Radioactive Man

"Radioactive Man"
"Homem Radioativo" (BR)
130.º episódio da 7.ª temporada de Os Simpsons
Informação geral
Enredo por John Swartzwelder[1]
Produzido por David Mirkin
Transmissão original 24 de setembro de 1995[1]
Convidados
Cronologia
"Quem Matou o Sr. Burns (Parte 2)"
"Lar doce Diccly-lar"

O Homem Radioativo é o 2º episódio da 7ª Temporada de Os Simpsons. Ele narra a fama de jeitos diferentes: A Fama desejada e a Fama indesejada. Originalmente foi ao ar na rede Fox nos Estados Unidos em 24 de setembro de 1995.

O episódio foi escrito por John Swartzwelder e dirigido por Susie Dietter. Convidado Mickey Rooney estrelou como ele mesmo no episódio. "Radioactive Man" foi o primeiro episódio de Os Simpsons a ser colorido digitalmente. O episódio traz referências culturais à série de televisão Batman, ao filme Waterworld de 1995 e à música "Lean on Me", de Bill Withers.

Desde a exibição, o episódio recebeu críticas positivas de fãs e críticos de televisão. Adquiriu uma classificação Nielsen de 9.5, e foi o quarto programa com a melhor classificação na rede Fox naquela semana.

EnredoEditar

Um pessoal de Hollywood está fazendo um seriado chamado "O Homem Radioativo" e eles precisam de um parceiro para o ator do Homem Radioativo, então eles fazem um concurso em Springfield para ver quem poderia atuar melhor como o parceiro. Milhouse consegue o papel, mas não quer atuar, pois não gosta de ser uma celebridade; mas Bart queria o papel. Bart tenta convencer Milhouse das vantagens de ser famoso, mas Milhouse não quer ser um famoso. Então durante uma gravação do seriado, Milhouse desaparece e todos em Springfield o procuram. Bart o encontra e conversa com ele. O famoso ator Mickey Rooney explica para Milhouse que uns aceitam fácil a fama e outros não, mas Milhouse desiste do papel. Os produtores do seriado vão à falência e voltam a Hollywood.

ProduçãoEditar

 
Mickey Rooney estrelou como ele mesmo no episódio.

O episódio foi escrito por John Swartzwelder, e dirigido por Susie Dietter. Quando Dietter leu o primeiro script, ela não achou muito engraçado por causa de todos as piadas visuais. Uma vez que a animação terminou, ela pensou: "Ei, isso é realmente engraçado!"[3]

Este é o primeiro episódio de Os Simpsons a ser colorido digitalmente. Os deveres dessa tarefa foram para USAnimation, que mais tarde trabalharia em "The Simpsons 138th Spectacular". A coloração digital não seria tentada novamente até o "Tennis the Menace" da 12ª temporada, e novamente na "Treehouse of Horror XIII" da 14ª temporada. O show permanentemente mudou para coloração digital mais tarde na mesma temporada, começando com "The Great Louse Detective".[4]

Convidado Mickey Rooney estrelou como ele mesmo no episódio.[5] Nancy Cartwright relembra em sua autobiografia Minha vida como um menino de 10 anos que Rooney gravou suas falas com os outros atores. Embora ele estivesse atrasado para a sessão, ela comentou que ele era "tão cheio de energia" e muito entusiasmado com o papel.[6]

Referências CulturaisEditar

 
O personagem Alfafa (direita) de The Little Rascals é referenciado no episódio.

O personagem do Homem Radioativo é baseado em Batman, e várias cenas do episódio fazem referência à série de televisão Batman dos anos 60. Um antagonista do Homem Radioativo, The Scoutmaster, é baseado no ator Paul Lynde.[2] A cena do novo filme Radioactive Man, onde Radioactive Man e Fallout Boy são capturados no Aquaworld, é uma referência ao filme de 1995, Waterworld.[2] O diretor do filme Radioactive Man diz: "Aquele Milhouse vai ser grande, Gabby Hayes é grande!", Em referência ao ator americano Gabby Hayes.[5] Moe Szyslak, o barman da Moe's Tavern, diz que ele, quando criança, fez o papel de Smelly em The Little Rascals, até que ele matou Alfafa por roubar seu trapaceiro.[7] A música de Bill Withers "Lean on Me" de 1972 é tocada no final do episódio.[2]

Em uma cena, Comic Book Guy envia uma mensagem para outros nerds da Internet sobre quem irá estrelar o novo filme Radioactive Man, dois dos quais são os nerds que Homer conheceu em "Homer Goes to College", e um é Prince vestido de terno roxo. O último nerd é Curtis Armstrong com uma aparência parecida com o personagem de Revenge of the Nerds, Booger. O grupo de notícias usenet para o qual ele envia a mensagem (alt.nerd.obsessive) é uma referência ao grupo de notícias alt.tv.simpsons [8][9].

ReferênciasEditar

  1. a b Richmond & Coffman 1997, p. 182.
  2. a b c d Martyn, Warren; Wood, Adrian (2000). «Radioactive Man». BBC. Consultado em 27 de fevereiro de 2007 
  3. Dietter, Susie (2005). The Simpsons season 7 DVD commentary for the episode "Radioactive Man" (DVD). 20th Century Fox 
  4. Silverman, David (2005). The Simpsons season 7 DVD commentary for the episode "Radioactive Man" (DVD). 20th Century Fox 
  5. a b Mirkin, David (2005). The Simpsons season 7 DVD commentary for the episode "Radioactive Man" (DVD). 20th Century Fox 
  6. Cartwright, Nancy (2000). «The "Mickster"». My Life as a 10-Year-Old Boy. New York City: Hyperion. pp. 217–221. ISBN 0-7868-8600-5 
  7. Groening, Matt (2005). The Simpsons season 7 DVD commentary for the episode "Radioactive Man" (DVD). 20th Century Fox 
  8. «globeandmail.com: Worst. Column. Ever.». web.archive.org. 16 de janeiro de 2009. Consultado em 29 de agosto de 2019 
  9. «The Simpsons: The Complete Seventh Season (1995)». www.dvdmg.com. Consultado em 29 de agosto de 2019 
Bibliografia

Ligações externasEditar