Rádio Eldorado (Rio de Janeiro)

Rádio Eldorado foi uma emissora de rádio brasileira da cidade do Rio de Janeiro. Transmitia a sua programação em 1180 kHz. Era pertencente às Organizações Globo[1].

Rádio Eldorado
País  Brasil
Cidade de concessão Rio de Janeiro
Frequência(s) 1180 kHz
Antigas frequências:
AM 550 kHz (1949 - ????)
AM 1220 kHz (????-1976)
Fundação 1949
Extinção 1 de outubro de 1991
Fundador Anna Khoury
Pertence a Organizações Globo
Idioma (em português brasileiro)
CBN Rio de Janeiro

HistóriaEditar

Foi fundada por Anna Khoury[2], a mesma que, posteriormente, criou a Rádio Imprensa. A Eldorado entrou no ar em 1949[3][2].

A emissora foi repassada em 1958 às Organizações Globo, cujo sistema de rádios se expandiu durante as décadas de 1950 e 1960[4]. Em 1976 houve uma troca de frequências envolvendo a Rádio Globo. Assim, a Eldorado deixou de ocupar os 1220 kHz, indo para os 1180 kHz[4]. Antes, a emissora chegou a ser sintonizada em 550 kHz.[5]

A programação da Eldorado era baseada na execução de músicas. A emissora também transmitia jogos de futebol em parceria com a Rádio Globo[6].

Em 1º de outubro de 1991, a rádio deu lugar à CBN[6]. A frequência 1180 kHz passou a ser ocupada ainda nos anos 1990 pela Rádio Mundial, pois a CBN já havia se transferido para os 860 kHz da emissora-irmã do Sistema Globo de Rádio.

ReferênciasEditar

  1. Brasil, CPDOC-Centro de Pesquisa e Documentação História Contemporânea do. «RADIO GLOBO». CPDOC - Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil. Consultado em 11 de abril de 2021 
  2. a b www.2i9.com.br, 2i9 multiagência-. «O pioneirismo das 'músicas de elevador'». Painel Notícias (em inglês). Consultado em 11 de abril de 2021 
  3. «A História da Rádio Imprensa». www.imprensa.com.br. Consultado em 11 de abril de 2021 
  4. a b «Prestes a completar 74 anos, Rádio Globo AM deixa o ar no Rio de Janeiro». Biquad Broadcast. 5 de setembro de 2018. Consultado em 11 de abril de 2021 
  5. «Sistema Globo de Rádio - Expansão». robertomarinho.globo.com. Consultado em 14 de junho de 2021 
  6. a b Delfino, Marcelo. «A história da AM 1180 até fevereiro de 2005». Tributo ao Rádio do Rio de Janeiro. Consultado em 11 de abril de 2021