuta. Escreveu várias obras sobre o Islão, nomeadamente a Ash-Shifa bi ta'rif huquq al-Mustafa. Teve um papel importante na política, então dominada pelos Almorávidas, tendo liderado o movimento de resistência aos almóadas. Depois da vitória do seu movimento, foi forçado a exilar-se em Marraquexe, onde morreu em 1149.

FontesEditar

  • Sourdel, Janine; Sourdel, Dominique. Dictionnaire historique de l'islam (em francês). [S.l.]: Presses universitaires de France 

Ligações externasEditar

  • «Al-Qâdî `Iyâd». www.islamophile.org (em francês). 8 de outubro de 2007. Consultado em 24 de fevereiro de 2012 
  Este artigo sobre figuras históricas de Marrocos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.