Abrir menu principal

Quintã de Pero Martins

localidade e antiga freguesia de Figueira de Castelo Rodrigo, Portugal
(Redirecionado de Quintã de Pêro Martins)
Portugal Quintã de Pêro Martins 
  Freguesia portuguesa extinta  
Quintã de Pêro Martins está localizado em: Portugal Continental
Quintã de Pêro Martins
Localização de Quintã de Pêro Martins em Portugal Continental
Coordenadas 40° 52' 55" N 7° 04' 59" O
Concelho primitivo Figueira de Castelo Rodrigo
Concelho (s) atual (is) Figueira de Castelo Rodrigo
Freguesia (s) atual (is) Freixeda do Torrão, Quintã de Pêro Martins e Penha de Águia
Extinção 2013
Área
- Total 18,53 km²
População (2011)
 - Total 145
    • Densidade 7,8 hab./km²

Quintã de Pero Martins (pré-AO 1990: Quintã de Pêro Martins)[1] é uma localidade portuguesa do concelho de Figueira de Castelo Rodrigo, com 18,53 km² de área e 145 habitantes (2011). Densidade: 7,8 hab/km².

Foi sede de uma freguesia extinta em 2013, no âmbito de uma reforma administrativa nacional, para, em conjunto com Freixeda do Torrão e Penha de Águia, formar uma nova freguesia denominada União das Freguesias de Freixeda do Torrão, Quintã de Pêro Martins e Penha de Águia com a sede em Freixeda do Torrão.[2]

Situada na extrema ocidental de grande planalto, limitado de uma parte pela Marofa e ao poente pelos rápidos declives do Côa, o território desta povoação foi habitado por povos pré e proto-históricos, de que aparecem vestígios nas muitas cimalhas de elevações e em inúmeros artefatos de pedra polida. No entanto, a forma do seu povoamento, indicada pelo nome, ou seja, pela quinta medieval, indica que esta zona devia ser quase despovoada nessa época. O povoamento, provavelmente, começou a partir da quintã de um Pêro Martins, possivelmente não nobre - quintã vasta, como o permitia a solidão do grande planalto, e que, pelas sucessões ou heranças, iria sendo cada vez mais retalhada e edificada a ponto de resultar em povoação.Esta, à entrada do século XVI, ainda não devia ser de vulto, visto que nem sequer figura como capelania anexa a Penha de Águia; mas veio a tê-lo, resultando a erecção paroquial.

A igreja paroquial tem inscrita, num dos arcos, a data de 1551. Presumivelmente, a quintã de Pêro Martins ascende ao tempo em que o Ribacoa era ainda de Leão. Junto da povoação passava o Caminho de Santiago que do convento de Santa Maria de Aguiar se dirigia para Trancoso e Marialva passando o rio Coa no lugar do Cavaleiro. Para travessia do rio neste local funcionou um barco até meados do século XX. Na década de 50 e 60 desse século ainda era frequente a utilização deste caminho sobretudo por pessoas que, da raia, se dirigiam para a feira de Trancoso. Perto da Quintã existia uma hospedaria que, por essa altura, ainda funciona como taberna. No seu património construído destaca-se a Igreja Matriz, a Capela de São Sebastião, o lagar e as casas de arquitectura tradicional. Perto do Coa encontram-se ruínas de uma capela de S. Paulo e outra de S. Pedro. Há vestígios de minas, provavelmente de ouro, do tempo dos romanos, em Telhões e noutros pontos do povoado. A zona das arribas do Côa é local de interesse paisagístico.

PopulaçãoEditar

População da freguesia de Quintã de Pêro Martins [3]
1864 1878 1890 1900 1911 1920 1930 1940 1950 1960 1970 1981 1991 2001 2011
524 516 554 626 582 548 610 606 604 573 438 396 321 206 145

Referências

  1. Diário da República Eletrónico. «Nova grafia dos topónimos». Imprensa Nacional-Casa da Moeda. Consultado em 26 de fevereiro de 2014 
  2. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Lei n.º 11-A/2013 de 28 de janeiro (Reorganização administrativa do território das freguesias). Acedido a 2 de fevereiro de 2013.
  3. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.